Hector Lombard e sua mentalidade no MMA

“Quando Hector estiver na jaula, não importará onde ele estará. Ele estará enfrentando um homem e ele estará pronto.” - O treinador de Hector Lombard, "Conan" Silveira
UFC middleweight Hector LombardOs fãs do UFC podem estar se perguntando o porquê de tanta agitação por Hector Lombard estar fazendo sua estréia no Octógono no dia 21 de julho contra Tim Boetsch.

Parte da resposta é certamente o fato de não ter perdido uma luta em quase seis anos e 25 lutas. Outra parte pode ser sua experiência como competidor de nível internacional de judô.  Porém, pode ter mais a ver com a tendência perversa de Lombard por acabar com suas lutas (77% de suas vitórias vieram por nocaute ou finalização). Talvez seja tudo isto combinado com o fato de que no UFC 149, Lombard vai enfrentar um peso médio top da categoria, Boetsch.  

O presidente do UFC Dana White foi tão longe, que chegou a dizer que se Lombard vencesse em sua estréia na organização de forma impressionante, ele poderia ser o próximo desafiante do campeão até 84 kgs Anderson Silva. Lombard com certeza está se sentindo importante ultimamente. Mas seu treinador na American Top Team (ATT)  na Flórida diz que nenhum dos itens citados acima são o que fazem Lombard tão especial em sua mente.  

Marcus “Conan” Silveira, um veterano do UFC e um dos líderes da ATT, tem coordenado os treinos de Lombard pelos últimos quatro anos no sul da Flórida, desde que o cubano entrou pela porta da academia procurando se aprimorar no MMA.

“Ele veio até nós com grandes habilidades, é claro”, Conan diz. “Mas o que separa Hector é sua mentalidade. Nem todo lutador de judô, nem todo lutador de jiu jitsu, nem os campeões nestes esportes, podem ser um lutador de MMA. Você precisa ter uma mentalidade especial para o MMA.”

Conan não está falando sobre um “instinto assassino”, alguma habilidade de mesclar fortes golpes com um grappling solto durante a competição. A qualidade única que Lombard tem, de acordo com seu treinador, é uma humildade inigualável e ética de trabalho dentro da academia.

“Tudo que eu peço para ele fazer, ele faz, de A a Z, de 1 a 10. Ele tem talento e o potencial Comenta Conan. “Definitivamente, se ele conseguir uma chance ao título, ele estará pronto. Mas ao mesmo tempo, como seu treinador, eu tento transmitir um sentimento de bloqueio para ele diante disso. Nós temos Tim Boetsch no dia 21 de julho, e não tem nada mais no que se pensar.”

O lutador parece entender isto muito bem, e não está com pressa para falar sobre ganhar o título.

“Quem quer que esteja na minha frente, eu simplesmente tenho que vencer”, diz Lombard. “O título virá.”

Treinadores e lutadores raramente revelam suas estratégias detalhadas antes das lutas, e Marcus Conan não é diferente. Sua filosofia para preparar Lombard é muito sincera.  

“Boetsch é bom em tudo então treinamos para sermos também. Hector se prepara para tudo nessa ciência que é a luta. Temos que combinar tudo junto e trabalhar muito para isso. Quando você está preparado para qualquer situação, e também na transição entre estas situações, se torna fácil se adaptar na luta”, explica o headcoach da ATT. “No dia da luta você terá Hector Lombard – este é ele tentando matar Tim Boetsch dentro do permitido em uma luta profissional.”  

Esqueça a possibilidade de Lombard ficar nervoso por entrar no Octógono do UFC pela primeira vez. “Uma jaula é uma jaula”, Conan opina. “Quando Hector estiver na jaula, não importará onde ele estará. Ele estará enfrentando um homem e ele estará pronto.” 


Watch Past Fights

Sábado, Outubro 25
23h
BRT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
Os jornalistas Davi Correia (UFC.com.br), Guilherme Cruz (MMAFighting) , e Ivan Raupp (Combate.com), conversam sobre o card principal do UFC 179, no Rio de Janeiro. O brasileiro é favorito, mas precisa tomar cuidado com o jogo de wrestling de Chad Mendes.
23/10/2014
Fotos da pesagem do UFC 179 no Ginásio do Maracanãzinho em 24 de outubro, 2014 no Rio de Janeiro (Fotos de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
24/10/2014
Confira os melhores momentos dos lutadores na balança. O campeão José Aldo garantiu que vencerá Chad Mendes, nos penas. "Esse cinturão vai continuar no Brasil.
24/10/2014
Enquanto Aldo e Chad treinavam no Rio para o UFC 179, Conor McGregor desembarcava na cidade com a língua afiada. Na saída do aeroporto, pediu se o motorista não o levaria até a favela do José e mandou dizer que irá tomar o cinturão do brasileiro.
24/10/2014