UFC 130: Rampage vitorioso; brasileiros perdem no card principal, e vencem no preliminar

·         “Rampage” conquista importante vitória contra Matt Hamill  
  
·         Na segunda luta principal da noite, Frank Mir domina Roy Nelson e vence pelos pesados  
  
·         Pelo card principal, “Pitbull” e Jorge Santiago perdem; pelo card preliminar, vitória dos potiguares: Renan Barão vence americano e Gleison Tibau derrota o também brasileiro Rafaello “Trator”  
  
Na noite deste sábado, dia 28, o MGM Arena, em Las Vegas, recebeu o UFC 130 com um total de 10 lutas tendo cinco brasileiros, entre card principal e preliminar. Na principal luta da noite, “Rampage” Jackson venceu o também americano Matt Hamill na decisão unânime dos juízes. Ainda pelo card principal, os brasileiros Thiago “Pitbull” e Jorge Santiago saíram derrotados. Já nas preliminares, duas vitórias: Renan Barão venceu Cole Escovedo e Gleison Tibau derrotou o também brasileiro Rafaello “Trator”.  
  
A luta principal da noite começou com “Rampage” Jackson conectando bem os golpes, que acabaram resultando em alguns cortes no rosto de Matt Hamill. E o segundo round  começou parecido. Hamill, como sempre um guerreiro dentro do octógono, resistia bravamente, mas Jackson seguia andando pra frente e desferindo bons golpes, que, além de pontuar a favor, cansavam Hamill.  
  
Na volta para o último e decisivo round, “Rampage” procurou administrar a notória vantagem conquistada nos dois round anteriores. E conseguiu. Sem se arriscar, Jackson pontuou, mas não buscou o nocaute. Vitória por unanimidade. “Ele (Matt Hamill) é muito duro. Tentei de todas as formas nocauteá-lo, mas não consegui. Peço desculpas a todos (torcida), se não atingi meu objetivo”, justificou o vencedor.  
  
Frank Mir vs Roy Nelson    
Mir é ex-campeão dos pesados e vem de uma grande vitória contra a lenda das artes marciais mistas Mirko Cro Cop. Roy Nelson é conhecido por ser um nocauteador nato, apesar da barriga protuberante. Prenúncio de uma grande luta, mas, dentro do octógono, o que se viu foram dois lutadores com um condicionamento físico abaixo do esperado e, consequentemente, uma luta lenta e travada. Enquanto demonstraram alguma ação, Frank Mir usou boas quedas e uma melhor trocação. Resultado: Frank Mir venceu na decisão unânime dos juízes.  
  
Pitbull e Jorge Santiago perdem no card principal    
O brasileiro Thiago Alves, o “Pitbull”, entrou no MGM Arena com o intuito de se firmar cada vez mais na categoria meio-médio, mas o brasileiro não contava com uma eficiente estratégia de seu adversário Rick Story. Desde o início do combate, o americano optou por travar o “Pitbull” nas grades e, assim, ter um maior controle da luta. Funcionou. A outrora agressividade do “cachorro brazuca” não apareceu dessa vez, com exceção de uma franca troca de golpes no final do 1° round. Com o mesmo panorama até o final do combate, os jurados não tiveram outra alternativa, senão decretar a vitória unânime do americano. Mas, mesmo lutando em “casa”, Story recebeu uma sonora vaia por ter adotado uma estratégia que não costuma agradar aos fãs do UFC.  
  
Retornando ao octógono após pouco mais de quatro anos atuando em outras organizações, Jorge Santiago encarou uma difícil tarefa ao entrar no octógono contra o herói americano (ex-fuzileiro naval no Iraque) Brian Stann. Apesar de não ter se intimidado e de ter procurado a trocação desde o início, o atleta de Angra dos Reis não conseguiu conectar seus golpes e, após sofrer um segundo knock down, Jorge viu o juiz Herb Dean paralisar a luta devido a grande quantidade de golpes que sofria sem esboçar qualquer defesa.  
  
Brasileiros triunfam no card preliminar: Tibau vence duelo “caseiro” e Barão dá importante passo pelos galos  
O veterano Gleison Tibau fez o duelo “brazuca” da noite contra  o pernambucano Rafaello de Oliveira, o “Trator”, e saiu vencedor da “jaula” após controlar todo o primeiro round e finalizar com um mata-leão aos 3m28s do 2° round. O potiguar, que já luta pelo UFC desde 2006 (9-5), Tibau ganha sua segunda luta consecutiva e promete chegar ao topo dos leves: “Estou treinando muito e melhorando a cada dia. Estou me preparando para chegar ao título”, explicou Tibau.  
  
Ainda pelo card preliminar, o potiguar Renan Barão fez sua estreia no UFC e não decepcionou. Lutador do extinto WEC e único representante brasileiro no peso galo, categoria mais leve do evento, o potiguar controlou bem a luta com boas quedas e venceu o americano Cole Escovedo na decisão unânime dos jurados. Agora, Barão dá um importante passo rumo as cabeças da categoria. Com apenas 24 anos, Renan tem um impressionante cartel de 27-1 e não perde desde 2005, quando fez sua primeira luta profissional no mundo do MMA.  
  
CARD PRINCIPAL    
"Rampage" Jackson venceu Matt Hamill na decisão unânime dos juízes  
Frank Mir venceu Roy Nelson na decisão unânime dos juízes  
Travis Browne venceu Stefan Struve por nocaute aos 4m11s do 2° round  
Rick Story venceu Thiago Alves (“Pitbull”) na decisão unânime dos juízes  
Brian Stann venceu Jorge Santiago por nocaute técnico aos 4m29s do 2° round  
  
CARD PRELIMINAR    
Demetrious Johnson venceu Miguel Torres na decisão unânime dos juízes  
Tim Boetsch venceu Kendall Grove na decisão unânime dos juízes  
Gleison Tibau finalizou Rafaello de Oliveira aos 3m28s do 2° round com um mata-leão   
Michael McDonald venceu Chris Cariaso na decisão dividida dos juízes  
Renan Barão venceu Cole Escovedo na decisão unânime dos juízes
Sábado, Outubro 25
23h
BRT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
Lutador brasileiro encara o americano Scott Jorgensen e diz estar ansioso pela primeira vitória no UFC por nocaute ou finalização. Confira o vídeo. - UFC 179 só no Canal Combate -on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014
Lutador se diz mais confortável nos leves e que não se assusta com a experiência do adversário japonês Naoyuki Kotani. - UFC 179 só no Canal Combate -on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014
Em entrevista ao UFC.com, Fábio Maldonado se diz recuperado da derrota para Stipe Miocic, no UFC SP, e que não vai correr do jogo de chão do holandês Hans Stringer. - UFC 179 só no Canal Combate -on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014
José Aldo e Chad Mendes começam a escrever a história do UFC179. Em clima de provocações, o americano promete 'dar uma surra no brasileiro em seu quintal e levar o cinturão para Sacramento'. - UFC 179 só no Canal Combate - on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014