Lutas surpreendentes no UFC on Versus 4

Com nocaute histórico Kongo derruba Barry, Brenneman é o azarão da noite contra o favoritíssimo Story e brasileiro Charlie do Bronx's vence em luta polêmica     



Com muitas reviravoltas e lutas surpreendentes o Ultimate Fighting Championship® realizou neste domingo, dia 26, o UFC® on Versus 4. A aguardada disputa entre Cheick Kongo e Pat Barry tornou-se a luta principal da noite depois que Nate Marquardt foi afastado do evento após os resultados dos exames médicos, na noite deste sábado. E eles fizeram valer o título de 'main event'.    
     
Numa luta sensacional para entrar na história dos pesos pesados do UFC, o temido striker Cheick Kongo teve que mostrar toda a sua superação contra Pat Barry. Após um primeiro minuto morno, com os lutadores estudando o jogo com cautela, Kongo começou a desferir golpes timidamente, com o oponente apenas absorvendo o impacto. Inesperadamente Barry iniciou uma série de golpes potentes que levaram o gigante Kongo à lona duas vezes, em impressionantes knockdowns. Quando a luta se encaminhava para um rápido nocaute de Barry, o francês Kongo conseguiu se erguer e acertou um upper fulminante no queixo do americano, que o fez apagar instantaneamente, decretando assim a vitória por nocaute no primeiro round e levando a torcida de Pittsburgh, nos Estados Unidos, ao delírio.    
     
Convocado as pressas para substituir Nate Marquardt, Charlie Brenneman mostrou que está preparado para qualquer combate. Com uma estratégia de jogo perfeita, foi ativo durante toda a luta e mostrou que também tem potencial para buscar um cinturão nos meio-médios.    
    
Com muita disposição para a luta, o azarão convocado de última hora, soube trabalhar o ponto fraco do adversário colocando Rick Story em sua posição mais desfavorável, com as costas no chão. Uma vez por cima, Brenneman soube como poucos administrar a vantagem e conseguiu vencer com facilidade os dois primeiros rounds. Usando a seu wrestling com eficiência para manter a luta no chão e um tanto amarrada no último assalto, Brenneman sabia que o trabalho nos rounds anteriores bastariapara a vitória. Sem técnica para obter uma finalização, Story tentava em vão encaixar uma guilhotina e viu se distanciar a chance de uma disputa com o campeão George Saint Pierre. Já Brenneman, mostrou que sabe dar boas quedas e que tem um jiu jitsu suficiente para neutralizar atletas de mãos  pesadas como Rick Story.    
    
Outra grande luta colocou o veterano do The Ultimate Fighter® Matt Mitrione contra o jovem Christian Morecraft. Luta foi mantida em pé com vantagem de Mitrione que derrubou duas vezes o adversário, quando a duelo se encaminhava para uma finalização no ground and Pound, Morecraft conseguiu segurar o combate e aguardar o fim do 1º round. No assalto seguinte, Morecraft demorou a seguir as instruções de seu corner, que sugeriu levar a luta para o chão, o que só aconteceu por volta dos dois minutos. Mas sem muita ação lá, a luta voltou em pé e Mitrione usou bem seu direto de esquerda, castigando Morecraft que sucumbiu aos 4:48 com uma sequência de direita-e-esquerda letal.    
     
Numa luta bastante equilibrada Matt Brown venceu John Howard por decisão unânime dos juízes. No inicio do confronto, os dois alternaram bons momentos no chão e no solo. O segundo round contou com grande movimentação de jiu jitsu e um alto nível técnico, a ligeira vantagem ficou para Matt Brown. O terceiro round continuo bastante morno com pouca movimentação. A luta que prometia muito no primeiro round acabou sendo finalizada sem grandes emoções e com vaias do público.    
    
Nas preliminares - brasileiro vence, mas combate virar 'No Contest'    
Em luta no card preliminar, o brasileiro Charles "do Bronx's" Oliveira venceu Nik Lentz em uma luta que gerou controvérsia. Charles conquistou uma finalização em seu adversário com uma mata-leão na metade do segundo assalto, mas, antes disso, conectou uma joelhada ilegal (Lentz estava ajoelhado), que deve ser analisada pela comissão de lutas. Apesar da polêmica, Oliveira foi claramente superior durante toda a luta, desferindo bons goles no octógono, tanto que valeram o prêmio de luta da noite de $100 mil que será dividido entre os lutadores.    
    
Card Principal    
- Cheick Kongo venceu Pat Barry por KO, 2:39 - R1    
- Charlie Brenneman venceu Rick Story por decisão unânime    
- Matt Brown venceu John Howard por decisão unânime    
- Matt Mitrione venceu Christian Morecraft por KO< 4:48 - R2    
    
Card Preliminar    
- Tyson Griffin venceu Manny Gamburyan por decisão majoritária    
- Javier Vazquez venceu Joe Stevenson por decisão unânime     
- Joe Lauzon venceu Curt Warburton por finalização (kimura) - 1:58 - R18      
- Rich Attonito venceu Daniel Roberts por decisão unânime     
- Charles "Do Bronx's" Oliveira venceu Nik Lentz por finalização (mata-leão), 1:28 - R2   
- Ricardo Lamas venceu Matt Grice por TKO, 4:41 - R1    
- Michael Johnson venceu Edward Faaloloto via TKO (strikes) - Round 1, 4:42     


Sábado, Outubro 25
23h
BRT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
Os jornalistas Davi Correia (UFC.com.br), Guilherme Cruz (MMAFighting) , e Ivan Raupp (Combate.com), conversam sobre o card principal do UFC 179, no Rio de Janeiro. O brasileiro é favorito, mas precisa tomar cuidado com o jogo de wrestling de Chad Mendes.
23/10/2014
Fotos da pesagem do UFC 179 no Ginásio do Maracanãzinho em 24 de outubro, 2014 no Rio de Janeiro (Fotos de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
24/10/2014
Confira os melhores momentos dos lutadores na balança. O campeão José Aldo garantiu que vencerá Chad Mendes, nos penas. "Esse cinturão vai continuar no Brasil.
24/10/2014
Enquanto Aldo e Chad treinavam no Rio para o UFC 179, Conor McGregor desembarcava na cidade com a língua afiada. Na saída do aeroporto, pediu se o motorista não o levaria até a favela do José e mandou dizer que irá tomar o cinturão do brasileiro.
24/10/2014