Sete trovões - Definindo Yushin Okami

No UFC RIO, no dia 27 de agosto, a história poderá ser feita quando Yushin Okami faces enfrentar o rei do peso médio Anderson Silva em uma oportunidade de se tornar o primeiro campeão japonês na história do UFC. Será que "Thunder" está pronto para sua noite no centro das atenções? A história que você vai ler abaixo mostra que ele está.    
    
Vitória sobre Anderson Silva por desclassificação - R1 - Rumble on the Rock 8 - 20/01/06    
Com 13-2 como profissional, com as derrotas diante de respeitados veteranos como Amar Suloev e Falaniko Vitale, Okami fez sua aparição nos EUA contra um (antes do auge) Anderson Silva, no Havaí. Anderson havia feito algum barulho na cena internacional, com cinco aparições no PRIDE, mas seu recorde de 2-3 na organização não mostrava exatamente o 'The Spider' que tem dominado o UFC desde junho de 2006. Naquela noite em Honolulu, o brasileiro parecia estar muito bem, dominando a trocação e evitando qualquer tentativa de quedas de Okami. Eventualmente, Okami levou Anderson para baixo, mas quando parecia que a luta ia ficar interessante para 'Thunder', Anderson acabou com o combate com uma pedalada. Infelizmente para ele, ela era ilegal, e Anderson foi desclassificado pelo árbitro (e futuro lutador do UFC) Troy Mandaloniz. No papel, a última derrota de Anderson, mas Okami não vê assim. "Os registros dizem que eu ganhei, mas na real perdi", disse ele. "Acredito que por causa dessa luta eu cresci. A próxima vez que lutar com ele as coisas serão diferentes. Estou confiante nisso".    
    
Vitória por decisão sobre Alan Belcher - R3 - UFC 62 - 26/8/06    
Três meses após a vitória sobre Anderson, Okami retornou ao Havaí e perdeu por decisão majoritária para Jake Shields. Seria sua última derrota por mais de um ano, e depois de duas vitórias por TKO no Japão, ele fez sua discreta estréia no UFC contra o também estreante Alan Belcher, um substituto de última hora do ex-desafiante peso médio David Terrell. A luta foi marcada por aquilo que pode ser descrito como uma bizarra cambalhota em pé de Belcher quando Okami mochilava suas costas no terceiro rodada, mas fora esse momento brilhante, só deu Okami, que mandou nos três assaltos e levou a luta por decisão unânime, anunciando sua chegada no UFC.    
    
Vitória por decisão sobre Mike Swick - UFC 69 - 7/4/07    
Com 5-0 no UFC, o participante do primeiro The Ultimate Fighter, Mike Swick foi rapidamente se aproximando de uma disputa pelo título dos médios, e na frente de seus fãs no Texas no UFC 69, a maioria esperava que ele iria passar para 6-0. Mas Okami estava equilibrado e pronto para frustrar essa idéia. Ele dominou Swick no solo e no ground 'n pound construindo uma clara vitória por decisão. Era a quarta vez seguida (Belcher, Kalib Starnes e Rory Singer) que o nativo de Kanagawa tinha dado ao seu adversário a primeira derrota no octógono.    
    
Derrota por decisão para Rich Franklin - UFC 72 - 16/6/07    
Depois que Martin Kampmann foi forçado a sair na luta principal do UFC 72 contra o Rich Franklin, a próxima escolha lógica para enfrentar o ex-campeão médio por um duelo pelo cinturão de Anderson Silva era Okami, que vinha de quatro triunfos consecutivos no UFC. Infelizmente para Okami, seu estilo paciente lhe custou caro, Franklin disparou em uma vantagem de 2-0 nas papeletas dos jurados. No terceiro round, Okami mostrou que estava pronto para ser um dos melhores na classe de peso, e foi para cima com tudo, dominando no solo e quase finalizando com uma kimura. "Foi quase, ele me deixou um pouco nervoso, mas consegui resistir", disse Franklin, que ganhou por decisão unânime, enviando Okami de volta a prancheta de estratégias.    
    
