Phil Davis: Configurando a mente

"Quando você está lutando com um cara como Machida, você deve estar seguro de si. Você não pode tentar inventar um movimento super legal que funcionará." - Phil Davis
UFC light heavyweight Phil DavisPense nisto. Phil Davis venceu Alexander Gustafsson, seu atual parceiro de equipe na Alliance MMA, por finalização no primeiro round em 2010. Lyoto Machida e Rashad Evans ambos lutaram com Jon Jones - e perderam. Ryan Bader, agendado para lutar contra Glover Teixeira, foi mais uma vítima do atual campeão. Enquanto o peso pesado Daniel Cormier exigiu uma chance ao título caso vença Roy Nelson no UFC 166, Phil Davis terá sua chance se vencer 'The Dragon" no sábado à noite.

"Desde que tenha uma boa performance e os fãs me amem, sim, vou tentar isto", disse Davis. "Por quê não? Estou pronto para uma grande luta. Estou em um bom lugar na minha carreira. Estou pronto para uma grande luta após uma grande luta."

Uma vitória sobre Machida vem com força, se Davis vencer será o quarto lutador da elite que venceu o Dragão (Shogun, Rampage, Jones). Machida é um enigma complexo. Mesmo algumas de suas lutas sendo chatas, em outras ele deixa seu oponente perplexo por manter sua distância antes de atacar como um assassino (pergunte á Evans, Bader, Randy Couture e Thiago Silva).

Se Machida esperar, Davis pretende esperar também, deixando em aberto à pergunta sobre quem irá atacar antes. É onde a educação em cinesiologia de Davis se aplica no MMA. Ao invés de esperar pacientemente por uma abertura, fazendo certas coisas para criar aberturas para outras coisas, alguns pensam demais sobre ter que fazer algo acontecer. É um jogo que Machida adora jogar.

"Muitas vezes os caras ficam nervosos e pensam 'tenho que fazer alguma coisa.' Muitas pessoas pensam assim e falham", disse Davis. "Quando você está lutando com um cara como Machida, você deve estar seguro de si. Você não pode tentar inventar um movimento super legal que funcionará. Ele já lutou o seu estilo a mais tempo do que venho treinando para lutar com ele, então você tem que ficar na sua, na sua distância e ser extremamente bom nisto."

O que está em jogo é muito grande na luta co-principal do UFC 163, então Davis terá que ser muito bom. Mas quando a coisa esquentar ele garante que será Machida sentindo a pressão. Vencido por Jon Jones, no UFC 140 em 2011, Lyoto venceu suas duas últimas lutas e está perto de uma chance em potencial ao título por redenção. O nativo de Salvador, Lyoto terá uma nação inteira em seu corner que espera vomitar sarcasmos em direção ao intruso americano.

Davis se preocupa?

"Eu não preciso me estressar sobre como vencer o Dragão", disse Davis. "Quer saber? Estou bem. Não estou preocupado se tenho as habilidades que preciso ou não. Quero vencê-lo porque é o que fui preparado para fazer. Quando você está disposto a sacrificar tudo para vencer, você achará um jeito de vencer na hora. Minha mente está configurada para vencer e não aceitarei nada menos do que isto."

Watch Past Fights

Midia

Recente
Assista a sessão de perguntas&respostas do UFC Fight Club com os pesos médiosLuke Rockhold e Cung Le, ao vivo na sexta, 25 de julho, às 18h.
18/07/2014
Recuperado de fratura na perna esquerda, ex-campeão dos médios melhora movimentação, esquivas e golpes em treino de pugilismo.
23/07/2014
Competidor meio-médio do UFC, Matt Brown enfrenta Robbie Lawler no UFC Fight Night San Jose no que promete ser uma batalha épica pela posição de desafiante contra o atual campeão Johny Hendricks.
22/07/2014
O peso leve Daron Cruickshank fala de fantasmas, a vida como cheerleader e os outros esportes que praticou. The Detroit Superstar enfrenta o No. 14 Jorge Masvidal no Fight Night: Lawler vs. Brown.
22/07/2014