Dez Melhores: As surpresas de 2013

A temporada de premiações extra-oficiais continua com as maiores surpresas de 2013...
<a href='../event/UFC-Silva-vs-Irvin'>UFC </a>162 - Weidman KOs SilvaO boxe não é mais chamado de Teatro do Inesperado, mas o MMA pode muito bem ser chamado assim, porque com tantas maneiras de vencer, também há várias maneiras dos grandes favoritos perderem. Se você tem dúvidas, leia sobre as maiores surpresas de 2013.


10 - Renee Forte-Terry Etim - UFC Londres: Barão x McDonald
Alguns anos atrás, Etim estava preparado para ser o maior astra britânica no UFC, o próximo em uma lista que começou com Michael Bisping e Dan Hardy. Ele não era impertinente, amigável como The Count e The Outlaw, mas ele tinha quatro prêmios de Finalização da Noite que mostrava que ele podia lutar. E se foi a sequência do chute rodado de Edson Barboza em 2012 que o nocauteou, se estava enferrujado depois de ficar um ano afastado, ou somente uma grande noite para o lutador do TUF Brasil 1 Renee Forte, quando os dois colidiram em fevereiro, Etim não conseguiu achar seu ritmo, deixando Renee faturar uma decisão unânime que também fez o nativo de Liverpool a ser dispensado da organização.

9 - Reza Madadi-Michael Johnson – UFC Suécia 2013
Depois de 3 vitórias seguidas em 2012, Michael Johnson terminou o ano com uma derrota por decisão para "Fury" Myles Jury que muitos presumiram ser somente obra de um desempenho irregular. Então que melhor maneira de voltar  do que começar o ano vencendo Reza Madadi, que vinha de uma derrota para Cristiano Marcello. Tudo começou bem para “The Menace”, que balançou Madadi e quase o liquidou no primeiro round. Mas no terceiro, foi Madadi que controlou e ele finalizou a luta com um triângulo de mão que lhe rendeu a Finalização da Noite.

8 - Rogerio "Minotouro" Nogueira-Rashad Evans – UFC 156
Vindo de derrota no UFC 145 para Jon Jones, o ex-campeão peso meio-pesado Rashad Evans queria voltar ao cenário do cinturão nos 93 kg e uma vitória sobre um nome top como Rogério Nogueira provavelmente faria isto para ele. Mas o resistente Minotouro tirou vantagem em várias oportunidades que Rashad proporcionou, lhe dando a vitória por decisão unânime.

7 - Kelvin Gastelum-Uriah Hall - TUF 17 Finale
Uriah Hall foi assustador durante a temporada 17 do The Ultimate Fighter. Tão assustador que muitos acreditavam que ele somente precisava aparecer no dia da luta final contra Kelvin Gastelum e pegar seu troféu e seu contrato com o UFC. Gastelum com 21 anos, lutou contra as probabilidades do tempo em que esteve no programa, não estava preocupado com o que os outros pensavam. Ele sabia que tinha o que precisava para vencer a luta e foi o que ele fez, vencendo uma decisão dividida para se tornar o vencedor da 17ª temporada do TUF e conseguir seu contrato.

6 - Michael Johnson-Joe Lauzon – UFC Fight Night
Enquanto Michael Johnson era o favorito em suas duas derrotas para Myles Jury e Reza Madadi, estas derrotas o fizeram ser o azarão contra o favorito da casa Joe Lauzon quando os dois se encontraram em agosto. Mas com suas costas contra a parede, Johnson fez a performance de sua carreira, dominando desde o começo e vencendo por decisão unânime. 

5 - "Ruthless" Robbie Lawler-Rory MacDonald – UFC 167
Depois de 2 nocautes espetaculares em seu retorno ao Octógono em 2013, Robbie Lawler foi a história do ano. Mas o favorito a coroa era Rory McDonald, um homem jovem, talvez a uma vitória da chance pelo título até 77 kg. Mas Lawler não ia dar esta vitória para ele, e venceu McDonald, ganhando a chance ao título para si.

