Jose Aldo: O mais perigoso peso pena vivo

"Qualquer lutador neste nível é difícil e perigoso. Você tem que os respeitar e treinar muito bem para eles, que é o que estou fazendo." - Jose Aldo
UFC featherweight champion Jose AldoQuando foi anunciado que Anthony Pettis foi forçado a sair de sua luta no UFC 163 contra o campeão peso pena José Aldo devido a uma lesão e substituído pelo " Zumbi Coreano", Chang Sung Jung, a sabedoria convencional disse que o mesmo lutador que perdeu para Leonard Garcia e George Roop e ganhou seu apelido em parte por sua habilidade em ser castigado e continuar seguindo, estava sendo levado para o abate.

José Aldo não quer saber de sabedoria convencional.

"Qualquer lutador neste nível é difícil e perigoso", disse o campeão. "Você tem que os respeitar e treinar muito bem para eles, que é o que estou fazendo."

Esta é a diferença entre lutadores como Aldo e a maioria de seus colegas lutadores. Vamos encarar, é a natureza humana para alguém que segue dominante há tanto tempo, eventualmente tirar o pé do acelerador quando presume que aparecer é o suficiente. Chama-se ler os recortes da imprensa  e a lista de lutadores que pagaram por tal arrogância  em esportes de combate ao longo dos anos que dariam páginas e páginas de recortes.

"Sou um lutador bem completo e vou lutar em qualquer lugar onde a luta aconteça, mas ao mesmo tempo, também significa que tenho que treinar muito para me manter onde estou", disse Aldo, que admite não ficar tanto de olho na oposição como fica em si mesmo.

"Estou muito mais preocupado com minhas lutas e meus erros do que em prestar atenção nos erros que meus oponentes podem estar cometendo."

Porém, enquanto a luta de sábado se aproxima, Aldo tem prestado bastante atenção a sua tarefa e ao que pode parecer a ruína do desafiante: a sua tendência em abrir a guarda e começar a jogar socos para todos os lados. Para um striker preciso como Aldo, isto é música para seus ouvidos.

"Ele é um cara muito agressivo", disse Aldo sobre o Zumbi. "Em suas lutas em pé ele apresenta oportunidades e definitivamente estamos estudando isto. Ele luta muito aberto e isto deixa muita oportunidade para ser golpeado. Mas se é deste jeito que ele quer lutar, que seja assim então."

Se ele lutar assim, pode ser uma noite curta, algo que seus oponentes como Chad Mendes e Cub Swanson aprenderam do jeito mais difícil, quando Aldo aproveitou aberturas e despachou os adversários em 4:59 e :08, respectivamente.

Mas se você conseguir manter seu queixo protegido, suas mãos altas e conseguir passar pelos dois primeiros rounds com Aldo, ele é conhecido por desacelerar, como visto em suas últimas defesas bem sucedidas contra Mark Hominick e Frankie Edgar. É uma crítica que ele já ouviu antes.

"Eu tenho que estar pronto para lutar onde a luta estiver", ele disse. "Se for uma luta longa ou uma luta curta, tenho que estar treinado e pronto para o que vier."

Mesmo com o jogo de chão de Jung ter tido uma evolução rápida, que lhe rendeu dois prêmios de Finalização da Noite sobre Leonard Garcia e Dustin Poirier.  Aldo, um faixa preta de jiu jitsu, zomba das sugestões de que Jung lhe dará problemas se a luta for para o chão.

"Ele é agressivo e tem um bom jogo de chão, mas não é algo que me preocupa", disse Aldo, pupilo do treinador André Pederneiras. "Tenho treinado jiu jitsu a minha vida toda, então não há nada no jogo de chão que me assuste de qualquer forma."

Coloque tudo junto agora. Aldo está ciente de seus oponentes, os levando muito a sério. Mas ao mesmo tempo, ele traz a vantagem de um verdadeiro competidor onde ele acredita que qualquer coisa que seu oponente faça, ele pode fazer melhor. Esta é uma mistura perigosa de humildade e confiança, respeito e desdenho. É o que faz de Aldo o melhor peso pena do planeta, alguém que pode manter este título por quanto tempo quiser. Pergunte-o sobre a luta de sábado a noite contra o Zumbi Coreano.

"Eu vencerei o cara."


Watch Past Fights

Sábado, Outubro 25
23h
BRT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
Os jornalistas Davi Correia (UFC.com.br), Guilherme Cruz (MMAFighting) , e Ivan Raupp (Combate.com), conversam sobre o card principal do UFC 179, no Rio de Janeiro. O brasileiro é favorito, mas precisa tomar cuidado com o jogo de wrestling de Chad Mendes.
23/10/2014
Fotos da pesagem do UFC 179 no Ginásio do Maracanãzinho em 24 de outubro, 2014 no Rio de Janeiro (Fotos de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
24/10/2014
Confira os melhores momentos dos lutadores na balança. O campeão José Aldo garantiu que vencerá Chad Mendes, nos penas. "Esse cinturão vai continuar no Brasil.
24/10/2014
Enquanto Aldo e Chad treinavam no Rio para o UFC 179, Conor McGregor desembarcava na cidade com a língua afiada. Na saída do aeroporto, pediu se o motorista não o levaria até a favela do José e mandou dizer que irá tomar o cinturão do brasileiro.
24/10/2014