Dez Melhores - Os Nocautes do Ano de 2012

As premiações extra-oficiais da temporada 2012 continuam com os maiores nocautes do ano...
Barboza vs. Etim - UFC 142
É a mesma história a cada ano. Sem dúvidas, a categoria de melhor nocaute é sempre a mais difícil para resumir a um Top Dez. Em 2012, parece que foi ainda mais difícil de escolher, mas aqui estão eles, e que comecem os debates...  
  
10 - Rustam Khabilov-Vinc Pichel - TUF Finale 16 
Não é um nocaute tradicional por muitas razões, e oficialmente a luta terminou com socos na sequência de uma queda aplicada sobre Vinc Pichel pelo estreante russo Rustam Khabilov. Mas para todos os efeitos, a luta acabou após a série de suplexes que Khabilov aplicou em Pichel, algo não visto de forma tão arrasadora desde Dan Severn moendo Anthony Macias no UFC 4. A forma como terminou virou assunto no mundo do MMA após a luta, e por boas razões.  
  
9 - Mike Pyle-Josh Neer - UFC: Johnson vs. McCall
Josh Neer é duro de ser nocauteado. A definição de queixo de aço, o casca-grossa de Iowa passou por dezenas de lutas, algumas documentadas, outras não, algumas amadores, algumas profissionais, e tem apenas duas derrotas por nocaute. A primeira para Mark Miller na IFL 2007. A segunda foi para o especialista em finalizações Mike Pyle, que sobreviveu a alguns momentos complicados para derrubar Neer, de cara, em seu duelo de junho, na Flórida. Foi um resultado chocante, não tanto assim quando a poeira baixou em 2012 e você viu que todas as vitórias de Pyle foram por nocaute.  
  
8 - Stephen Thompson-Dan Stittgen - UFC 143  
Quando foi anunciado que Stephen Thompson estava fazendo sua estreia no Octógono no UFC 143, em fevereiro, fãs incondicionais do esporte ficaram ansiosos para ver um astro invicto do kickboxing recebendo uma chance no grande show do MMA. Pessimistas, por outro lado, estavam esperando que ele caísse para que pudessem dizer que um kickboxer nato simplesmente não poderia competir no nível de elite neste esporte híbrido. Thompson respondeu a muitas das questões contra Dan Stittgen, sendo a principal delas, se ele bate em você com um chute na cabeça, não importa quem você é - você vai cair. Esse foi o resultado final para Stittgen, que foi nocauteado com um chute na cabeça aos 4:13 do primeiro round.  
  
7 - Donald Cerrone-Melvin Guillard - UFC 150  
Como Josh Neer, Melvin Guillard não é um cara que é nocauteado facilmente. Mas neste esporte, você só mantém essa escrita até que alguém acabe com ela, e em 11 de agosto, em Denver, "The Young Assassin" encontrou alguém capaz de fazer isso. No entanto, o que fez este nocaute tão memorável foi que Guillard parecia estar a um golpe de nocautear Cerrone antes de ser pego com um chute na cabeça seguido de um soco que apagou suas luzes. Levou apenas 76 segundo, mas foi um merecido "Nocaute da Noite".  
  
6 - Ryan Jimmo-Anthony Perosh - UFC 149  
Ryan Jimmo do Canadá perdeu sua primeira luta profissional, em seguida, ganhou suas 16 próximas, incluindo vitórias sobre os veteranos do UFC Rameau Thierry Sokoudjou, Wilson Gouveia, Marvin Eastman, e Jesse Forbes. Mas só em 2012 ele teve um convite para o Octógono. Muitos disseram que por ter vencido seis por decisão em seus últimos sete compromissos o mantiveram longe do UFC, mas ao entrar no grande show, ele deixou a impressão que precisava, acabando com os questionamentos e com Anthony Perosh em apenas sete segundos.   

5 - Pat Barry-Shane Del Rosario - TUF Finale 16  
Se houvesse um prêmio para a pré-nocaute do ano, Pat Barry teria sido escolhido. Então, enquanto foi sua mão direita que terminou a noite de Shane Del Rosario, o gancho de esquerda que "HD" desferiu segundos antes, realmente marcou o início do fim. E este não foi um gancho comum de esquerda. Ele acertou em cheio, fez um baque sonoro e, ao olhar no rosto de Del Rosario, era como se ele estivesse dizendo: "quem me acertou na cabeça com um taco de beisebol?" Esse soco foi assustador.  
  
