A chama ainda está acessa para Shogun

“No momento, meu grande desafio é Chael Sonnen. Eu penso em ser campeão do UFC de novo, para retomar o que um dia foi meu. Mas é hora de pensar em Chael Sonnen e vitória.” - Shogun Rua
Mauricio "Shogun" RuaVocê nunca verá muita emoção do lutador do UFC, Shogun Rua. Haverá ocasionalmente o sorriso de orelha a orelha, ou a explosão de energia depois de uma vitória, mas quanto a fazer o brasileiro sair do sério e se meter em uma discussão com um oponente, ou demonstrar raiva é algo que você não verá frequentemente, se alguma vez.

Isto, claro, faz com que sua luta no sábado com Chael Sonnen ainda mais interessante, porque a história já provou que ninguém pode tirar o lutador de sua casca, como o autoproclamado “Gangster de West Lynn”. Porém, chocantemente, o eloquente três vezes desafiante ao título tem ficado quieto, e ousamos dizer, respeitoso em relação à Shogun antes da luta.

“Sim, me surpreendeu, porque eu esperava muita besteira falada por ele”, disse Shogun. “Talvez ele saiba que eu não me importo e estaria lançando suas palavras ao vento.”

É provavelmente uma avaliação exata, porém Sonnen não deixou de mirar em Shogun e seu ex-companheiro de Chute Boxe Wanderlei Silva. E apesar de Shogun admitir se irritar com os ataques de Sonnen ao “The Axe Murderer,” ele não deixará que isto o afete na luta.

“Meu foco é somente na luta e no que fazer dentro do Octógono”, disse Shogun, que se vê em um ponto interessante de sua carreira em duas derrotas em suas últimas três lutas. Claro que uma destas derrotas foi para Dan Henderson em uma das maiores lutas de MMA na história em 2011, e a outra foi para o número #1 Alexander Gustafsson em dezembro. Mas na luta contra Gustafsson e na vitória contra Brandon Vera em agosto de 2012, Shogun parecia distante de sua melhor forma. Então do jeito que ele viu, era hora de dar uma chacoalhada nas coisas.

“Eu mudei (de equipes) porque quero o melhor para mim”, ele disse. “Eu formei um time de vencedores com Glaube Feitosa, uma lenda do K-1, Roberto Gordo, um grande treinador de Jiu Jitsu e MMA, e Renato ‘Babalu’ Sobral, um grande professor de wrestling e MMA. Estou muito feliz com minha nova equipe e os resultados serão ótimos. Eles trazem muita experiência e novas técnicas para melhorar meu jogo, e ainda corrigem as deficiências que eu tinha no meu estilo de luta.”

Ele estava a beira de dar ao MMA mais um clássico quando iria lutar contra Rogério “Minotouro”  Nogueira no UFC 161 em junho. A luta seria uma revanche de uma luta em 2005 vencida por Shogun e considerava por muitos observadores a ser uma das melhores lutas que aconteceram no PRIDE. Mas quando Minotouro se lesionou, a luta foi desmarcada.

“Fiquei muito triste, porque sei que é uma luta que todos querem,” disse Rua. “Eu quero, Rogério quer também, os fãs querem, e o UFC quer. Mas sei que esta luta vai acontecer.”

Tomara que aconteça, mas antes ele tem o duelo com Sonnen, que se voluntariou para lutar com Shogun em junho, somente para ver a luta principal no UFC de sábado. Junho ou agosto, não importa, - Shogun está pronto.

“Ele é um cara duro, um especialista em wrestling e perigoso nesta área”, ele disse sobre Sonnen. “Mas eu estudei seu jogo e estou pronto para ser melhor do que ele.

“Eu sempre quero desafios”, disse Shogun. “No momento, meu grande desafio é Chael Sonnen. Eu penso em ser campeão do UFC de novo, para retomar o que um dia foi meu. Mas é hora de pensar no Chael Sonnen e na vitória.”

Watch Past Fights

Midia

Recente
Assista à coletiva de imprensa pós-lutas, ao vivo, na sequência do evento.
29/09/2014
Assista ao P&R do UFC Fight Club com o peso pesado Travis "Hapa" Browne, ao vivo na sexta-feira, dia 3 de outubro, às 15h.
29/09/2014
Assista à pesagem oficial do UFC Fight Night: MacDonald vs. Saffiedine, ao vivo na sexta-feira, dia 3 de outubro, às 16h.
29/09/2014
Assista à pesagem oficial do UFC Fight Night: Nelson vs. Story, ao vivo na sexta-feira, 3 de outubro, às 11 da manhã.
29/09/2014