Vitória por TKO sobre Evan Tanner - R2 - UFC 82 - 1/3/08    
Quatro meses após a derrota para Franklin, Okami voltou vencendo Jason MacDonald por decisão, no entanto, apesar de um bom cartel (5-1) no octógono, os fãs estavam esperando mais de "Thunder", cujo único TKO no UFC tinha sido contra Starnes no UFC 64. A resposta de Okami? Um enfático nocaute sobre o ex- campeão Evan Tanner no UFC 82. Foi o mais impressionante desempenho de Okami no UFC até então, impondo um castigo no primeiro assalto e depois dizimando Tanner com uma joelhada na cabeça no segundo. Após a luta, o fala mansa Okami estava elegante como sempre, quando perguntado sobre uma revanche com Anderson. "Cabe ao UFC", disse ele. "Se eles sentirem que estou pronto para uma disputa de título, eu ficaria honrado. Se eles querem me dar outro adversário difícil antes de uma chance pelo cinturão, então isso é o que vou fazer".    
    
Vitória por TKO sobre Lúcio Linhares - R2 - UFC Fight Night - 31/03/10    
Após a luta com Tanner, Okami bateu Dean Lister e perdeu para Chael Sonnen. Após a luta a derrota, ele sabia que para entrar na disputa do título, não tinha apenas que fazer uma sequência de vitórias, mas tinha que conseguir isso em grande estilo. Em março de 2010, ele recebeu sua primeira oportunidade e despachou Lucio Linhares do Brasil, punindo-o com alguns de seus melhores desempenhos de luta em pé até então, conseguindo o TKO no segundo round. A vitória enviou um recado para o resto da divisão; quando você achava que a única preocupação com o jogo de Okami era o chão, agora ele troca muito bem também.    
    
Vitória por decisão sobre Nate Marquardt - UFC 122 - 13/11/10    
Okami levou o momento dinâmico da luta diante de Linhares para seu segundo compromisso em 2010, contra Mark Munoz, que ele venceu por decisão dividida. Mas a maior luta ainda estava por vir, a principal do UFC 122 contra Nate Marquardt. O vencedor seria o próximo desafiante de Anderson pelo título mundial, e com toda a pressão sobre seus ombros, Okami mordeu seu protetor bocal e fez o necessário para vencer Marquardt por decisão; tornando-se apenas o quinto lutador japonês (após Yuki Kondo, Caol Uno, Hayato "Mach" Sakurai, e Kenichi Yamamoto) a ser desafiante pelo título do UFC. E se ele vencer no dia 27 de agosto, ele será o primeiro representante de seu país a se tornar campeão do UFC. Claro, isso é ainda mais pressão para Okami, mas como ele vem comprovando, ele sabe lidar com isso.  

Midia

Recente
Recuperado de fratura na perna esquerda, ex-campeão dos médios melhora movimentação, esquivas e golpes em treino de pugilismo.
23/07/2014
Competidor meio-médio do UFC, Matt Brown enfrenta Robbie Lawler no UFC Fight Night San Jose no que promete ser uma batalha épica pela posição de desafiante contra o atual campeão Johny Hendricks.
22/07/2014
O competidor meio-médio "Ruthless" Robbie Lawler fez uma batalha contra o veterano Bobby Voelker, e terminou emplacnado seu 18º nocaute. Assista ao UFC Fight Night San Jose e confira Lawler vs. Matt Brown.
21/07/2014
Antes do UFC chegar em San Jose no dia 26 de julho, o 'Road to the Octagon': Lawler x Brown traz tudo das preparações dos 6 maiores astros do UFC Fight Night. Os astutos meio-médios Robbie Lawler e Matt Brown brigam pela posição de desafiante.
19/07/2014