Agressivo, ousado, e ainda o mesmo Thiago Silva

"Meu lema é treine duro, ganhe fácil." - Thiago Silva
UFC light heavyweight Thiago Silva
Não faltaram oponentes de elite para Thiago Silva ao longo de sua carreira profissional de sete anos, com Rashad Evans, Lyoto Machida e Alexander Gustafsson como exemplo. Mas depois de treinar com a Academia Chute Boxe, American Top Team, e agora com a Blackzilians, ele é a prova viva de que, algumas vezes, os treinos podem ser mais duros do que as lutas.  
  
Ele concorda plenamente.  
   
"Tive sorte em sempre poder treinar com lutadores de alto nível, e posso dizer que isto ajudou minha confiança, porque sei que meu treino é sempre mais difícil do que a luta."  
  
Não seria estressante demais, saber que você vai do céu ao inferno em qualquer dia de treino na academia?   
  
"Meu lema é treine duro, ganhe fácil", disse Thiago, que espera voltar a vencer neste sábado contra o búlgaro Stanislav Nedkov. Os dois últimos anos têm sido difíceis para o brasileiro, que não vence desde que nocauteou Keith Jardine em agosto de 2009.  
  
Acumulando derrotas por decisão para Evans e Gustafsson, com um no contest com Brandon Vera entre elas, Thiago decidiu que precisava de uma mudança, e mesmo o paulista continuando a viver no sul da Flórida, ele trocou de camp para a luta com Nedkov; da American Top Team para a Blackzilians.  
  
"Treinar com a Blackzilians foi a melhor decisão que já tomei", disse o meio-pesado. "Eles têm uma ótima estrutura e um ótimo time de treinadores; isto faz toda a diferença."  
  
É um passo enorme, especialmente antes de uma grande luta, mas a transição não podia ter sido mais tranquila para o atleta de 29 anos.  
  
"Na verdade, não precisei mudar nada", ele disse. "Simplesmente comecei a treinar mais e com supervisão profissional."  
  
Ele vai precisar dar todo o seu gás contra o invicto Nedkov, que finalmente fez sua tão aguardada estreia no UFC com um nocaute sobre compatriota de Thiago, Luiz "Banha" Cané.  
  
"Ele é um lutador duro", disse Thiago sobre Nedkov. "Mas enfrentei caras tão duros quanto ele, então estarei pronto para esta luta."  
  
Thiago deve estar preparado para a viagem à China também, considerando que ele lutou no Brasil, Inglaterra, Japão, EUA e Suécia ao longo dos anos. Não que seja sua primeira escolha viajar até o outro lado do mundo.  
  
"Eu não gosto de viajar, mas este é o meu trabalho e vou para onde precisarem de mim", disse o 'Blackzilian', que entende que não dá para ganhar todas, mas que precisa vencer esta para manter vivas as esperanças por uma chance pelo título. "Ganhar e perder faz parte do trabalho", ele continua. "O único sentimento que tenho quando venço é de alívio, porque sei que ganharei mais dinheiro."  
  
Thiago ri, um breve momento de descontração, antes do que pode ser visto como a maior luta de sua carreira. Mas então ele volta rapidamente ao trabalho, quando você o pergunta sobre retomar a sequência de vitórias.  
  
"Estou pronto para lutar", ele diz. "Quero fazer uma boa apresentação e vencer. E como sempre, os fãs podem esperar um Thiago agressivo e ousado."   


Watch Past Fights

Midia

Recente
Dois ex-campeões voltam ao octógono no UFC Barueri, em 20 de dezembro. Lyoto Machida enfrenta CB Dollaway, enquanto Renan Barão tenta voltar ao caminho das vitórias contra Mitch Gagnon. Garanta seu ingresso http://on.ufc.com/IngressosBarueri
19/11/2014
O jornalista Matt Parrino e o ex-lutador Forrest Griffin comentam o cinturão interino do brasileiro Fabrício Werdum e os melhores momentos da The Time is Now. *Assine o Canal Combate - http://glo.bo/1kKhnP0
19/11/2014
Os astros do UFC se encontram em Las Vegas para a coletiva de imprensa "The Time Is Now" no The Smith Center, segunda, 17 de novembro, às 20h.
13/11/2014
O calendário de 2015 foi anunciado nesta segunda-feira (17). Logo nos primeiros meses, Jon Jones, Daniel Cormier, Anderson Silva, Nick DIaz, Chris Weidman, Vitor Belfort e muitos outros estarão no octógono. *Saiba todos os detalhes - http://bit.ly/1yftTfh
17/11/2014