A missão de John Dodson: Dominação completa das divisões mais leves

"A única razão para eu não ter ido ao chão é porque nunca precisei; nunca precisei quedar alguém." - John Dodson
UFC flyweight John Dodson
John Dodson tem uma nova oportunidade de mostrar aos fãs  por que os pesos mosca estão entre os mais empolgantes competidores do esporte na sexta á noite, quando ele dá as boas vindas a Jussier Formiga no Octógono pela primeira vez. Um parceiro de equipe de José Aldo e Renan Barão, Formiga tem estado perto do topo dos pesos moscas por muitos anos, e carrega um cartel impressionante de 14-1 dentro da jaula para esta estreia.   
  
Além de ser uma chance para Dodson conseguir uma grande vitória na co-luta principal do UFC: Brown vs Pezão, o resultado positivo também traria para o veterano, oito anos no esporte com 14v-5d, uma chance de desafiar Demetrious Johnson pelo título dos moscas.  
    
"Eu nem sabia que estava a uma vitória do cinturão", ri Dodson. Enquanto a chance pelo título pendurada na balança pode agitar alguns, o tranquilo "Magician" diz que não tem nenhum impacto no que pretende fazer com Formiga na sexta. "Nada muda - ainda vou lá bater neste cara quantas vezes eu conseguir até ele cair."    
  
Apesar de não ligar para o que está em jogo nesta luta, Dodson reconhece que estar um passo mais perto do desafio pelo título dos pesos mosca é algo que ele leva a sério e abraça. Especialmente porque seu plano é manter os títulos dos moscas, galos, e penas simultaneamente.  
    
"Ainda é a mesma meta; a meta nunca vai mudar", ele disse. "As pessoas sempre querem sentar e falar sobre ser a primeira pessoa para tudo, sabe como é? Já estou batendo na porta pelo título. Não acho que Demetrious Johnson seja um oponente fácil, de maneira alguma. Acho que vai ser a luta mais difícil da minha carreira. Ele é muito rápido. Quero ver quem é mais rápido - eu ou ele? Quero ver o quanto combina nosso poder, velocidade, e técnica.Vai ser incrível. Vai ser uma luta divertida."  
  
Antes do "Magician" tentar rogar uma praga sobre "Mighty Mouse", ele tem que passar por um desafiante considerável na sexta à noite.   
  
"Formiga costumava ser só jiu jitsu, mas olhe para ele: ele vem trabalhando na sua trocação. Nas duas últimas lutas, que foram no Brasil, ele estava socando e trocando - ou pelo menos tentando. Estou feliz que ele não vai ficar tentando pegar a minha perna em toda chance que tiver. Acho que ele vai lutar em pé, indo para a trocação e dando o melhor show para a torcida.  
  
"O jeito para vencê-lo, é ficar de pé, ficar circulando. Já o vimos várias vezes, ele simplesmente leva a pessoa para baixo e controla a posição. Não vou deixar o seu jogo de jiu jitsu funcionar.     
  
"Todos estão tentando especular sobre meu jogo de chão, porque nunca me viram no chão. Bem, vamos ser realistas gente, a única razão para eu não ter ido ao chão é porque nunca precisei; nunca precisei quedar alguém."    
  
Uma vitória na sexta trará o carismático e confiante Dodson um passo mais perto de atingir sua meta de total e completa dominação nas categorias mais leves.   
     

Watch Past Fights

Domingo, Maio 29
19H
BRST
Las Vegas, Nevada

Midia

Recente
Confira o quinto episódio da série Laboratório da Luta. A promessa Thomas Almeida tem os seus limites físicos testados pela nossa equipe de especialistas. Brasileiro sobe ao octógono no próximo domingo para enfrentar Cody Garbrandt no UFC Vegas.
23/05/2016
Então campeão dos galos, brasileiro derrotou o norte-americano com um nocaute no segundo do UFC 165, em 2013. Agora nos penas, Renan Barão estreia na categoria contra Jeremy Stephens no próximo domingo (29), no UFC Vegas.
23/05/2016
No 14º episódio do Corner, Rodrigo Minotauro faz uma recapitulação das principais lutas do UFC 198, evento histórico que aconteceu na Arena Atlético Paranaense, em Curitiba, no último dia 14 de maio.
23/05/2016
Relembre alguns dos momentos mais marcantes de estrelas como Anderson Silva, Vitor Belfort, Chuck Liddell entre outros.
20/05/2016