4 - Siyar Bahadurzada-Paulo Thiago - UFC Suécia: Gustafsson vs. Silva
Se você usa um apelido como "The Great", você vai precisar fazer jus a ele no Octógono, e isso foi o que Siyar Bahadurzada fez em sua estreia no UFC contra Paulo Thiago, em abril. Usando "um atalho" para apagar o brasileiro pela primeira vez em sua carreira no MMA, Bahadurzada deu um grande recado que durou meros 42 segundos.  
  
3 - Anthony Pettis-Joe Lauzon - UFC 144  
Não vamos medir as palavras aqui. O que Anthony Pettis mostrou contra Clay Guida e Jeremy Stephens não era o "Showtime" que conhecemos e amamos em seus dias no WEC. Mas, no UFC 144, em fevereiro, o rei dos melhores momentos retornou em grande estilo, nocauteando Joe Lauzon com um chute de esquerda na cabeça em apenas 81 segundos. Após o combate, o Lauzon espirituoso e singelo simplesmente twittou, "Estou no Japão por mais alguns dias e ia tentar comprar uma espada, mas acho que vou investir em um capacete em seu lugar." O resto dos lutadores do peso leve seriam sensatos fazendo o mesmo.  
  
2 - Cung Le-Rich Franklin - UFC Macau  
Conforme você envelhece, você não está sempre tão ágil como costumava ser, portanto, você não deve mais pular do sofá e xingar o resultado de uma luta que não aconteceu do jeito que você esperava como o fazia quando era mais jovem. Tudo isso mudou com a mão direita do Cung Le em 10 de novembro. Esse soco, que bateu o ex-campeão médio Rich Franklin instantaneamente, quase matou um laptop com a velocidade em que eu saí do sofá, assustando minha esposa e filha no processo. Foi um final assustador para dizer o mínimo, me lembrando que, sim, ainda aos 44, minhas habilidades de salto do sofá ainda estão intactas.  
  
1 - Edson Barboza-Terry Etim - UFC 142  
Os ESPYs pode ter começado errado em não atribuir este desempenho como sua "Jogada do Ano", mas o finalista é um vencedor aqui, e em um ano com alguns nocautes espetaculares, o de Edson Barboza com um chute rodado sobre Terry Etim no UFC Rio 2, em janeiro, foi de longe, a melhor. O chute teve de tudo - velocidade, potência, técnica, precisão e o efeito 'minha nossa!' puro. Etim ficou fora de sintonia no instante que Edson conectou o chute, e a parte assustadora é que, quando perguntado sobre o nocaute, o brasileiro especialista em Muay Thai disse: "Para ser honesto, não, eu não treino muito esse chute. Eu gosto de treinar as coisas básicas como chutes no corpo ou nas pernas. Mas sei como fazer aquele chute desde que tinha oito anos de idade, quando comecei a treinar Muay Thai. Eu acho que consegui manter isso dentro da minha mente, e quando precisar eu desfiro."   
  
Menção Honrosa - Benny Alloway-Manuel Rodriguez, Daron Cruickshank-Henry Martinez, Michael McDonald-Miguel Angel Torres, Dan Hardy-Duane Ludwig, Eddie Wineland-Scott Jorgensen, Johny Hendricks-Martin Kampmann, Brad Pickett-Yves Jabouin, Tim Boetsch-Yushin Okami, Roy Nelson, Dave Herman, Lyoto Machida-Ryan Bader  
  
Vencedores anteriores  
2011 - Barry Kongo-  
2010 - Velasquez-Lesnar  
2009 - Silva-Griffin  
2008 - Evans-Liddell  
2007 - Gonzaga-Cro Cop  
2006 - Silva-Franklin I  
2005 - Liddell-Couture II  

Midia

Recente
O primeiro UFC em Uberlândia acontece em 8 de novembro, com uma lutaça do brasileiro ex-campeão Maurício Shogun. Vai perder? *Compre seu ingresso - on.ufc.com/ingressouberlandia *Card - http://on.ufc.com/ufcuberlandia
31/10/2014
Lembra dessa? O brasileiro conseguiu um nocautaço logo no primeiro round. Quer ver Shogun em ação outra vez? Não fique de fora do UFC Fight Night Uberlândia, em 8 de novembro. - UFC Uberlândia - Compre seu ingresso: on.ufc.com/ingressouberlandia
30/10/2014
Brasileiro faz a luta principal do UFC em Uberlândia, em 8 de novembro. Ele acredita que uma vitória o recolocará no caminho para disputar o cinturão. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
29/10/2014
Atleta nigeriano-inglês diz que vencerá o brasileiro na luta principal do UFC em Uberlândia, em 8 de novembro. *Ingressos para o UFC Uberlânida - on.ufc.com/ingressouberlandia
29/10/2014