Henderson vence Thomson e vai ter chance pelo cinturão peso leve

Luta principal teve decisão contestada pelo público; Hugo Wolverine consegue a única vitória brasileira na noite
O frio inverno em Chicago, EUA, esquentou durante a passagem do UFC Fight Night no Combate – Henderson x Thomson, neste sábado, na mística United Center, casa do time de basquete Chicago Bulls. Na principal luta da noite, Benson Henderson, contra Josh Thomson, se recuperou da derrota na última apresentação, quando perdeu o cinturão peso leve. Com três brasileiros em ação no Octógono, apenas Hugo “Wolverine” Viana saiu vitorioso. Gabriel Napão e Adriano Martins não foram bem sucedidos.

Um encontro entre dois ex-campeões era a tônica da principal luta da noite. De um lado Benson “Smooth” Henderson, ex-campeão peso leve do UFC, e do outro Josh Thomson, ex-detentor do cinturão do Strikeforce. Em jogo, a chance pelo título da categoria, hoje sob poder do lesionado Anthony Pettis. Foram cinco rounds muito parelhos e uma decisão polêmica dos jurados laterais.

Thomson logo surpreendeu com uma queda que arremessou Henderson, pegou as costas e tentou estrangular. No segundo assalto, Henderson foi novamente quedado e sofreu com o adversário nas suas costas. Na terceira parcial, Benson foi melhor, tendo dominado o centro do cage e sempre perigoso com investidas na trocação, seguidas do clinch nas grades. Henderson ainda conseguiu derrubar Thomson. Os dois rounds seguintes foram equilibrados. No quarto, Thomson derrubou, mas depois foi revertido. Na última parcial, Benson seguiu na busca da trocação e prensou o oponente nas grades, mas Josh conseguiu novamente grampear as costas, de onde ainda fez graça e pediu aplausos da torcida, confiante. Entretanto, em decisão dividida dos jurados laterais, melhor para o ex-campeão do UFC Ben Henderson, que agora terá direito a nova revanche contra o carrasco Anthony Pettis, que também havia tomado do Smooth o título do extinto WEC. Josh Thomson não concordou com a decisão, mesma impressão que teve o público em Chicago, que vaiou bastante o resultado final.  

Na luta co-principal da noite trouxe os pesos pesados Gabriel “Napão” Gonzaga, do Brasil, e Stipe Miocic. Napão tentava a terceira vitória seguida, mas encontrou dificuldades contra um oponente especialista em boxe e com boas defesas de queda. Apesar de ter sido melhor no primeiro assalto, o brasileiro se cansou a partir da segunda etapa, e, além de levar a pior na trocação, viu frustrada todas as tentativas de derrubar. Miocic passou a dominar o centro do Octógono e conectou bons socos. No round derradeiro, derrubou o exausto Napão e castigou no ground and pound. O desempenho valeu a decisão unânime a seu favor. O americano conseguiu a quinta vitória em seis apresentações pelo UFC e ganha moral entre os pesos pesados, além de seguir com apenas um revés em 11 lutas profissionais.

Em sua segunda apresentação pelo Ultimate, o brasileiro Adriano Martins encarou um dos principais representantes da categoria leve, o “Cowboy” Donald Cerrone. A luta transcorria em pé e Cerrone levava pequena vantagem, com chutes nas pernas de Adriano. E foi justamente com um chute que o americano deu fim a peleja, aos 4min40s do round inicial. Uma canelada de direita no rosto derrubou imediatamente Martins. Atento, o árbitro central John McCarthy separou rapidamente. Foi a segunda vitória seguida do Cowboy, que freou uma sequência de seis resultados positivos do brasileiro e mais uma vez conseguiu vencer de forma impressionante.

Numa das lutas mais aguardadas do card preliminar, entre os pesos galos, o veterano Alex Caceres surpreendeu o favorito Sergio Pettis, irmão do atual campeão peso leve do UFC, Anthony Pettis, e chegou ao quinto combate sem derrotas. Depois de levar a pior na primeira parcial, o “Bruce Leeroy” conseguiu reagir no segundo assalto, quando conectou um duro soco e levou Pettis a knockdown. No round final, a luta seguia dura, mas Carceres aproveitou o momento no solo, quando o oponente ficou de quatro apoios. Grampeou o pescoço de Pettis e conseguiu finalizar nos últimos segundos, com um mata-leão. O triunfo deu fim a uma série de dez vitórias de Sergio Pettis, que estava invicto no MMA. Em outra das preliminares, também pelos pesos galos, Eddie Wineland conectou uma bomba de direita em Yves Jabouin e alguns golpes depois sacramentou o nocaute, no segundo assalto.

Vindo da primeira derrota no UFC, o peso galo Hugo Viana “Wolverine” foi estratégico no Octógono e não deu muitas chances a Junior Hernandez. Nos primeiros instantes, o brasileiro já surpreendeu com um forte soco de direita, que derrubou o oponente. Mais baixo que Hernandez, Hugo controlou a distância, escapou dos ataques e conectou os melhores golpes. Nos minutos finais, Hernandez partiu para o tudo ou nada e Wolverine passou a recuar, o que gerou algumas vaias do público. Mas o brasileiro dominou a maior parte do tempo e teve a decisão unânime dos jurados a seu favor.

Também vale destacar o nocaute de Nikita Krylov sobre Walt Harris, com um chute na cabeça certeiro, em apenas 25s, que valeu a primeira vitória do ucraniano na organização.
 

Confira todos os resultados:
Ben Henderson venceu Josh Thomson por decisão dividida
Stipe Miocic venceu Gabriel Napão por decisão unânime 
Donald Cerrone venceu Adriano Martins por KO aos 4min40s do R1
Jeremy Stephens venceu Darren Elkins por decisão unânime 
Alex Caceres finalizou Sergio Pettis com um mata-leão aos 4min39s do R3
Eddie Wineland venceu Yves Jabouin por TKO aos 4min16s do R2
Chico Camus venceu Yaotzin Meza por decisão unânime
Hugo Wolverine (brasileiro) venceu Junior Hernandez por decisão unânime
Daron Cruickshank venceu Mike Rio por TKO aos 4min56s do R2
George Sullivan venceu Mike Rhodes por decisão unânime
Nikita Krylov venceu Walt Harris por TKO aos 25s do R1

Midia

Recente
Luta entre Maurício Shogun e Ovince St. Preux será a principal do evento que acontece em 8 de novembro. *Compre seu ingresso - on.ufc.com/ingressouberlandia *Card - http://on.ufc.com/ufcuberlandia
31/10/2014
Lutador mineiro estará na arena para assistir a lutaça entre Maurício Shogun e Ovince St. Preux, em 8 de novembro. *Compre seu ingresso - on.ufc.com/ingressouberlandia *Card - http://on.ufc.com/ufcuberlandia
31/10/2014
Brasileiro enfrenta Ovince St. Preux no UFC Uberlândia, em 8 de novembro, e quer voltar ao caminho das vitórias. *Compre seu ingresso - on.ufc.com/ingressouberlandia *Card - http://on.ufc.com/ufcuberlandia
31/10/2014
Brasileiro promete outro show dentro do octógono no UFC Uberlândia, em 8 de novembro, quando enfrenta Ovince St. Preux. *Compre seu ingresso - on.ufc.com/ingressouberlandia *Card - http://on.ufc.com/ufcuberlandia
31/10/2014