Diaz enfrenta GSP em fevereiro - Coletiva de imprensa pós-UFC 137

LAS VEGAS - Se você achou que a realidade de Nick Diaz em estar de volta no UFC iria estar na forma de normalidade após sua luta no UFC 137 (vitória sobre BJ Penn), pense outra vez. O presidente do UFC Dana White Diaz anunciou que ele agora vai enfrentar o homem que originalmente deveria encarar em seu retorno ao octógono - o campeão meio-médio Georges St-Pierre na semana do Super Bowl em fevereiro de 2012.

"Isso é o que eu queria desde o início", disse St-Pierre. "Vamos fazer o que deveria ser feito originalmente. Eu sempre quis esta luta - agora quero ainda mais. Mal posso esperar pelo fim de semana do Super Bowl. "

O conjunto bizarro de circunstâncias "St-Pierre vs  Diaz" começou quando Diaz perdeu duas coletivas de imprensa em Toronto e em Las Vegas, levando o UFC a saca-lo da luta e inserir Carlos Condit no UFC 137. Penn, que estava originalmente programado para enfrentar Condit, ficou sem adversário, e Diaz foi então inserido na vaga da co-luta principal. Quando St-Pierre machucou o joelho, a luta GSP-Condit caiu, Diaz e Penn viraram uma inesquecível atração principal no sábado à noite, com Diaz recuperando-se de um início lento para então impressionar com a vitória por decisão unânime. Bem, impressionante para todos, exceto Diaz.

"Eu acho que tive um desempenho ruim e não fiz uma luta inteligente", disse o nativo de Stockton. "Não estou feliz com meu desempenho".

St-Pierre não estava muito satisfeito diante dos comentários pós-luta de Diaz, "eu não acho que Georges não está machucado, acho que ele está com medo".

White falou com o campeão, que estava em Vegas como segundo de Francis Carmont.

"Eu conheço Georges St-Pierre desde 2004, e ele é um dos caras mais legais que já conheci, e ele é exatamente o mesmo, não importa qual é a situação ou com quem está lutando. Desde 2004, eu nunca o vi como hoje. Georges St-Pierre estava enfurecido depois do que Nick Diaz disse. Nick precisa de motivação - agora não precisa mais. Ele vai lutar contra Georges St-Pierre. 'Ele é o ser humano mais desrespeitoso que já conheci, e vou dar a pior surra que você já viu no UFC', foi isso o que Georges St-Pierre disse".

Condit ficará de fora, permitindo GSP vs Diaz acontecer, e o contender de Albuquerque provavelmente vai lutar no mesmo card e enfrentaará então o vencedor da luta pelo título se ele sair vitorioso.

"Você precisa vir assim para começar uma luta", disse Diaz. "Eu tenho que ser o cara mau. Você aponta o dedo e me faz o cara mau. Eu sou o cara mau agora, e agora eu tenho uma luta".

Até fevereiro será uma longa espera

Midia

Recente
Confira como foi o desempenho dos brasileiros no UFC 184 e as notícias mais importantes da última semana, além de responder nosso quiz - quantas disputas de cinturão Ronda Rousey tem no UFC: três, oito ou cinco?
04/03/2015
Matt Parrino e Forrest Griffin analisam o que de melhor aconteceu no UFC 184, e comentam as mudanças nos rankings pós-evento.
O campeão dos leves do Ultimate escapou de uma guilhotina e obrigou seu adversário a dar os três tapinhas com um belíssimo triângulo, no extinto WEC. Pettis colocará seu cinturão em jogo contra o brasileiro Rafael dos Anjos no UFC 185, em 14 de março.
03/03/2015
O iraniano não deu chances ao seu adversário e encaixou uma finalização precisa no UFC Tulsa. Beneil Dariush volta ao octógono em 14 de março, quando mede forças com o norte-americano Daron Cruickshank.
03/03/2015