UFC 159: Jones iguala recorde com um TKO sobre Sonnen

Leia sobre o resultado da luta principal.
NEWARK, 27 de abril - Chael Sonnen falou bastante antes da luta principal do UFC 159 contra Jon Jones no Prudential Center na noite de sábado, mas foi Jones que deu as cartas quando a campainha tocou, defendendo seu título dos meio-pesados do UFC pela quinta vez com um TKO no primeiro round.

"Passamos por muito drama e isso me motivou muito", disse Jones, que empatou o recorde de Tito Ortiz no UFC para defesas de título até 93 quilos.

Ele conseguiu tudo isso com o dedão do pé esquerdo quebrado. E Sonnen reconheceu a superioridade do campeão de 25 anos de idade.

"Ele é um excelente lutador", disse Sonnen. "Quando ele foi para acabar com tudo, ele não parou mais. Acho que ele foi o melhor lutador. Estou desapontado. Achei que tivesse mais [para apresentar]."

O ex-duas vezes desafiante ao título dos médios também disse que ele provavelmente tenha atuado na sua luta final.

"Eu acredito que foi, provavelmente, a minha última oportunidade", disse Sonnen, 26 anos.

No entanto, apesar desse anúncio, a noite foi do nativo de Endicott, Nova York, Jones, que esteve no controle do início ao fim.

Jones começou provando que Sonnen não era o melhor wrestler ali, derrubando o desafiante. Sonnen levantou e os dois trocaram socos no interior antes de Jones pressionar contra as grades e conseguir uma segunda queda. Sonnen levou alguns golpes antes de se levantar novamente, mas Jones mantinha a pressão. A batalha foi aquecendo enquanto os dois permaneciam clinchados, Sonnen tentou desferir seus socos, mas Jones não permitia as coisas passarem disso, lançando mais golpes e derrubando pela terceira vez. Daí em diante Sonnen não iria voltar em pé, o campeão desencadeou uma enxurrada de socos e cotoveladas no rosto e levou árbitro Keith Peterson foi forçado a parar a luta em 4:33 do primeiro round.  Com a vitória, Jones alcançou 18-1; Sonnen caiu para 28-13-1.
Sábado, Janeiro 3
23h
BRST
Las Vegas, Nevada

Midia

Recente
Brasileiro nocauteou o norte-americano CB Dollaway no UFC Barueri. Um chute na costela abriu caminho para uma sequência de socos e a interrupção do árbitro.
21/12/2014
Ex-campeão dos meio-pesados nocauteou CB Dollaway e deixou claro que esperava uma nova chance de lutar pelo título dos médios.
21/12/2014
Renan Barão conversou com a equipe do UFC minutos após vencer Mitch Gagnon, no #UFCBarueri. Ainda em estado de euforia pela vitória, o brasileiro garantiu que seu objetivo é recuperar o cinturão dos galos.
21/12/2014
Após finalizar Mitch Gagnon, o brasileiro disse que está focado em recuperar o cinturão dos galos. Assine o Canal Combate - http://bit.ly/1fORFti
21/12/2014