Mousasi e o próximo grande desafio

"E eu acho que serei capaz de obter uma chance ao título muito mais rápido do que nos meio-pesados." - Gegard Mousasi
UFC middleweight Gegard MousasiGegard Mousasi conseguiu uma vitória por decisão unânime clara sobre Irir Latifi no UFC em Estocolmo e aumentou seu cartel para 34-3-2, mas a maneira como ele viu, não foi exatamente a introdução que ele queria para os fãs do UFC.

"Eu consegui a vitória, mas eu não subi no ranking", disse ele. "Não me ajudou em nada. Tudo o que tenho é "ele não conseguiu liquidar Latifi, que veio a dois dias de aviso prévio." ECOmpre ingressos para po UFC Fight Night Combate: Machida x Mousasintão, eu só tive críticas. Mas mentalmente não foi difícil porque eu treinei para uma luta e estava feliz que Latifi aceitou e fui capaz de lutar."

Compre ingressos para o UFC Fight Night: Machida x Mousasi


É o que Mousasi faz e tem feito profissionalmente no MMA desde 2003, e ao longo dos últimos 10 anos ou mais, poucos têm sido melhor. Houve corridas no PRIDE e Dream, bem como uma breve passagem no Strikeforce onde ganhou o título da organização em 2009, com um nocaute sobre "Babalu" Sobral, e vitórias sobre Hector Lombard, Denis Kang, Jacaré Souza, e Mark Hunt não deixaram dúvidas que o produto da  Holanda é um dos melhores do esporte. Mas o UFC foi o destino, o lugar onde Mousasi poderia fazer a sua maior marca, e não estrear com uma performance espetacular contra um inimigo de nível superior o deixou querendo mais.

Mas neste sábado, em destaque no card do UFC Fight Night em Jaraguá do Sul, Brasil, ele enfrenta o ex-campeão do UFC peso meio-pesado Lyoto Machida. Porém, a luta não será nos 93 kg, Machida está fazendo sua segunda luta nos 84 kg, e Mousasi está voltando para a divisão dos médios que não atuava desde 2008.

"Eu acho que terei um desempenho muito melhor e é muito melhor para o meu corpo", disse ele sobre descer. "E eu acho que serei capaz de obter uma chance ao título muito mais rápido do que nos meio-pesados."

Ele está certo. No meio-pesado, o campeão Jon Jones já está reservado para lutar contra Glover Teixeira, em abril, com Gustafsson e Daniel Cormier na fila logo depois se eles vencerem seus próximos combates. Na divisão dos médios, o vencedor da luta pelo título em maio entre o campeão Chris Weidman e o desafiante Vitor Belfort provavelmente vai olhar para quem sair vitorioso de uma das lutas de sábado, se é Machida, Mousasi, Jacaré, ou Francis Carmont. E, para a Mousasi de 28 anos, é exatamente onde ele quer estar.

"Eu estou bem perto", disse Mousasi, que tem 6-0-1 em suas últimas sete lutas. "Se eu vencer Machida de forma convincente, Vitor Belfort já está recebendo sua segunda chance (ao título), então Anderson está machucado, por isso além de mim e  Jacaré, não há candidato número #1, eu acredito. Sinto que se vencer de forma impressionante um lutador bem conhecido e um ex-campeão do UFC como o Lyoto, se isso acontecer e eu receber uma disputa ao título, era isso que eu buscava. Essa é a minha meta para 2014.

"Eu não gosto de lutar com um estilo como o dele, porque ele não é um lutador típico", disse ele. "Eu prefiro ter um cara que é mais fácil de preparar. Eu treinei com Jaouad Ikan, ele é um cara do karatê e ele faz exatamente as mesmas coisas que Machida faz, mas não é fácil lutar com ele. Não é uma experiência agradável, mas é um desafio, isso é certo."

Gegard Mousasi não é estranho a desafios. Seu currículo prova isso. Sábado é apenas mais um.

"Já lutei contra strikers, mas Machida é um tipo muito diferente de striker, então eu vou abordá-lo de um jeito totalmente diferente", disse ele. "Eu acho que ele é um tipo difícil de lutador para enfrentar, mas eu vou estar pronto."

Watch Past Fights

Sábado, Julho 30
19H15
BRST
Atlanta, Geórgia

Midia

Recente
Relembre vitória de Tyron Woodley sobre Josh Koscheck no UFC 169. O desafiante ao cinturão dos meio-médios, Woodley encara o campeão Robbie Lawler na luta principal do UFC 201, no próximo sábado (30).
25/07/2016
Brasileiro finalizou Scott Jorgensen no UFC 179, em 2014, no Rio de Janeiro. Assine o Canal Combate e não perca nenhum UFC http://bit.ly/2aiJ5UR
Rose Namajunas faz Matt Brown confrontar o seu medo de cachorros e tem encontro amistoso com a sua adversária Karolina Kowalkiewicz. Já o campeão Robbie Lawler aproveita o conforto de um grande quarto de hotel e sofre com sua agenda de compromissos.
28/07/2016
Em duelo emocionante de cinco rounds, Robbie Lawler derrotou Matt Brown por decisão unânime, em 2014, antes de assumir o cinturão da categoria. O campeão volta ao octógono nesse sábado (30) para enfrentar Tyron Woodley na luta principal do UFC 201.
17/11/2014