Criando "Cigano" - Os maiores hits de Junior dos Santos

Leia os momentos definitivos do campeão peso pesado do UFC Junior Cigano...
UFC heavyweight champion Junior dos Santos
Invicto em nove lutas no UFC, Junior Cigano irá defender seu título dos pesados do UFC contra o homem que ele tomou o cinturão, Cain Velasquez, na luta principal do UFC 155 em 29 de dezembro em Las Vegas. Então, como ele chegou aqui? Leia mais para descobrir.  
    
UFC 90 - TKO 1 Fabricio Werdum  
A imagem marcante da primeira semana Junior Cigano no UFC (bem, além do nocaute que virou highlight) pode ter sido o clipe no vídeo-blog do presidente do UFC Dana White, onde ele mostrou o novato brasileiro batendo manopla antes da luta de estreia contra o ex-astro do Pride e então contendor do UFC, Fabricio Werdum. Dana não poderia ficar mais impressionado com Cigano, porém ainda tinha mais por vir quando o brasileiro desferiu um uppercut que colocou seu compatriota de rosto no chão. A luta levou apenas 80 segundos, e assim nascia um astro.  
    
UFC 103 - Desistência R3 Mirko Cro Cop  
Apesar do que diz a internet, entre os lutadores profissionais, especialmente aqueles que estão prestes a lutar com ele, o ex-astro do Pride, Mirko Cro Cop sempre deteve uma quantidade significativa de respeito, e Cigano estava entre esses que sabiam disso. Porém esse respeito não foi trazido para o duelo de 2009, em Dallas, Cigano chegou ao terceiro round pela primeira vez no UFC (ele precisou de apenas 54 segundos para derrotar Stefan Struve em sua segunda luta no UFC 95) com uma vitória por interrupção sobre Cro Cop, que pediu para parar quando quebrou o osso orbital e forçou uma desistência verbal. Sim, este garoto Cigano era assustador.  
    
UFC Live - TKO1 Gabriel Napão  
Vencedor de três de seus últimos quatro combates, Gabriel Napão estava se aproximando da forma que o levou até a disputa de cinturão em 2007, quando ele aceitou encarar Cigano em uma luta de março de 2010, no Colorado. E com este sendo um confronto verde-e-amarelo, havia muito em jogo para ambos. Mas Cigano era assustador, mais uma vez, em menos de quatro minutos ele despachou seu adversário. Era hora de uma mudança, e ele estava pronto para isso.  
    
UFC 117 - DU3 Roy Nelson  
Conhecido por seu jogo de chão, Roy Nelson acrescentou: "poder de nocaute" ao seu currículo depois da aparição na temporada 10 do The Ultimate Fighter, apagando Brendan Schaub e Stefan Struve de modo brutal e eficiente. E, para seu crédito, "Big Country" não evitou a trocação com Cigano no UFC 117, mas ele pagou caro por cada momento, quando o brasileiro o puniu por três rounds dominantes para vencer por por decisão unânime.  
    
UFC 131 - DU3 Shane Carwin  
Após o duelo com Nelson, Cigano foi apresentado a um totalmente novo tipo de público como treinador da 13ª temporada do The Ultimate Fighter, e novos fãs imediatamente ficaram atraídos pela a sua personalidade afável e por um sorriso sempre presente. O prêmio, no final das seis semanas de gravação seria uma luta no UFC 131 com Brock Lesnar, mas a diverticulite atacou novamente e tirou Lesnar da luta. Escalado para ser o substituto, o mão pesada e ex-campeão interino Shane Carwin, mas o que era esperado ser um encontro explosivo que não passaria do primeiro assalto se transformou em uma vitória por decisão - sangrenta e dominante - de Cigano, que não deixou dúvidas que era o desafiante número um na divisão.  
    
UFC: Velasquez vs. Cigano - KO1 Cain Velasquez  
Colocado em um dos eventos mais importantes na história do UFC, a estreia da organização na rede FOX americana, a pressão era clara para Cigano e seu adversário, Cain Velasquez, proporcionarem uma luta épica e explosiva pelo cinturão peso pesado. E certamente foi explosiva, embora Cigano certificou-se de não torná-la épica graças à mão direita que mandou Velasquez para a lona, terminando a luta em apenas 64 segundos. Um novo campeão nascia naquela noite no sul da Califórnia, e seu nome era Junior "Cigano" dos Santos.  
    
UFC 146 - TKO2 Frank Mir  
Cigano deveria bater de frente com Alistair Overeem, em maio de 2012, mas problemas de licenciamento mantiveram "The Reem" longe da viagem para Las Vegas. Um herói local acionado, o duas vezes campeão dos pesados Frank Mir, mas apesar de ter um estilo muito diferente de Overeem, Cigano ajustou perfeitamente, mantendo a luta em pé até que impor um nocaute no segundo round. A primeira defesa já foi, agora Cigano vai pegara Velasquez novamente em 29 de dezembro na luta principal do UFC 155.  

Watch Past Fights

Midia

Recente
Não foi apenas um saldo positivo para os lutadores brasileiros no UFC 177, mas também atuações sólidas, com Diego Ferreira e Bethe Pitbull aplicando dois nocautes. Amanda Salvato conversou com os dois após as grandes vitórias no card principal.
30/08/2014
Ouça Danny Castillo e Tony Ferguson após a batalha no UFC 177 que terminou com uma decisão dividida.
30/08/2014
O campeão peso galo T.J. Dillashaw e o desafiante Joe Soto comentam seus desempenhos na luta principal do UFC 177 com o comentarista Joe Rogan.
30/08/2014
T.J. Dillashaw fala de sua primeira defesa de cinturão UFC, Bethe Correia expressa seu desejo de lutar pelo título, e o que Dana achou de Joe Soto.
30/08/2014