Prévia do Fantasy do UFC Silva x Stann

visite o UFC.com/Fantasy para jogar ...
UFC welterweight Dong Hyun Kim
Não há folga no mundo da luta, somente uma semana depois do UFC 157 no último sábado, o UFC retorna a terra do sol nascente com o UFC Silva x Stann no Japão.   

Há mais de uma luta casada acirrada neste card então escolher o round exato ou método de vitória será ultra importante para este evento, sem mencionar quatro novos atletas que fazem suas estreias no UFC.  
Vamos dar uma olhada em algumas das lutas chave que podem fazer a diferença entre vitória e derrota no último jogo do UFC Pick Em' UFC Silva x Stann:  

1) Se você adora nocautes, a luta principal foi feita sobre medida para isto. Ambos Wanderlei Silva e Brian Stann são nocauteadores, com Wand tendo a maior combinação de nocautes e nocautes técnicos na história do UFC / PRIDE (18), enquanto Stann acabou com 10 de seus oponentes, com dessas vitórias por nocaute ou nocaute técnico no primeiro round. Os dois são exterminadores, então não é provável que este tenha os próximos rounds, mas Wand foi para a decisão com competidores como Rick Franklin nos últimos dois anos, então qualquer coisa é possível. Quase cinco anos se passaram desde que Stann perdeu por nocaute, mas Wand sofreu quatro nocautes ou nocautes técnicos em suas sete últimas derrotas. Quando grandes nocauteadores aparecem para lutar, qualquer coisa pode acontecer, e certamente Wand e Stann se encaixam nestes papéis. Esta luta pode ser decidida entre quem consegue dar o melhor soco da noite, e quem tem o melhor queixo. Os números favorecem levemente Stann julgando por suas recentes lutas, mas nunca descarte o coração e a determinação de Wanderlei Silva.   
  
2) Diego Sanchez retorna a categoria peso leve pela primeira vez desde 2009 quando enfrentar o ex-campeão do PRIDE Takanori Gomi. Sanchez é uma máquina quando se fala de condicionamento físico e sua habilidade de avançar durante uma luta. Sanchez tem o terceiro maior número de tentativas de quedas na história do UFC e os números mostram que quando ele está mais ocupado que seus oponentes ele sempre sai vitorioso.   
Em questão de estilo, Sanchez é o favorito para esta luta porque seu grappling e wrestling podem dar trabalho a Gomi. Adicione a isto o fato de que Sanchez nunca foi finalizado em sua carreira, e isso mostra que ele tem uma grande chance de evitar as mãos pesadas de Gomi e conseguir uma decisão ou potencialmente uma finalização.   
  
3) A luta entre Don Hyun Kim e Siyar Bahadurzada é uma das mais interessantes em questão de estilo no card. Kim, que tradicionalmente é conhecido como um grappler, tem trabalhando incansavelmente para melhorar sua trocação, mostrando isto em suas lutas com Paulo Thiago e Sean Pierson. Seu ponto forte, porém é o jogo no chão, onde impressionou oponentes como Nate Diaz, Amir Sadollah e TJ Grant. Bahadurzada é um striker feroz e poderoso que só tem uma luta no UFC, mas um currículo cheio de finalizações. Quando decidir sobre essa luta, escolha sabiamente porque é provável que ou Kim consiga uma finalização colocando Bahadurzada nas costas, ou o afegão colocará mais um nocaute em seu cartel.  
4) Um azarão para ficar de olho neste card é o peso galo Bryan Caraway. O ex-lutador do WEC e do Ultimate Fighter faz sua segunda jornada pelos 61 kgs, mas tem um teste duro a sua frente contra o ex-candidato ao cinturão do WEC Takeya Mizugaki. Não se engane, Mizugaki já enfrentou o melhor dos melhores neste peso e aguentou firme contra todos eles, porém o wrestling de Caraway e sua tenacidade podem causar problemas à Mizugaki no clinch enquanto fica longe do poder de nocaute do japonês. Para um azarão, Caraway é uma escolha sólida neste card.  
  
5) Alex Caceres é outro lutador interessante de se assistir nas preliminares. Pegando o novato Kyung Ho Kang, Caceres enfrenta um lutador mais experiente em todos os quesitos exceto onde este conta - no UFC. Caceres pareceu sólido nos galos até agora, e ele continua a se desenvolver, ele é um astro em ascensão. Kang não é moleza, mas em sua estreia no UFC ele enfrenta um lutador confiante que venceu três de suas quatro últimas lutas com a derrota vindo de uma controversa decisão dividida.   

Midia

Recente
Campeão dos leves fala da relação que tinha com o seu pai. "Tenho orgulho de manter a memória dele viva". Pettis enfrenta Gilbert Melendez no UFC 181, em 6 de dezembro. **Ative as legendas "CC" Veja o card completo - http://bit.ly/1yY8zv4
27/11/2014
UFC Minute host Lisa Foiles recaps this weekend's action in Austin and looks ahead to the highly-anticipated rematch between Johny Hendricks and Robbie Lawler at UFC 181 on December 6!
24/11/2014
O campeão Johny Hendricks enfrenta Robbie Lawaler, nos meio-médios, e Anthony Pettis coloca seu cinturão dos leves em jogo contra Gilbert Melendez. Confira os confrontos que definiram essas disputas, que acontecem em 6 de dezembro.
26/11/2014
Perdeu a joelhada de Fabrício Werdum em Mark Hunt? Confira alguns dos golpes mais bonitos do evento que deu o cinturão interinos dos pesados ao brasileiro. Assine o canal Combate: http://on.ufc.com/assinecombate
26/11/2014