Bendo retorna com o velho estilo

"Meu trabalho não é falar sobre isso, é deixar meu trabalho falar por si dentro do Octógono." - Benson Henderson
Peso leve do UFC - Benson HendersonAcredito que com um cinturão do UFC, um cinturão do WEC, respeito de seus colegas como um dos melhores pesos leves do planeta e recém casado, Benson Henderson se casou com Maria (sua namorada de longa data neste mês), ele é um cara bem resolvido. Mas ainda há trabalho a ser feito, e a primeira tarefa é recuperar o cinturão que ele perdeu para Anthony Pettis em agosto.

Mas para conseguir uma terceira luta com Pettis ou quem estiver com o cinturão, Henderson precisa vencer o ex-campeão do Strikeforce Josh Thomson no sábado, na luta principal do UFC Fight Night em Chicago. Para os fãs fiéis, está é umas das lutas que não tem como ser ruim, dados os cartéis dos dois lutadores. E o que Henderson vê  quando olha para Thomson, ele vê um dos maiores rivais de "The Punk" e um ex-oponente, Gilbert Melendez.

Assine o Combate e assista o UFC Fight Night ao vivo no sábado


"Não em questão de estilo", ele deixa claro, "mas onde estão em suas carreiras. Eu vejo um verdadeiro veterano do esporte do jeito mais respeitoso que existe. Ele esteve em todos os lugares, lutou pelo mundo todo, esteve em grandes palcos e é considerado um dos melhores dessa categoria. Ele já prática MMA por tanto tempo que nada pode surpreendê-lo. Ele já viu de tudo e estará pronto. É uma boa luta, será muito empolgante, ambos temos bom cardio, e não ficaremos cansados, então se lutarmos os cinco rounds, você verá cinco round de ação sem parar."

E entre degustações de bolo e outros elementos dos planos para oi casório, o nativo do Arizona foi capaz de entrar em um camp de treinamento contínuo para essa importante luta.

"Só precisei de um pouco mais de treinamento", ele disse. "E pude fazer um bom trabalho porque me casei e isso não foi uma distração no meu camp. E meu camp não foi uma distração do casamento."

O que poderia ser mais importante, em termos de sua carreira, é que diferente de sua derrota para Pettis no ultimo WEC em 2010, ele não deixou o segundo lugar ficar na sua cabeça.

"Você leva como valor nominal", ele disse da revanche contra Pettis, onde foi finalizado no primeiro round. "Você não pensa muito nisto e não faz análises muito profundas. O que deu errado é que virei meu mindinho do jeito incorreto e aconteceu. Você pode facilmente analisar demais os motivos da derrota. Você tem que ser honesto consigo mesmo e dizer, 'ei, cometi um erro aqui, eu fiz isso errado, fiz aquilo errado.' Mas se analisar demais, vai ficar maluco. Mas ao seguir em frente, você precisa cuidar para não deixar este erro acontecer de novo."

Henderson seguiu em frente. Mas enquanto se move fisicamente, quando fala do seu psicológico, ele voltará ao velho estilo em 2014.

"Penso em voltar ao básico e ir lá e somente vencer os caras", ele disse. "Deixar as coisas acontecer. Quando estava vencendo todas as lutas, indo para a luta contra Frankie Edgar, não me preocupava com coisas como, quantas lutas mais preciso até chegar ao título ou como lutaria com as pessoas. Não fazia diferença para mim. Era sobre ir lá e bater no próximo cara. E agora, é Josh Thomson, e meu trabalho não é falar sobre isso, é deixar meu trabalho falar por si dentro do Octógono."


 

 

Watch Past Fights

Midia

Recente
Cub Swanson e Frankie Edgar ficam frente a frente pela última vez antes de protagonizarem o UFC Fight Night deste sábado, no canal Combate. Assine o Canal Combate: http://on.ufc.com/assinecombate
21/11/2014
Pesagem do Fight Night Austin no The Frank Erwin Center em 21 de novembro, 2014 em Austin, Texas. (Fotos de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
21/11/2014
Assista à pesagem oficial do UFC Fight Night: Edgar vs. Swanson.
13/11/2014
Cinco dos competidores do UFC Austin, Roger Narvaez, James Vick, Josh Copeland, Nick Hein e Jared Rosholt, contam as histórias por trás de seus peculiares apelidos. Assine o canal Combate: http://on.ufc.com/assinecombate
21/11/2014