Barão é campeão peso galo interino com vitória por decisão sobre Faber

Leia sobre o que aconteceu no UFC 149
Renan Barão bateu Urijah Faber e trouxe para o Brasil o quarto cinturão do Ultimate Fighting Championship, neste sábado, em Calgary, Canadá. No UFC 149, Barão garantiu a decisão unânime dos jurados laterais após dominar a luta por cinco rounds. Agora detentor do cinturão interino do peso galo, aguarda a recuperação de Dominick Cruz, o atual campeão, que estava contundido.

Enquanto isso, Barão também poderá desfrutar do título, se juntando aos brasileiros Junior Cigano (pesado), Anderson Silva (médio) e José Aldo (pena), também campeões da maior organização de MMA do planeta.   Nos dois primeiros rounds, o brasileiro teve ampla vantagem. Faber parecia não se encontrar dentro do Octógano, encurralado e surpreendido nos contragolpes, enquanto Barão dominava o centro do cercado. No terceiro assalto, Urijah melhorou e tentou igualar as ações, mas Renan controlava bem a distância e respondia com perigosos chutes. A vantagem seguiu na quarta etapa e, no round derradeiro, bastou a Barão controlar a luta, manter a distância, e aguardar a decisão dos jurados, sem grandes riscos. Apesar das vaias do público local, não foi uma luta morna, teve ação em todas as parciais. A decisão veio por decisão unânime para o brasileiro, que passa a ser o segundo representante da equipe Nova União com o título do UFC, embora interino. 

“Graças a Deus estava preparado para tudo. Sabia que ele era duro, mas não fui surpreendido, pois estava muito treinado”, comentou Barão, que chegou à 31ª vitória seguida, com apenas uma derrota na carreira, além de um no contest. “Pensava que ele estava sentido os chutes na perna. Meus treinadores estavam mandando eu chutar”, disse.”Fiz o meu máximo e espero voltar ainda melhor da próxima vez”, encerrou Barão, festejando ao lado dos treinadores André Pederneiras e Jair Lourenço.

“Ele manteve bem a distância e não consegui entrar para derrubar. Logo no início, creio que no segundo round, ele me acertou uma joelhada. Acho que ali já quebrei a costela”, explicou Urijah Faber, que tentou pela segunda vez o título do UFC.  

 Na segunda luta principal, o cubano Hector Lombard, apontado como futuro adversário de Anderson Silva, decepcionou. Em um confronto burocrático, acabou batido por Tim Boetsch por decisão dividida.

Cheick Kongo e Shawn Jordan também não empolgaram muito a torcida. Kongo foi melhor na trocação e abafou bem o oponente no corpo a corpo, o que valeu a decisão unânime a seu favor. Ainda no card principal, James Head derrotou Brian Ebersole na decisão dividida dos juízes e Matt Riddle conseguiu um belo katagatame contra Chris Clements. No terceiro round, encaixou o golpe em pé, aplicou a queda, e continuou apertando ao chão até o oponente dar os três tapinhas.

Fez bem quem assistiu ao card preliminar, com lutas movimentadas, três nocautes e uma finalização.   Confira os resultados completos:

UFC 149 Calgary, Alberta, Canadá Sábado, 21 de julho de 2012  

Card principal:
Renan Barão venceu Urijah Faber na decisão unânime
Tim Boetsch venceu Hector Lombard na decisão dividida
Cheick Kongo venceu Shawn Jordan na decisão unânime
James Head venceu Brian Ebersole na decisão dividida
Matt Riddle finalizou Chris Clements com um katagatame aos 2min2s do R3  

Card preliminar:
Nick Ring venceu Court McGee na decisão unânime
Francisco Rivera venceu Roland Delorme por KO aos 4min19s do R1
Ryan Jimmo venceu Anthony Perosh por KO a 7s do R1
Bryan Caraway finalizou Mitch Gagnon com um mata-leão a 1min36s do R3
Antonio Carvalho venceu Daniel Pineda por KO a 1min11s do R1
Anton Kuivanen venceu Mitch Clarke na decisão dividida dos juízes

Midia

Recente
UFC Fight Night event at The Frank Erwin Center on November 22, 2014 in Austin, Texas.
20/11/2014
Mostrando enorme respeito por Cub Swanson, seu adversário no UFC Austin deste sábado (22/11), Frankie Edgar comenta que ama seu trabalho, e o que seria se não fosse um lutador, fala de sua luta favorita e muito mais.
21/11/2014
Protagonista do UFC Austin deste sábado (20/11), Cub Swanson fala de seu oponente, Frank Edgar, analisa a categoria peso pena e deixa claro o que acha do irlandês Conor McGregor. Assine o canal Combate: http://on.ufc.com/assinecombate
21/11/2014