Marcio
Alexandre Jr.
13-1-0( V-D-E )

Histórico de Lutas

Comparação de habilidades

Gráficos são compilados s baseado nos resultados de 2 lutas.
Recorde: 13-1-0
Sumário: Left hand and chokes

Informações do lutador

Apelido: Lyoto
De: Florianopolis Brazil
Representando: Florianópolis, SC Brasil
Idade: 25
Altura: 6' 0" ( 182 cm )
Peso: 185 kg ( 84 kg )

Golpes

Tentativa total de golpes
0
21
8
Total de golpes bem sucedidos
0
8
25% de sucesso
75% Clinche
2
6
Defesa de golpes
51
%
Porcentagem total de golpes evitados

Grappling

Total de quedas
0
1
0
Tipo de quedas bem sucedidas
 
 
{0}% Finalização
{0}% Passagens
{0}% Raspagens
0
0
0
Takedown defesa
33
%
Porcentagem total de quedas evitadas
Resultado Lutadores Evento G Q F P Método Reprise
UPCOMING
Marcio Alexandre Jr. 20 Dez 2014
-- -- -- -- --
Tim Means -- -- -- --
Marcio Alexandre Jr. 31 Mai 2014
8 0 0 0 R3 Submission
Warlley Alves 19 2 1 3

Biografia

Fã do lutador Lyoto Machida e do ator VanDamme, Márcio Alexandre Junior começou no MMA ainda criança, com cinco anos. O pai, faixa preta de karatê, logo percebeu que o filho levava jeito para luta e colocou o garoto para treinar. Os frutos não demoraram a vir. Com 14 anos fez seu primeiro campeonato estadual, aos 17 foi campeão brasileiro e aos 18 entrou na seleção brasileira de juniores no karatê e para o mundo do MMA.

O apelido Márcio Lyoto vem do seu ídolo no UFC. ‘Sou do karatê como o Lyoto. Observo muito o estilo dele. Dizem que nos treinos e no octógono eu me comporto como ele, então passaram a me chamar de Márcio Lyoto e o apelido pegou’, narra orgulhoso de estar na casa do TUF.


Graças as lutas, o florianopolitano viajou o mundo. ‘Fui pra Europa, El Salvador América Central, Equador Alemanha, tudo em campeonatos pela seleção brasileira’, diz.

Como grande parte dos lutadores, a vida de Márcio não foi diferente para conseguir competir. ‘Muitas vezes paguei as viagens parceladas no cartão. Já dormi no chão enrolado no quimono para não passar frio, já fiz quimono de colchão, etc’.

Para chegar até aqui, o lutador relembra já ter atuado em todos os tipos de situações: ‘Uma vez eu tive uma luta fechada na semana do evento. A luta era no sábado e eu assinei de lutar na quarta-feira. Meu adversário tinha 105kg e eu 90kg. Fui para a luta, joguei o sujeito no chão e finalizei. Foi um momento de superação’,

Casado há dois anos com a namorada que conheceu quando tinha apenas 14 anos de idade, Márcio é um lutador que pensa no futuro dele e da família. Sabe que seu futuro é no UFC, mas nunca deixou de lado um plano B. ‘Estou na faculdade de administração. Se um dia tudo der errado, eu tenho uma profissão. Acho que o mínimo que uma pessoa com condições financeiras e com uma boa base familiar tem que fazer é estudar e ter uma faculdade’.

Em relação a ser escolhido para o time de Chael Sonnen, Márcio não viu problemas. ‘Sinceramente sou fã do Wandereli. Sempre vi as lutas dele. Tenho todas elas em casa. Mas entendo que estar no time do Sonnen é uma boa para mim. Preciso treinar mais meu Wrestling e ele é fera nessa área’.

Contente com a participação de Hortencia e Isabel na casa do TUF, Márcio não esconde o sonho de um dia ser campeão Olímpico assim como Hortência. ‘É um sonho de todo atleta. Só que não temos Karatê na Olímpiada ainda. Mas um dia teremos’, enfatiza o atleta.

Sem rodear muito, o lutador não esconde que é indiferente ao adversário que enfrentará na casa. ‘O Wandereli escolheu quatro caras especialistas em jiu-jitsu. Isso é bom por que não preciso mudar meu jogo’, afirma.

Apesar das viagens e do bom retrospecto na carreira – Marcio Lyoto nunca perdeu no MMA – o lutador destaca as dificuldades para chegar até esse momento como as maiores vitórias na carreira.
•    Team Sonnen on TUF Brazil 3

•    Nicknamed after former UFC light heavyweight champion Lyoto Machida

•    Ten wins by knockout, two by submission

•    Pro since 2010

•    11 first round finishes

•    Seven wins in under two minutes

Carreira

Mais lutadores