Os prêmios não-oficiais do 1º semestre de 2011: Os novatos

Os prêmios não-oficiais começam com os melhores novatos de 2011 até agora.....
A continuação da migração dos melhores do WEC para o UFC em 2011 não só contribuiu para o nível de empolgação no octógono, mas também produziu quatro das seis melhores surpresas no primeiro semestre da nossa temporada de prêmios não oficiais.    
    
5 (empate) - Brian Ebersole    
É um pouco estranho chamar um veterano de 63 lutas profissionais de novato, mas Brian Ebersole era novo para os fãs do UFC, quando ele fez sua estréia na organização em fevereiro contra Chris Lytle. Mas durante o embate do UFC 127, seu estilo pouco ortodoxo, mas ainda um estilo de entretenimento deixaram uma impressão que não pode ser apagada, e após 15 minutos, ele emplacou uma vitória sobre "Lights Out" e ainda ganhou o bônus de 'Luta da Noite'. Além disso, aos 30 anos, o americano residente na Austrália pode estar chegando ao ápice, tornando seu futuro interessante para o homem com o cabelo no peito mais criativo no MMA.    
    
5 (empate) - José Aldo    
Jose Aldo é outro exemplo de um lutador que é apenas um novato em termos técnicos, considerando que o campeão pena do UFC era campeão até 66 quilos do WEC e um membro do mítico clube pound-for-pound. E mesmo estando em sua usual forma estelar na árdua vitória após cinco rounds contra Mark Hominick no UFC 129 em abril, ele ocupa só a quarta posição, porque como Ebersole, competiu apenas uma vez em 2011. Nas nossas premiações não-oficiais, isso geralmente tem sido um motivo para não ser incluído na lista, mas o seu desempenho, e o de Ebersole, foram tão bons que seria um crime não incluir os dois.    
    
4 - Dustin Poirier    
Quem assistiu luta final de Dustin Poirier do WEC, uma blitz 53 segundos sobre Zack Micklewright em novembro do ano passado, sabia que o garoto da Louisiana era uma perspectiva com pedigree. Mas levante a mão se você achou que ele explodiria para cima do também fenômeno Josh Grispi no UFC 125 em janeiro. E foi 'só' isso o que ele fez, emplacando uma dominante vitória por decisão em uma luta que foi tão unilateral que só faltou o nocaute. Em junho, "The Diamond" conseguiu sua segunda vitória seguida no octógono - por decisão sobre conceituado britânico Jason Young. Poirier pode estar ainda um pouco verde, mas ele é um lutador para se ficar sempre ligado.    
    
3 - Chris Weidman    
Nova iorquino de Long Island, Chris Weidman recebeu a estampa de "Próximo Grande Lutador" no momento em que se tornou profissional em 2009, mas até mesmo seus maiores defensores estavam um pouco preocupados quando ele aceitou uma luta no UFC contra o veterano Alessio Sakara com duas semanas de antecedência (e com as costelas lesionadas) em março. Mas Weidman provou que as altas expectativas eram justificadas, quando conseguiu uma vitória clara por decisão unânime sobre "Legionarius" em Louisville. Em seguida foi o confronto de junho, contra Jesse Bongfeldt, e ele finalizou pela primeira vez no UFC, aplicando uma guilhotina no canadense, a seis segundos do fim do round inicial. Se ele continuar assim, pode se tornar o segundo membro da equipe Serra-Longo a ter o ouro do UFC.    
    
2 - Michael McDonald    
Atualmente, o mais jovem lutador do UFC, 20 anos de idade, Michael McDonald pode eventualmente se transformar no melhor até 61 quilos da organização se ele continuar no caminho que está atualmente. Outro veterano do WEC, que precisou de apenas 2:42 para acabar com Clint Godfrey em sua única luta lá, McDonald estreou no octógono em março com uma vitória por decisão que lhe rendeu o bônus de 'Luta da Noite' sobre Edwin Figueroa. O combate foi notável diante das várias ofensivas de McDonald e a elasticidade de Figueroa, que resistiu a inúmeras tentativas de finalizações durante o combate. Em maio, McDonald venceu sua segunda luta no UFC, por decisão contra Chris Cariaso, e com sua energia, estilo agressivo e habilidades bem equilibradas, seu potencial é quase ilimitado.    
    
1 - Johnson Demetrious    
'Uma bola' de 1,61cm de pura velocidade e energia, Demetrious Johnson pode ter vindo do nada em 2011 para derrotar alguns dos pesos galos mais respeitados mundialmente como "KID" Yamamoto e Miguel Angel Torres, mas considerando que ele aprendeu seu ofício com Matt "The Wizard" Hume, não é surpresa que Johnson chegou no maior palco do mundo pronto para lutar. As três lutas no WEC - ele derrotou Damacio Page e Nick Pace e perdeu uma decisão equilibrada para Brad Pickett - o prepararam para a vida sob os holofotes, e quando entrou no octógono, pela primeira vez em fevereiro, contra Yamamoto, "Mighty Mouse" parecia um veterano, despachando a estrela japonesa por decisão unânime. Sua vitória sobre o ex-campeão até 61kg do WEC, Torres, foi muito muito apertada, mas no final, Johnson, de 24 anos, que só vai ficar melhor no futuro, mostrou que tinha as coisas certas para combater qualquer um na divisão.    
    
Menção Honrosa - Donald Cerrone, Dave Herman, Nick Ring, Anthony Njokuani, Scott Jorgensen, Tony Ferguson, Ben Henderson, Brian Bowles, Jeff Hougland, Renan Barão, Ricardo Lamas, Joseph Benavidez, Chad Mendes, Erik Koch, Danny Castillo, Javier Vazquez , Mackens Semerzier e Chan Sung Jung    

Midia

Recente
O presidente do Dana White ae a campeã peso galo Ronda Rousey respondem perguntas dos fãs em Macau.
20/08/2014
O astros do Fight Night Macau falam com a imprensa antes do grande evento da manhã de sábado (no Brasil). Ouça os protagonistas Michael Bisping e Cung Le, e mais Tyron Woodley e Dong 'The Stun Gun' Hyun Kim.
20/08/2014
Neste episódio do UFC ON THE FLY, o competidor peso médio Michael Bisping mostra sua humildade, e seu lado sério enquanto treina para uma luta principal. UFC Fight Night em Macau AO VIVO no s;abado, 23 de agosto, no canal Combate.
19/08/2014
Veja este vídeo promocional da Contagem Regressia para o UFC 177. T.J. Dillashaw fala da revanche pelo cinturão contra Renan Barão e Danny Castillo se apronta para a batalha contra Tony Ferguson.
19/05/2014