Gokhan Saki - Perfil Oficial do Lutador do UFC®
Gokhan
Saki
1-1-0( V-D-E )
Fight Night Bonuses: 1 Performance of the Night

Histórico de Lutas

Comparação de habilidades

Gráficos são compilados s baseado nos resultados de 1 lutas.
Recorde: 1-1-0
Sumário: Luta em pé.

Informações do lutador

Apelido: The Rebel
De: Schiedam Holanda
Representando: Kars Turquia
Idade: 34
Altura: 6' 0" ( 182 cm )
Peso: 205 kg ( 93 kg )
Reach 73"

Golpes

Tentativa total de golpes
0
66
61% de sucesso
40
Total de golpes bem sucedidos
0
40
98% Em pé
39
1
Defesa de golpes
56
%
Porcentagem total de golpes evitados

Grappling

Total de quedas
0
0
Not Available
0
Tipo de quedas bem sucedidas
 
 
{0}% Finalização
{0}% Passagens
{0}% Raspagens
0
0
0
Takedown defesa
100
%
Porcentagem total de quedas evitadas
Resultado Lutadores Evento G Q F P Método Reprise Awards
UPCOMING
Gokhan Saki
UFC 219
30 dez 2017
--
--
--
--
--
--
--
--
--
Win
Gokhan Saki
22 set 2017
40
20
0
0
0
0
0
0
R1 KO/TKO
Performance of the Night

Biografia

Qual sua opinião sobre Henrique da Silva, seu próximo adversário? Bem, ele tem um ritmo de luta; ele vem competindo bastante nos últimos anos. Eu não lutei contra ninguém nos últimos anos, então é normal estar meio enferrujado. Ele é novo e faminto, mas é isso. A história termina aqui. Eu venci cerca de 83 lutas e tive 59 nocautes; ele será o número 60. Clari que ele vai tentar me derrubar e trabalhar seu jiu-jitsu em cima de mim. Ele não terá coragem de lutar comigo em pé e eu não posso culpá-lo por isso. Como sempre, temos uma estratégia, então ele pode tentar me derrubar. Eu acho que a carreira dele irá terminar em Tóquio, mas pelo lado positivo, será terminada por mim. Estará para sempre nos melhores momentos que passarão na TV sobre a minha carreira, então não há do que se envergonhar disso.

Quando e por que começou a treinar para lutar? Eu comecei na adolescência. Eu joguei futebol em um nível superior e meu pai não deixava eu lutar kickboxe. Eu sempre fui fascinado por artes marciais e cresci assistindo aos filmes do Bruce Lee e Jean Claude Van Damme. Em um momento da vida, eu peguei minha mochila de treinos de futebol e colocaria coisas de kickboxe lá, então eu poderia faltar nas aulas de futebol e ir para as aulas de kickboxe. Ou poderia ir depois dos treinos de futebol. Foi ali que tudo começou.

Quais cinturões e conquistas você já teve?
- Top 50 dos turco-holandeses mais influentes do mundo em 2015
- Campeão do GFC Dubai em 2015
- Campeão meio-pesado do Glory em 2014
- Campeão do torneio dos meio-pesados do Glory em 2014
- Kickboxer do ano pela Kickboxingplanet em 2014
- Campeão do torneio dos pesados no Glory em 2010-2011
- Terceiro colocado no Grand Prix Mundial do K-1 em 2010
- Segundo colocado no torneio até 100 kg (peso-pesado) do K-1 em 2009
- Terceiro colocado do Grand Prix Mundial do K-1 em 2008
- Campeão do K-1 no Havaí em 2008
- Campeão super-pesado (+ 95 kg) do WFCA World Thaiboxing em 2008
- Segundo colocado do K-1 Amsterdam em 2006
- Campeão mundial de muay thai em 2003
- Campeão europeu de muay thai em 2002
- Campeão holandês de muay thai em 2011

Você tem algum herói? Certamente, existem pessoas que admiro. Você pode ter pessoas que e inspiram, pela sua luta, e pelo que eles conquistaram durante esse obstáculo que nós chamamos de vida. Uma dessas pessoas em particular, para mim, é Dwayne "The Rock" Johnson.

O que significa para você lutar no UFC? É uma honra fazer parte dessa nova família, uma família que está lotada dos melhores irmãos artistas marciais do mundo. E, como em toda família, quero mostrar qual irmão é o mais forte.

Você fez faculdade e, se sim, no que se formou? Eu fui para o Ensino Médio e comecei minha carreira de lutador cedo. Eu comecei a ganhar dinheiro e viver disso muito novo.

Qual era seu emprego antes de começar a lutar? Não tive empregos. Eu era uma criança no Ensino Médio que começou a fazer dinheiro ao bater nas pessoas de maneira legal. Então, quem precisa de emprego em um caso desses?

Técnica favorita de luta agarrada: Defesa de quedas.

• Kickboxer profissional desde 2000;

• Única luta no MMA foi em 2004 - foi parado pelo veterano do UFC James Zikic;

• Cartel no kickboxe de 83-12, 1 NC (59 nocautes);

• Enfrentou Badr Hadi, Alexey Ignashov, Ray Sefo, Remy Bojansky, Tyron Spong, Peter Aerts, Melvin Manhoef, Alistair Overeem, Semmy Schilt e Rico Verhoeven no kickboxe;

• Vitória mais recente no kickboxe foi por decisão sobre Sebastian Ciobanu, em abril de 2015;

• Origem do apelido: "O nome já diz tudo".

Carreira

Mais lutadores