Chris Weidman: Sem questionamentos

"Esta luta vai me solidificar como campeão e deixar as pessoas saberem que 'Olha, Chris Weidman não teve sorte. Ele vai ser o cara que estará no topo por um bom tempo.'" - Chris Weidman
Campeão peso médio do UFC - Chris WeidmanIndo para aquela luta com Anderson Silva no UFC 162 em julho último, Chris Weidman dizia que iria emergir como o novo campeão dos pesos médios.

"Eu adoro o fato de as pessoas acharem que ele é tão bom assim, e tenho a oportunidade de mostrar o quanto eu sou bom, quero ser esta criatura mítica", ele disse neste espaço antes do UFC 162 seis meses atrás. "Eu sei o que posso fazer, sei do que sou capaz baseado nas coisas que faço nos treinos e como trabalho todos os dias. O fato de outras pessoas também estarem achando que Anderson é uma criatura mística me deixa mais empolgado para ir lá e provar o contrário, e chocar o mundo."

Assine o Combate e assista o UFC 168 de sábado ao vivo.

Apesar do fato de Weidman ter controlado o primeiro round naquela luta de julho com seu wrestling e terminado a luta com pouco mais de um minuto depois do segundo round, muitas das conversas sobre sua vitória são declarações de que Anderson deu a luta fazendo a mesma coisa de sempre, baixando a guarda, como já fez várias vezes.

Nestes seis meses desde a vitória, Weidman teve que ouvir de tudo.

Ele ouviu fãs e críticos descreverem sua vitória como sorte - dando responsabilidade à Anderson pelo resultado, ao invés de dar credito ao novo campeão por fazer o que ninguém mais conseguiu fazer.

E é por isto que ele está tão empolgado para a revanche de sábado.

A revanche é uma oportunidade que Weidman recebe de braços abertos, sentindo que sua primeira performance não foi tão boa como poderia. Considerando que ele controlou a luta do começo ao final, isto é algo intrigante para ponderar indo para a revanche no sábado.

"Acho que em minha última luta fui meio lento", começa o campeão invicto. "Estava fora por um ano. Nesta luta você verá o melhor Chris Weidman, e estou ansioso para ir lá e fazer isto. Estou pronto para uma guerra, mas vou para liquidar, e sinto que se não fizer isso de um jeito mais empolgante, ficarei desapontado.

"Estou em boa forma agora, sinto que verei tudo e que tenho uma resposta para tudo. Se fosse uma luta de boxe, sinto que posso vencê-lo em uma luta de boxe. Me sinto confortável em todos os lugares, no chão e em pé. Vou tentar quebrar ele mentalmente - mentalmente e fisicamente."

Para isso, Weidman descreveu como seus treinamentos habituais e volta à pauta do que vai (tentar) provar na revanche valendo o cinturão peso médio que agora lhe pertence.

"Eu estou fazendo sparring, jiu jitsu, wrestling ou kickboxe - é um hábito - e não há pessoa melhor pessoa para testar isso do que Anderson Silva, porque as pessoas acham que ele é invencível  e que foi sorte vencer na primeira vez, então estou empolgado para ir lá e mostrar as pessoas a realidade da situação."

Para o novo campeão, isto significa ir atrás de uma nova meta, e mostrar para todos que sua primeira vitória em cima de Anderson não foi por sorte.

"Esta luta vai me solidificar como campeão e deixar as pessoas saberem que 'Olha, Chris Weidman não teve sorte. Ele vai ser o cara que estará no topo por um bom tempo'", ele diz da ultima luta do UFC em 2013. "Quero ser conhecido como um dos melhores de todos os tempos, e quero ficar com o cinturão por mais tempo que Anderson ficou.

"Não há mais argumentos", ele adiciona, sua voz cheia de emoção e energia pela primeira vez. "Não existe mais Time Weidman ou Time Anderson, foi sorte? Não há mais disse me disse - no dia 28 de dezembro, a questão será respondida."



Watch Past Fights

Midia

Recente
Dan Hardy and John Gooden guide you through UFC 191 in Unibet's Inside The Octagon. Demetrious Johnson and John Dodson meet each other for the flyweight belt as Andrei Arlovski and Frank Mir face off in the co-main event.
02/09/2015
Contagem regressiva para o UFC 191 mostra as preparações dos seis atletas principais. Acompanhe de perto as rotinas e os bastidores das vidas e dos treinos de Demetrious Johnson, John Dodson, Frank Mir, Andrei Arlovski, Anthony Johnson e Jimi Manuwa.
02/09/2015
No primeiro combate, em janeiro de 2013, Demetrious Johson levou a melhor e venceu John Dodson por decisão unânime. Agora, os dois lutadores voltam a se enfrentar no dia 05 de setembro, no UFC 191.
31/08/2015
O campeão da categoria peso-pena Demetrious Johnson defende o cinturão contra John Dodson no UFC 191, no dia 05 de setembro (sábado), em Las Vegas (EUA). A segunda luta mais importante da noite será entre os pesos pesados Frank Mir e Andrei Arlovski.
31/08/2015