Alexander Gustafsson: Confiança silenciosa

“Se eu quiser tirar o cinturão de qualquer campeão, eu quero que seja de Jon Jones porque ele é o melhor do mundo, pound-for-pound.” - Alexander Gustafsson
<a href='../event/UFC-Silva-vs-Irvin'>UFC </a>light heavyweight contender <a href='../fighter/Alexander-Gustafsson'>Alexander Gustafsson</a>Alexander Gustafsson transpirou uma confiança silenciosa ao longo de sua carreira. Com cada passo escalando a divisão, o sueco de 26 anos humildemente e respeitosamente deixou claro que ele irá ganhar o cinturão dos pesos meio-pesados do UFC.

Durante suas ultimas seis lutas, mais e mais pessoas acreditaram nesta ideia, enquanto Gustafsson vencia oponente atrás de oponente de maneira impressionante. Quando venceu o ex-campeão Shogun Rua em dezembro, “The Mauler” na coletiva de imprensa apareceu com um Bad Boy na sua cabeça, e disse a mesma coisa que vem dizendo – ele será o campeão dos pesos meio-pesados do UFC.

Dois meses atrás, Chris Weidman fez o que disse que faria, conquistando o cinturão dos médios com um nocaute no segundo round em cima de Anderson Silva. Sábado a noite em Toronto, é a vez de Gustafsson entrar na jaula no sábado com o dono do cinturão dos pesos meio-pesados, Jon Jones, no UFC 165.

Tendo observado a profecia de Weidman ser cumprida no UFC 162, o desafiante se inspira com a performance do novo campeão?

“A única coisa que esta luta me lembra é de que ninguém é invencível”, disse Gustafsson sobre a vitória de Weidman. “Qualquer um pode ser batido; é a única coisa que levo dessa luta. Esta é um luta totalmente diferente, uma situação diferente. Eu acredito que Anderson seja uma lenda, ele era imbatível, mas foi vencido. É tudo sobre mentalidade e trabalho duro.”

“E mantenha sua guarda alta”, ele adiciona com uma risada. “Mas acho que todos sabem disto.”

Enquanto vencer o título sempre foi seu objetivo, ter a oportunidade de tirar o cinturão do campeão adoça mais ainda o pote, o fato de Jones ter feito elogios sobre as habilidades de Gustafsson e o viu como legítimo competidor mesmo antes da luta ter sido casada.

“Se eu quiser tirar o cinturão de qualquer campeão, eu quero que seja de Jon Jones porque ele é o melhor do mundo, pound-for-pound”, diz Gustafsson que carrega um cartel impressionante de 15-1 até sua luta de amanhã à noite. “Eu quero ser o melhor, para ser o melhor você tem que vencer o melhor. Para mim, - ele é o melhor agora. Ele tem o que eu quero e quero estar onde ele está agora, e estarei lá também.

“Jones querer lutar comigo é ótimo porque ele me vê como uma ameaça, e eu gosto disso. Consegui a luta que queria e ele conseguiu a que queria.

“Estou pronto”, ele atesta acentuadamente, depois de um treino duro, “Estou cansado de treinar. Tenho trabalhado muito nas últimas 10-12 semanas. Estou pronto para chegar lá agora.”
Estando mais do que pronto, e ensaiando um enredo onde o final traz Gustafsson como campeão, qual seria o desenrolar dessa luta programada para cinco rounds? A resposta é óbvia sobre quem teria o final feliz, porém o desafiante sueco expõe seu desejo, mas relata o que pode vir a ser a realidade.

“Uma luta perfeita seria com uma finalização, segundo ou terceiro round, comigo como vencedor, mas claro, acho que serão cinco rounds difíceis. Vai depender de quem quer mais o cinturão e quem trabalhou mais para isto, e sei que trabalhei.

“Eu serei o campeão, por decisão.”

Watch Past Fights

Domingo, Novembro 9
01:30h
BRT
Uberlandia, Brazil

Midia

Recente
Brasileiro faz a luta principal do UFC em Uberlândia, em 8 de novembro. Ele acredita que uma vitória o recolocará no caminho para disputar o cinturão. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
29/10/2014
Atleta nigeriano-inglês diz que vencerá o brasileiro na luta principal do UFC em Uberlândia, em 8 de novembro. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
29/10/2014
Lutador brasileiro afirma que o coração está 'pedindo para lutar' e que TJ tirou o sono dele. Por isso, Barão afirma que agora ele será o maior pesadelo do americano. Renan Barão encara Mitch Gagnon no UFC Barueri, dia 20 de dezembro.
28/10/2014
Octagon Girls do mostram os bastidores do UFC 179 Aldo x Mendes 2
27/10/2114