Demetrious Johnson - A segunda chance de provar que é o melhor

"Sempre pode ser melhor, e fiquei um pouco decepcionado por não fazer tudo perfeitamente, mas está tudo bem. Eu estou feliz que posso fazer tudo de novo." - Demetrious Johnson
UFC flyweight Demetrious Johnson
A vida de um lutador é extremamente imprevisível. Você nunca sabe quando você vai lutar ou se vai acontecer alguma coisa entre a assinatura do seu contrato e a noite da luta. Tudo na vida está à mercê de sua programação, que cabe em uma pequena oportunidade em algum lugar entre um treino matinal e uma sessão de condicionamento e força a noite.    
   
Isso inclui se casar.  
 
Com apenas duas semanas restantes antes de ter sido definido para entrar na jaula com Ian McCall pela segunda vez, o candidato peso mosca do UFC Demetrious Johnson pegou um avião para o Havaí. Cercado por amigos e familiares em Angels Bay Beach, em Oahu, "Mighty Mouse" e sua noiva disseram o famoso "Eu aceito". Assim como se casar no meio do treinamento não era parte do plano original do 'Time Mighty', se preparar para enfrentar McCall pela segunda vez também não era.    

Os dois pesos mosca inicialmente se encontraram em um lado do torneio de quatro homens estabelecido para coroar o campeão até 56.6 kgs pela primeira vez na história do UFC. No confronto no Octógono, na primeira disputa peso mosca da organização, Johnson controlou os dois primeiros rounds, mantendo "Uncle Creepy" fora de equilíbrio, variando bem sua trocação e wrestling, e mantendo a velocidade que tinha feito dele um candidato ao título galo no passado.   
  
"Eu não vejo isso como se tivesse mais a perder", disse Johnson. "Sim, eu poderia olhar dessa maneira, e estar amargurado sobre isso, mas eu estou vendo como uma maneira para eu voltar lá e fazer tudo de novo."    

Um toma-lá-da-cá frenético de atividade constante e pressão na jaula, Johnson vê a segunda luta de sexta-feira com McCall como um 'remake'; a chance de corrigir os erros que cometeu na última vez, e ganhar o direito de enfrentar Joseph Benavidez em uma luta para se tornar o campeão inaugural peso mosca do UFC.    
   
"Achei que o desempenho foi bom", ele disse sobre o encontro inicial com McCall no início de março. "Sempre pode ser melhor, e fiquei um pouco decepcionado por não fazer tudo perfeitamente, mas está tudo bem. Eu estou feliz que posso fazer tudo de novo. Eu me sinto muito mais afiado desta vez, e estou em um lugar melhor no meu treinamento. Mal posso esperar para chegar lá e fazer o meu trabalho."    

Apesar da luta peso mosca ser a principal do UFC de sexta, as classes mais leves geralmente não têm a chance de fechar um show. Johnson adorou a oportunidade, e acredita que é algo que deve acontecer com freqüência mais adiante, especialmente tendo em conta o impressionante cartel dos lutadores menores até agora neste ano.    
 
"Eu acho que é importante para as classes mais leves conseguir esses holofotes", acrescentou. "Se você olhar para os últimos cards, Louis (Gaudinot) e John Lineker ganharam a "Luta da Noite". The Korean Zombie  e Dustin Poirier também levaram  a "Luta da Noite". Nós não vamos nocautear como os pesos pesados, porque eles são caras maiores - que batem mais forte do que nós - mas ao mesmo tempo, somos mais técnicos, estamos em melhor forma. Eu acho que se todos os caras mais leves continuarem  fazendo o que eles estão fazendo, acho que você poderá ver um card somente de pesos mosca, pesos galo e pesos penas."   

Watch Past Fights

Sábado, Outubro 25
23h
ETPT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
Norte-americano diz que melhorou muito desde a última vez que eles se encontraram, em 2012. “Se você acha que será como da primeira vez, terá um choque brutal”. *Garanta seu ingressos em - on.ufc.com/ufcingressoscrio
20/10/2014
Norte-americano acredita que seu companheiro de treino vencerá José Aldo com um ground and pound nos últimos rounds. *Garanta seu ingressos em - on.ufc.com/ufcingressoscrio
Lembra dessa? Em junho de 2009, no WEC 41, José Aldo acertou uma joelhada voadora dupla no americano Cub Swanson e nocauteou o adversário em apenas oito segundos. UFC 179: ingressos à venda em - on.ufc.com/ufcingressoscrio
20/10/2014
Atleta enfrenta o brasileiro Maurício Shogun no UFC Uberlândia, em 8 de novembro. Ele conta como começou a treinar com o adversário responsável pela sua única derrota no MMA. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
19/10/2014