UFC on Fox define desafiantes de Anderson e Jones; Demian perde e Do Bronx leva finalização da noite

- Rashad Evans domina Phil Davis e agora pega Jon Jones em disputa pelo cinturão da categoria meio-pesado

- Falastrão Chael Sonnen vence Michael Bisping em luta apertada e vai enfrentar brasileiro Anderson Silva pelo cinturão dos médios

- Paulista Demian Maia perde para americano e se afasta mais uma vez do topo da categoria médio; “Do Bronx” aplica rara técnica e estreia com pé direito na categoria pena ganhando o bônus de finalização da noite
O UFC on FOX 2 (Evans vs Davis) agitou a arena United Center, em Chicago (EUA). Desde o meio da semana, os quatro principais lutadores do evento, se concentraram mais no ataque verbal a seus respectivos adversários. E, neste sábado, dia 28, foi a vez de mostrarem dentro do octógono o que prometeram em frente aos microfones: a vitória e a chance de disputarem os cinturões de suas categorias. Rashad Evans venceu a luta principal da noite contra o compatriota Phil Davis e Chael Sonnen ganhou do inglês Michael Bisping.

Pelo card preliminar, dois brasileiros em ação: Demian Maia perdeu para Chris Weidman e Charles “Do Bronx” Oliveira finalizou Eric Wisely.

Rashad vence Davis por unanimidade e ganha o direito de disputar o cinturão dos meio-pesados

Pela categoria meio-pesado, Rashad Evans e Phil Davis fizeram o principal confronto da noite. Dois lutadores de diferentes estilos e em situações diferentes na “corrida” pelo título da categoria – na coletiva pré-evento, Dana White disse que, caso vencesse, Rashad disputaria o título, para Phil não garantiu.

Se valendo da maior envergadura, Phil Davis tentava controlar a distância na trocação em pé e, quando conseguia, tentava entrar nas pernas do oponente. Mas a tática não funcionou. Rashad conseguiu defender uma das tentativas de chutes de Phil e aplicou uma queda controlando a segunda metade do round.

Na segunda e terceira etapa, o panorama foi o mesmo: Rashad se mostrou melhor e Phil não conseguiu êxito nos ataques tentados. No dois últimos rounds, com os dois lutadores demonstrando cansaço, a luta ficou mais travada, o que favoreceu Rashad pela apresentação nos três primeiros rounds. Vitória de Evans na decisão unânime dos jurados.

“Estou muito feliz e animado com essa possibilidade de lutar pelo cinturão”, resumiu Rashad para Joe Rogan.

Sonnen vence Bisping na decisão unânime dos jurados e agora enfrenta Anderson Silva em revanche pelo cinturão dos médios
Por tudo o que vem falando há meses sobre o brasileiro Anderson Silva e por ter levado um cinturão falso a coletiva de imprensa realizada na última quinta-feira, dia 26, o americano Chael Sonnen certamente pensava que seu caminho até uma nova disputa de cinturão fosse mais ser mais fácil. Ele só não contava com um preparado Michael Bisping pela frente.

E a luta entre os principais falastrões da noite começou eletrizante. Desde o primeiro segundo, Sonnen procurou as quedas e até conseguiu colocar o inglês de costas no chão, mas Bisping conseguia sair e até defender-se bem do conhecido jogo de wrestling do americano.

O inglês mostrou um corajoso jogo em pé e até arriscou alguns chutes (altos) rodados. O ritmo da luta exigia muito dos dois lutadores. E, ao término do segundo round, os dois davam sinais de fadiga.

Na última etapa, Chael resolveu utilizar seu jogo de ground and pound para vencer o round. Com essa estratégia, golpeou por cima do inglês, chegando inclusive a passar a guarda de Bisping. A tática rendeu mais pontos ao americano, que saiu vencedor do combate na decisão unânime dos jurados.

