UFC Figh Night: Sonnen domina Shogun e finaliza

Browne atropela Overeem e Faber passa por Yuri Marajó. Diego Brandão é o único brasileiro vencedor em Boston
BOSTON, August 17 -  O UFC Fight Night Combate: Shogun x Sonnen, neste sábado, colocou ação no Octógono desde o primeiro instante. Mais da metade dos 13 combates foram definidos antes do tempo regulamentar, num total de quatro nocautes e três finalizações. Um dos nocautes foi o responsável pela surpreendente definição do co-evento da noite, em que Travis Browne detonou Alistair Overeem. Já a finalização foi a técnica usada para Chael Sonnen mostrar que ainda tem muito a dar pelo UFC. O “Gangster de Western Lynn” fez valer tudo o que disse antes da luta e deixou Maurício Shogun ajoelhado, se lamentando no centro da arena. Dos três brasileiros em ação, vitória apenas de Diego Brandão. Yuri Marajó não resistiu à pressão do “California Kid” Urijah Faber em também foi derrotado.

Num início eletrizante, Maurício Shogun e Chael Sonnen trocaram quedas, uma para cada lado, até Sonnen se manter por cima, de onde trabalhou o ground and pound. Nos últimos segundos, Shogun tentou reverter a posição. Saiu de baixo, mas caiu na armadilha do americano, que se aproveitou para ajustar a guilhotina e estrangular. O brasileiro ainda tentou arrancar a cabeça, mas não resistiu quando faltavam 13 segundos para o final do round.

“Dedico esta luta à minha avó, prometi a ela que bateria o Shogun. Eu sou o cara do momento, para me vencer tem que ser mau”, comentou Sonnen, que aproveitou ainda para provocar o desafeto Wanderlei Silva.

Shogun segue em fase ruim, com seis derrotas em 11 apresentações pelo UFC, quatro delas nas últimas seis lutas. Já Sonnen fica com bastante moral. Se recuperou de resultados negativos para pedreiras como Anderson Silva e Jon Jones diante de uma lenda do MMA, de forma contundente. A guilhotina valeu o bônus de finalização da noite, US$50 mil.

No co-evento, Travis Browne primeiro levou atraso de Alistair Overeem. Na tentativa de se recuperar do nocaute para Antonio Pezão, Overeem partiu com tudo, com socos e joelhadas sempre perigosas. Chegou perto de definir, quando encurralou Browne e despejou uma série de socos. O havaiano sobreviveu ao castigo, enquanto Alistair aparentemente se cansou de bater. Neste momento, Browne disparou um chute frontal certeiro, que desabou o holandês. Só restou ao árbitro Mario Yamasaki intervir, aos 4min8s do primeiro assalto. Cotado para o cinturão de pesados, Overeem ainda não mostrou a que veio, nocauteado pela segunda vez em três apresentações pelo UFC. Já Travis, que só perdeu uma em oito pela organização, recebeu o prêmio de nocaute da noite e pede por Cain Velasquez, o atual campeão.

Em outro desafio aguardado, Urijah Faber também sofreu perigo, mas se recuperou depois de tomar um amasso de Yuri “Marajó” Alcântara. O brasileiro conseguiu quedar e deu uma blitz nas costas e montada, mas Faber se desvencilhou e colocou em prática o seu forte ground and pound. No restante da luta, seguiu com a estratégia: derrubou, sufocou por cima e soltou muitas cotoveladas. Apesar de alguns ataques de Yuri no final, a decisão foi unânime a favor do California Kid.

Nas outras lutas do card principal, Matt Brown também levou o prêmio de nocaute da noite após derrubar Mike Pyle em apenas 29s e chegar à sexta vitória seguida no UFC. Já Uriah Hall novamente não fez jus à fama criada na participação do programa TUF 17, freado pela segunda vez, agora diante de John Howard, em decisão dividida.

Nas preliminares houve a única alegria da noite em Boston para a maioria da torcida brasileira. O campeão do TUF 14 Diego Brandão suou, mas bateu Daniel Pineda por decisão unânime. Diego castigou na trocação, no primeiro round, tendo chegado perto de definir. Mas Pineda surpreendeu na etapa seguinte, quando chegou à montada e soltou muitos socos. No assalto final, Diego aplicou boas quedas e garantiu a sua quarta vitória em cinco lutas pela organização.

Em outra preliminar que levantou a torcida, Michael McDonald finalizou Brad Pickett com um triângulo, o que também valeu para ele o prêmio de melhor finalização, além do de melhor luta da noite, totalizando US$100 mil em bônus.

 

Confira todos os resultados:

CARD PRINCIPAL
Chael Sonnen finalizou Maurício Shogun com uma guilhotina aos 4min47s do R1
Travis Browne venceu Alistair Overeem por KO aos 4min8s do R1
Urijah Faber venceu Yuri Alcantara por decisão unânime
Matt Brown venceu Mike Pyle por KO aos 29s do R1
John Howard venceu Uriah Hall por decisão dividida

CARD PRELIMINAR
Michael Johnson venceu Joe Lauzon por decisão unânime
Michael McDonald finalizou Brad Pickett com um triângulo aos 3min43s do R3
Conor McGregor venceu Max Holloway por decisão unânime 
Steven Siler venceu Mike Brownpor KO aos 50s do R1
Diego Brandão venceu Daniel Pineda por decisão unânime
Manny Gamburyan venceu Cole Miller por decisão unânime
Ovince St. Preux venceu Cody Donovan por KO aos 2min7s do R1
James Vick  finalizou Ramsey Nijem com uma guilhotina aos 58s do R1

Midia

Recente
O presidente do Dana White ae a campeã peso galo Ronda Rousey respondem perguntas dos fãs em Macau.
20/08/2014
O astros do Fight Night Macau falam com a imprensa antes do grande evento da manhã de sábado (no Brasil). Ouça os protagonistas Michael Bisping e Cung Le, e mais Tyron Woodley e Dong 'The Stun Gun' Hyun Kim.
20/08/2014
Neste episódio do UFC ON THE FLY, o competidor peso médio Michael Bisping mostra sua humildade, e seu lado sério enquanto treina para uma luta principal. UFC Fight Night em Macau AO VIVO no s;abado, 23 de agosto, no canal Combate.
19/08/2014
Veja este vídeo promocional da Contagem Regressia para o UFC 177. T.J. Dillashaw fala da revanche pelo cinturão contra Renan Barão e Danny Castillo se apronta para a batalha contra Tony Ferguson.
19/05/2014