4 - Stipe Miocic-Roy Nelson - UFC 161
Stipe Miocic é uma dos astros em ascensão nos pesos pesados. Mas com o misto de uma derrota por nocaute para Stefan Struve em sua última luta e as três vitórias de Roy Nelson na divisão (Dave Herman, Matt Mitrione, Cheick Kongo), presumia-se que “Big Country” continuaria a vencer contra o nativo de Ohio. Miocic tinha outras ideias, mostrando o boxe que lhe deu o título do Golden Gloves local, dominando os três rounds para vencer a luta e voltar ao jogo nos pesos pesados de novo.

3 - TJ Grant-Gray Maynard - UFC 160
Depois de descer para os 70 kg, TJ Grant se tornou implacável, vencendo Shane Roller, Carlo Prater, Evan Dunham, e Matt Wiman sucessivamente, com o nocaute sobre Wiman particularmente notável. Mas ele estava enfrentando Gray Maynard no UFC 160 em maio, que a única derrota havia vindo do ex-campeão da categoria, Frankie Edgar. Então com uma chance contra Benson Henderson, era esperado que “The Bully” vencesse. Ele não venceu. Ao invés disso, o canadense fez uma bela performance parando Maynard aos 2:07 do primeiro round, uma vitória que Mike Tyson disse ser o Nocaute da Noite para o UFC 160. E quem sabe melhor de nocautes do que "Iron" Mike?

2 - Antonio "Pezão" Silva-Alistair Overeem - UFC 156
Vindo de uma derrota unilateral para Cain Velasquez e um nocaute que lhe deu a vitória sobre Travis Browne que muitos acreditavam ter acontecido devido a lesão do joelho de Browne, Antonio “Pezão” Silva não era exatamente o favorito indo para a luta em fevereiro contra Alistair Overeem. As coisas estavam dando certo para The Reem no começo, mas no terceiro round Pezão o parou, o machucou e o liquidou. Demorou somente 25 segundos para Antônio Pezão conseguir o Nocaute da Noite, uma chance ao título e a ressurreição de sua carreira.

1 - Chris Weidman-Anderson Silva I – UFC 162
Toda vez que o melhor lutador de MMA de todos os tempos perde, tem que ser uma surpresa certo? E por nocaute. Este foi o caso quando Chris Weidman chocou o mundo liquidando a luta no segundo round pelo cinturão dos pesos médios em julho, e apesar do cartel invicto do Nova Iorquino, suas habilidades, e confiança, ver The Spider perder pela primeira vez no UFC foi incrível e a maior surpresa de 2013.

Menção honrosa -  - Cat Zingano-Miesha Tate, Rafael Dos Anjos-Donald Cerrone, Piotr Hallman-Francisco Trinaldo, Phil Davis-Lyoto Machida, Chael Sonnen-Mauricio Rua

Sábado, Outubro 25
23h
BRT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
No segundo episódio do UFC Embedded, os lutadores começam a chegar no Rio para o UFC179. Entre um treino e outro, Chad Mendes e José Aldo continuam se provocando. 'Ele precisa estar motivado, porque vou dar uma surra nele!', disse o americano.
23/10/2014
Treinos abertos do UFC 179, no dia 23 de outubro, 2014 no Rio de Janeiro, Brasil. (Fotos de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
23/10/2014
José Aldo e Glover Teixeira conversaram com a equipe do UFC sobre as expectativas para o UFC179, neste sábado (25), e também sobre o lançamento do filme sobre a vida de Aldo e o documentário 'Nascidos para Lutar', que narra a trajetória de Glover.
24/10/2014
Lutadores recebem a equipe do UFC em seus quartos e mostram o que não deixam de levar na mala para a semana da luta. Confira!
23/10/2014