Zombie finaliza Poirier em luta fantástica, Johnny e Rafael triunfam no UFC em Fairfax

Reportagem do UFC: Korean Zombie vs. Poirier
Fairfax, VA, dia 15 de maio - Em uma batalha épica na atração principal do UFC: Korean Zombie vs. Poirier, o sul coreano Chan Sung Jung finalizou Dustin Poirier com uma triângulo de mão no quarto round para fechar com chave de ouro essa edição do UFC.        
        
A luta teve um ritmo excelente do começo ao fim, com Jung indo para cima nos dois primeiros assaltos, conseguindo uma queda e trabalhando dentro da guarda de Poirier com cotoveladas. Antes do sul-coreano apresentar sua ótima movimentação no chão, ele trouxe uma joelhada voadora, para então, no solo, alternar armlocks e triângulos encaixados que Poirier partiu um dobrado para se desvencilhar. O lutador de Lousiana cresceu no terceiro round e acertou socos no rosto de Jung que parecia estar com o tanque de gás vazio. Porém no quarto round The Korean Zombie balançou Poirier com mais alguns socos, que tentou ir nas pernas, mas foi impedido por Jung que assegurou a vitória ao encaixar uma triângulo de mão aos 1:07 do quarto round, colocando Porier para dormir.  

No fim da luta o Zumbi sul-coreano, teve um último pedido, quer enfrentar José Aldo.
       
Co-luta principal morna e passeio de Cowboy sobre Stephens    
A luta entre Amir Sadollah (campeão do TUF 7) e Jorge Lopez, pupilo de Wanderlei Silva, ficou aquém do esperado. Lopez, mais forte fisicamente, impôs seu golpes duros no primeiro round, mas sucumbiu por decisão dividida diante da maior experiência do adversário.  
      
Vindo de derrota para Nate Diaz, Donald Cowboy Cerrone deixou claro que o revés na última luta não afetou seu dinamismo no Octógono. Enfrentando o trocador de mãos pesadíssimas em Jeremy Stephens, Cowboy utilizou sua maior envergadura e fez o que quis com o oponente. Abusando de combinações de uma série de chutes na perna esquerda de Stephens, Cerrone castigou o Stephens por três longos rounds, fazendo com que o adversário ficasse com um olho e esquerdo "magoado" e a perna esquerda muito dolorida tão logo o sangue esfrie.
         
Fábio Maldonado acumula segunda derrota seguida, Rafael e Johnny vencem nas preliminares      
O boxer brasileiro Fábio Maldonado amargou sua segunda derrota seguida no UFC, desta vez o resultado negativo veio pelas mãos, joelhadas, quedas e ground and Pound do croata Igor "The Duke" Pokrajac. A pontuação da vitória de Igor foi 29-28, 29-28 e 30-27, entretanto a luta foi muito mais equilibrada do que os números apontam.  
   
Pokrajac começou levando para baixo e trabalhando no gnp durante quase todo o round numero #1, o brasileiro voltou para correr atrás do prejuízo e, utilizando suas mãos nocautedoras,  ele trabalho na linha de cintura e alguns ganchos e cruzados no queixo de Igor na curta distância. Quem esperava que o croata não fosse arriscar uma trocação em pé acabou se surpreendendo com os golpes desferidos por ele. Alguns desses entraram em cheio, mas o Maldonado tem a fama de queixo de aço e mesmo andando para trás para evitar se atingindo, ele mostrou que estava pronto para dar o troco. Fim da luta, e sem conseguir nocautear, o brasileiro acumulou a segunda derrota seguida no Octógono.        

Nas preliminares - Johnny Eduardo colocou seu muay thai de primeira linha e espantou a urucubaca que afetava os brasileiros no UFC sem vitórias a pouco mais de três meses. Jeff Curran, adversário do brasileiro, até que encontrou a distância no último assalto, mas a punição que sofreu através dos low kicks e socos do carioca da equipe Nova União deixou claro quem sairia vencedor na segunda luta da noite, e esse foi Johnny Eduardo (29-28 nas papeletas). Veja a entrevista de Johnny 
  
Um chute de esquerda na cabeça foi o começo da vitória de Rafael dos Anjos sobre Kamal Shalorus. Rafael partiu para cima do caído iraniano naturalizado inglês e acertou mais uns socos até pegar as costas e encaixar o mata-leão que deu números finais a 1m:40s.  
    
Terceiro brasileiro a atuar na noite, Carlo "Neo" Prater não conseguiu evitar o maior volume no jogo em pé e no solo do canadense TJ Grant. Carlo ficou perto de ser finalizado no último assalto quando TJ aplicou um quedão, pegou as costas em busca de um estrangulamento e fez a transição para um armlock, o brasileiro defendeu, porém sucumbiu por decisão unânime com um triplo 30-27.       
    
Outros resultados:    
Yves Jabouin venceu Jeff Hougland por decisão unânime    
"Filthy" Tom Lawlor nocauteou Jason MacDonald aos 50s - R1    
Cody McKenzie finalizou Marcus LaVesseur com uma guilhotina aos 3:05 - R1    
Brad Travares venceu Dongi "The Ox" Yang por decisão unânime
Francisco "Cisco" Rivera venceu Alex Soto por decisão unânime    

Midia

Recente
Estrelas do UFC receberam os fãs nesta quarta-feira (17), no Shopping Iguatemi Alphaville, em Barueri. Confira como foi! O Canal Combate transmite o UFC Barueri, ao vivo, neste sábado (20), à partir das 22 horas.
18/12/2014
Media Day e Treinos Abertos do UFC Fight Night Barueri no Allianz Parque em 18 de dezembro, 2014 em São Paulo, Brasil. (Fotos de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
18/12/2014
Lyoto Machida comenta como foi sua luta contra Chris Weidman e o que poderia ter feito diferente. O Karateka fala também como pretende usar seu 'jogo' contra CB Dollaway e o que espera de Anderson Silva x Nick Diaz e Chris Weidman x Vitor Belfort.
18/12/2014
Atleta brasileiro diz que, dessa vez, espera o apoio da torcida no duelo contra o Jake Collier. 'Na minha primeira luta o pessoal apoiou o Cara de Sapato', lembra. O Canal Combate transmite o evento, ao vivo, à partir das 22 horas.
18/12/2014