Lentz não deixa o Brasil completar a festa

Depois dos brasileiros derrotarem geral nas primeiras lutas preliminares do UFC no Combate 2, coube ao americano Nik Lentz tirar a invencibilidade do Brasil na noite. 

Com seu jogo encardido de pressionar contra as grades, somado ao seu wrestling de primeira, Lentz conseguiu dominar as ações de forma um tanto sutil no primeiro e segundo rounds. Uma joelhada bem aplica pelo americano surpreendeu Hacran, que precisou usar toda sua habilidade para não sofrer maior castigo enquanto fechava os espaços para o melhor posicionamento de Lentz. No round 3, Hacran entrou em estado de urgência, e foi para cima de Lentz buscando o nocaute, porém como sabemos – toda vez que você caminha para cima de um wrestler a queda e eminente. E apesar de Lentz não refugar na troca franca, ele sabia que o caminho era aplicar quedas em rota de vencer por decisão unânime após três rounds.

Massaranduba amassa e vence Rio, Tibau também finaliza
Foi uma posição incomum, isso é verdade. Porém não existe esse de nunca aconteceu quando o assunto é Francisco Massaranduba. Usando sua força extrema, ele dominou Mike Rio do começo ao fim para encaixar um incomum katagatame por cima. A luta foi rápida e o público mesmo surpreso vibrou como nunca com a vitória por finalização de Francisco Trinaldo, o popular Massaranduba. 

Já o poderoso Gleison Tibau teve as dificuldades usuais quando se enfrenta um aluno do renomado Renzo Gracie, Josh Cholish. As quedas e o ritmo que Tibau impôs foram demais para o americano, que mesmo defendendo algumas quedas sofreu uma esquerda que o fez voar nas pernas de Tibau buscando a defesa. Nesse momento, Tibau ajustou sua guilhotina e puxou para guarda, forçando Cholish a desistir. 

Paulo Thiago despacha Trator e espanta má fase
As coisas estavam complicadas para o oficial do BOPE, duas derrotas seguidas e aquela pressão de ter que vencer para se manter ativo no ranking dos meio-médios. A batalha foi dura, como Michel Trator usando seu wrestling de força, colocou Paulo Thiago em posições complicadas durante os três rounds de combate.  O round inicial foi complicado e Thiago soube aproveitar um rápido knockdown que aplicou em Trator para levar a luta para o solo. O estreando em UFCs conseguiu voltar em pé e mostrou solidez na defesa de quedas, frustrando as intenções do atleta de Brasília e devolvendo a gentileza levando para baixo. Em pé novamente, Thiago sofreu um gancho de esquerda, absorveu bem – mas foi quedado, correndo atrás do prejuízo no finzinho do round para reverter a posição. O último round foi muito parelho, cada um dos competidores teve seu momento. Paulo Thiago aproveitou os trinta segundos finais para quedas e acertar o rosto de Trator, fechando o assalto e levando a melhor por decisão com um triplo 29-28.

Marajó mostra superioridade do começo até o fim rápido
Yuri "Marajó" Acântara, peso galo do Pará, mostrou sua superioridade sobre o estreante Illiarde Santos. Ditando o ritmo desde o começo, Marajó aproveitou cada abertura dada por Illiarde até culminar com uma esquerda que foi o começo do fim. Illiarde foi para o solo e sofreu uma serie de socos que forçaram o árbitro a interromper o combate aos 2:31 do round inicial.

Lineker, Maldonado, Formiga e Mineiro abrem card preliminar triunfantes
O Brasil começou a noite a todo vapor. Mineiro estava passando por problemas nos dois primeiros rounds, que apesar de serem bem parelhos, era possível observar um duplo 10-9 nos dois primeiros rounds em vantagem para Jeremy Larsen. O que causou certo espanto no terceiro round foi o senso de urgência de Larsen, que foi com tudo para cima, inexplicavelmente, e foi punido com uma direita que o mandou de cara para o solo, Mineiro lançou mais petardos e o árbitro já tinha visto o bastante, selando o nocaute a favor do brasileiro.

Formiga fez o que sabe de melhor, usando seu jogo de chão super apurado, ele manteve o Kamikaze Chris Cariaso sob domínio por três rounds.

Fabio Maldonado parecia que sofreria diante das quedas de Roger Hollett, mas o brazuka reverteu a condição de desvantagem como inúmeros socos na linha de cintura, e levou a melhor por decisão unânime. Antes disso, Lineker despachou o russo Azamat Gashimov com um chute na linha de cintura e uma dose a mais de castigo nessa região até o atleta europeu sentir e cair no chão. TKO para Lineker aos 1:07 do R2.

Midia

Recente
UFC Fight Night Barueri Media Day and Open Workouts at Allianz Parque on December 18, 2014 in Sao Paulo, Brazil. (Photos by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
Lyoto Machida comenta como foi sua luta contra Chris Weidman e o que poderia ter feito diferente. O Karateka fala também como pretende usar seu 'jogo' contra CB Dollaway e o que espera de Anderson Silva x Nick Diaz e Chris Weidman x Vitor Belfort.
18/12/2014
Atleta brasileiro diz que, dessa vez, espera o apoio da torcida no duelo contra o Jake Collier. 'Na minha primeira luta o pessoal apoiou o Cara de Sapato', lembra. O Canal Combate transmite o evento, ao vivo, à partir das 22 horas.
18/12/2014
Márcio Lyoto destaca o tempo que treinou com Lyoto Machida, nos EUA. 'Entrei no MMA por causa do Lyoto. Para mim foi um sonho e muito proveitoso'. Ambos lutam no UFC Barueri, neste sábado (20).
18/12/2014