Diaz enfrenta GSP em fevereiro - Coletiva de imprensa pós-UFC 137

LAS VEGAS - Se você achou que a realidade de Nick Diaz em estar de volta no UFC iria estar na forma de normalidade após sua luta no UFC 137 (vitória sobre BJ Penn), pense outra vez. O presidente do UFC Dana White Diaz anunciou que ele agora vai enfrentar o homem que originalmente deveria encarar em seu retorno ao octógono - o campeão meio-médio Georges St-Pierre na semana do Super Bowl em fevereiro de 2012.

"Isso é o que eu queria desde o início", disse St-Pierre. "Vamos fazer o que deveria ser feito originalmente. Eu sempre quis esta luta - agora quero ainda mais. Mal posso esperar pelo fim de semana do Super Bowl. "

O conjunto bizarro de circunstâncias "St-Pierre vs  Diaz" começou quando Diaz perdeu duas coletivas de imprensa em Toronto e em Las Vegas, levando o UFC a saca-lo da luta e inserir Carlos Condit no UFC 137. Penn, que estava originalmente programado para enfrentar Condit, ficou sem adversário, e Diaz foi então inserido na vaga da co-luta principal. Quando St-Pierre machucou o joelho, a luta GSP-Condit caiu, Diaz e Penn viraram uma inesquecível atração principal no sábado à noite, com Diaz recuperando-se de um início lento para então impressionar com a vitória por decisão unânime. Bem, impressionante para todos, exceto Diaz.

"Eu acho que tive um desempenho ruim e não fiz uma luta inteligente", disse o nativo de Stockton. "Não estou feliz com meu desempenho".

St-Pierre não estava muito satisfeito diante dos comentários pós-luta de Diaz, "eu não acho que Georges não está machucado, acho que ele está com medo".

White falou com o campeão, que estava em Vegas como segundo de Francis Carmont.

"Eu conheço Georges St-Pierre desde 2004, e ele é um dos caras mais legais que já conheci, e ele é exatamente o mesmo, não importa qual é a situação ou com quem está lutando. Desde 2004, eu nunca o vi como hoje. Georges St-Pierre estava enfurecido depois do que Nick Diaz disse. Nick precisa de motivação - agora não precisa mais. Ele vai lutar contra Georges St-Pierre. 'Ele é o ser humano mais desrespeitoso que já conheci, e vou dar a pior surra que você já viu no UFC', foi isso o que Georges St-Pierre disse".

Condit ficará de fora, permitindo GSP vs Diaz acontecer, e o contender de Albuquerque provavelmente vai lutar no mesmo card e enfrentaará então o vencedor da luta pelo título se ele sair vitorioso.

"Você precisa vir assim para começar uma luta", disse Diaz. "Eu tenho que ser o cara mau. Você aponta o dedo e me faz o cara mau. Eu sou o cara mau agora, e agora eu tenho uma luta".

Até fevereiro será uma longa espera

Sábado, Julho 30
19H15
BRST
Atlanta, Geórgia

Midia

Recente
Relembre vitória de Tyron Woodley sobre Josh Koscheck no UFC 169. O desafiante ao cinturão dos meio-médios, Woodley encara o campeão Robbie Lawler na luta principal do UFC 201, no próximo sábado (30).
25/07/2016
Brasileiro finalizou Scott Jorgensen no UFC 179, em 2014, no Rio de Janeiro. Assine o Canal Combate e não perca nenhum UFC http://bit.ly/2aiJ5UR
Rose Namajunas faz Matt Brown confrontar o seu medo de cachorros e tem encontro amistoso com a sua adversária Karolina Kowalkiewicz. Já o campeão Robbie Lawler aproveita o conforto de um grande quarto de hotel e sofre com sua agenda de compromissos.
28/07/2016
Em duelo emocionante de cinco rounds, Robbie Lawler derrotou Matt Brown por decisão unânime, em 2014, antes de assumir o cinturão da categoria. O campeão volta ao octógono nesse sábado (30) para enfrentar Tyron Woodley na luta principal do UFC 201.
17/11/2014