Recap da coletiva e dos bônus pós-UFC: Johnson vs. Dodson

Leia abaixo quem levou para casa os Bônus da Noite no UFC®: Johnson vs. Dodson...
Sete lutadores marcaram presença com o Presidente do UFC® Dana White na coletiva de imprensa pós-UFC®: Johnson vs. Dodson - Demetrious Johnson, John Dodson, Ricardo Lamas, Glover Teixeira, Anthony Pettis, TJ Grant, e Clay Guida.

A luta principal, uma disputa de título peso mosca envolvendo Demetrious Johnson e John Dodson, levou a premiação de Luta da Noite. Johnson e Dodson entraram numa batalha lá e cá com diversas mudanças de panorama nos rounds. No fim, Johnson manteve a coroa com uma decisão unânime, porém disputada.

Anthony Pettis reviveu mais uma vez seu apelido "Showtime", levou para casa o Nocaute da Noite ao despachar Donald Cerrone  no round inicial. Pettis puniu Cerrone com um agressivo e variado ataque e acabou com "Cowboy" com chutes na linha de cintura.

Ryan Bader se recuperou da derrota para Lyoto Machida ao emplacar o recorde de finalização mais rápida da divisão meio-pesado do UFC®. Bader derrubou o veterano Vladimir Matyushenko no princípio, e então encaixou um estrangulamento que definiu a luta em 50 segundo do assalto número #1. Com este desempenho, Bader recebeu a o bônus de Finalização da Noite.

Todos os vencedores levaram $50,000 pelos seus esforços.

Assista a coletiva pós

Midia

Recente
Lembra dessa? O brasileiro conseguiu um nocautaço logo no primeiro round. Quer ver Shogun em ação outra vez? Não fique de fora do UFC Fight Night Uberlândia, em 8 de novembro. - UFC Uberlândia - Compre seu ingresso: on.ufc.com/ingressouberlandia
30/10/2014
Brasileiro faz a luta principal do UFC em Uberlândia, em 8 de novembro. Ele acredita que uma vitória o recolocará no caminho para disputar o cinturão. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
29/10/2014
Atleta nigeriano-inglês diz que vencerá o brasileiro na luta principal do UFC em Uberlândia, em 8 de novembro. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
29/10/2014
Lutador brasileiro afirma que o coração está 'pedindo para lutar' e que TJ tirou o sono dele. Por isso, Barão afirma que agora ele será o maior pesadelo do americano. Renan Barão encara Mitch Gagnon no UFC Barueri, dia 20 de dezembro.
28/10/2014