“Se existe algum grande lutador hoje, esse lutador é Chael Sonnen. Vença-me se você puder”, gritava o sempre teatral Sonnen após o combate.

Demian Maia perde para novato e se afasta ainda mais do topo da categoria

Desde que perdeu a luta de disputa pelo título dos médios com o compatriota Anderson Silva, atual detentor do cinturão da categoria, em confronto válido pelo UFC 112, em Abu Dhabi, em abril de 2010, Demian Maia ganhou três lutas por decisão unânime dos jurados e perdeu uma pelo mesmo resultado. Em sua última apresentação, em outubro do ano passado, Demian venceu o também brasileiro Jorge Santiago.

Até menos de duas semanas antes do evento, o especialista em jiu-jitsu iria enfrentar Michael Bisping no UFC on FOX. A lesão de Mark Muñoz, contudo, mudou o panorama: o britânico foi remanejado para enfrentar Sonnen pela chance de cinturão. Em seu lugar, entrou Chris Weidman, uma promessa dentro da organização.

E, ao contrário do que muitos especialistas esperavam, os dois lutadores preferiram lutar em pé. Sendo assim, a trocação foi a tônica do primeiro e do segundo round, com leve vantagem apresentada por Chris Weidman, que ainda conseguiu boas quedas, usando seu forte wrestling.

Com notória vantagem nos dois primeiros rounds, Weidman procurou se focar mais no seu eficiente jogo de derrubar e golpear por cima do adversário. Com isso, o brasileiro não teve forças para reagir: vitória para o americano na decisão unânime dos jurados.

“Do Bronx” vence em estreia na categoria pena com rara técnica e ganha bônus de finalização da noite

Após 14 vitórias seguidas em sua carreira no MMA, veio uma sequência de três lutas e nenhum triunfo. Então, Charles Oliveira (15-2, 1 NC), o Charles “Do Bronx”, desceu de categoria. E, em sua primeira luta como peso pena, categoria dominada pelo também brasileiro José Aldo, o paulista demonstrou grande confiança, finalizando com muita técnica o americano Eric Wisely ainda no primeiro round com uma chave-de-panturrilha, finalização pouco comum em eventos de MMA.

“Nessa categoria os lutadores são rápidos, assim como é o meu jogo. Graças a Deus consegui dar um show. Sinto que estou na categoria certa e agora é seguir trabalhando”, disse “Do Bronx”, após o combate.

Card Principal
Rashad Evans venceu Phil Davis na decisão unânime dos jurados
Chael Sonnen venceu Michael Bisping na decisão unânime dos jurados
Chris Weidman venceu Demian Maia na decisão unânime dos jurados

Card Preliminar
Evan Dunham venceu Nik Lentz por nocaute aos 5:00 do segundo round
Mike Russow venceu John-Olav Einemo na decisão unânime dos jurados
Cub Swanson nocauteou George Roop aos 2:22 do segundo round
Charles “Do Bronx” Oliveira finzalizou Eric Wisely com uma chave-de-panturrilha aos 1:43 do primeiro round
Michael Johnson venceu Shane Roller na decisão unânime dos jurados
Lavar Johnson nocauteou Joey Beltran aos 4:24 do primeiro round
Chris Camozzi finalizou Dustin com uma guilhotina aos 1:08 do terceiro round

Midia

Recente
Sessão de Treinos Abertos para fãs e imprensa no Grand Hotel, em 1 de outubro, 2014 em Estocolmo, Suécia.
01/10/2014
In episode two of On the Fly: Fight Night Stockholm, Ilir Latifi, one of the true gentlemen of MMA, takes us on a tour of Stockholm as the excitement builds for UFC Fight Night on Oct. 4.
01/10/2014
John Gooden and Dan Hardy take an in-depth look at UFC Fight Night Stockholm this Saturday. Watch on UFC FIGHT PASS.
30/09/2014
Assista à coletiva de imprensa pós-lutas, ao vivo, na sequência do evento.
29/09/2014