Gustafsson bate Thiago Silva no UFC Suécia

Gustafsson confirma boa fase e despacha brasileiro

Paulo Thiago e Diego Nunes caem na Suécia

12 lutas e apenas quatro delas foram para a decisão dos jurados.
Estocolmo, SUÉCIA - Os efeitos da sexta-feira 13 no país Escandinavo parecem ter sido retardados até sábado, no Ericsson Globe Arena, quando três brasileiros do card principal saíram derrotados no UFC Suécia: Gustafsson vs. Silva. Esse foi o primeiro evento no país europeu, que contou com 12 lutas e apenas quatro foram para a decisão dos jurados. 

Na atração principal da noite, o ídolo Alexander Gustafsson bateu Thiago Silva, que voltava após mais de um ano afastado a uma suspensão, por decisão unânime. O sueco fez valer sua maior envergadura aliada um boxe afiado para manter Thiago sob controle na maior parte dos 15 minutos de luta. Um uppercut de direita mandou o brasileiro para lona em knockdown, Gustafsson tentou um ground and pound, mas Thiago conseguiu voltar em pé para correr atrás do prejuízo. O paulista radicado na Flórida tentava revidar, e em uma delas chegou a balançar Gustafsson, mas a melhor movimentação e precisão do lutador local não deixaram dúvidas para os jurados que deram a vitória para Gustfasson por unanimidade em parciais de um duplo 30-27 e um 29-28. 
 
Paulo Thiago é nocauteado, "The Gun" Nunes sucumbe contra Siver  
Antes do nocaute de Brian Stann sobre Alessio Sakara no primeiro assalto, representante do BOPE de Brasília, Paulo Thiago, entrou no Octógono para ser o teste inicial de Siyar Bahadurzada no UFC. A luta teve pouco tempo de ação, 42 segundos exatamente, quando Bahadurzada lançou uma forte direita enquanto Paulo Thiago se movia sem sua direção, "bang!" O golpe foi fatal, deixando o brasiliense desacordado no chão.  

Em um duelo de atletas que utilizam o chute rodado, Diego Nunes e Dennis Siver demonstraram muito kickboxing no UFC Suécia. Siver encontrava distância para conectar melhores socos e alguns chutes, Diego retribuía, alguns no vazio, entretanto defendia bem tentativas de quedas e rechaçava as aproximações do mais curto Siver. Os rounds seguintes se mantiveram no mesmo ritmo, tornando a tarefa dos jurados bastante complicada. No final, vitória do russo radicado na Alemanha com um triplo 28-29.  

Resultados completos: 
Alexander Gustafsson derrotou Thiago Silva por decisão unânime
Brian Stann derrotou Alessio Sakara por KO, 2:26 - R1
Siyar Bahadurzada derrotou Paulo Thiago por KO, 0:42 - R1
Dennis Siver derrotou Diego Nunes por decisão unânime  
John Maguire derrotou DaMarques Johnson com um armlock, 4:40 - R2
Brad Pickett derrotou Damacio Page com um mata-leão, 4:05 - R2
James Head derrotou Papy Abedi com um estrangulamento, 4:33 - R1
Cyrille Diabate derrotou Tom DeBlass por decisão majoritária (29-28, 29-28, 28-28)
Francis Carmont derrotou Magnus Cedenblad com um mata-leão, 1:42 - R2
Reza Madadi derrotou Yoislandy Izquierdo com uma guilhotina,1:28 - R2
Simeon Thoresen derrotou Besam Ypusef com uma mata-leão, 2:36 - R2
Jason Young derrotou Eric Wisely por decisão unânime (30-28, 29-28, 29-28 )  

Confira as entrevistas com todos os vencedores do UFC Suécia: Gustfasson vs. Silva Clicando Aqui 
Sábado, Outubro 1
20H20
BRST
Portland, Oregon

Midia

Recente
Alex "Cowboy" Oliveira emplacou o seu primeiro nocaute no UFC ao derrotar Piotr Hallman em novembro de 2015, no UFC São Paulo. O brasileiro volta ao octógono no próximo sábado (1) para enfrentar Will Brooks na 2ª luta mais importante do UFC Portland.
27/09/2016
Brasileira deu mais um show no octógono ao nocautear a sueca Lina Lansberg no segundo round da luta principal do UFC Brasília, no último sábado (24). Relembre os melhores momentos do duelo.
Relembre vitória por finalização no primeiro round de John Lineker sobre Francisco Rivera no UFC 191, em 2015. O brasileiro encara John Dodson na luta principal do UFC Portland, no próximo sábado (1).
23/09/2016
Brasileira teve uma performance avassaladora e nocauteou a sueca Lina Lansberg na luta principal do UFC Brasília
25/09/2016