Anderson promete melhor luta da carreira contra Diaz

Ex-campeão disse que os chutes com a perna lesionada ainda não estão 100%


“Vai ser a melhor luta no quesito trocação da história do UFC”, foi assim que Anderson Silva definiu o confronto contra Nick Diaz, agendado para 31 de janeiro de 2015, em Las Vegas. O brasileiro conversou com jornalistas na tarde desta sexta-feira, se mostrou feliz em voltar ao octógono, mas deixou claro que seus chutes com a perna operada ainda não estão 100%.


VEJA TAMBÉM


“Está 95% (chutes com a perna esquerda), mas estou treinando e tenho certeza que no dia da luta (a perna) estará perfeita”, disse, para logo em seguida ser questionado por Jorge Guimarães (seu empresário) se não deveria falar que ainda não está chutando nos treinos. “Não, porque na hora da luta vou chutar”, respondeu o brasileiro. 

Assim como Nick Diaz fez na quarta-feira, Anderson mostrou respeito ao adversário. Elogiou e disse que não acredita que Diaz começará a provocá-lo - uma das principais características do norte-americano. “Espero que ele não falte com respeito comigo, até porque não tem motivo. Não o conheço como pessoa, mas o prezo como atleta”. 

Questionado se está pronto para voltar ao octógono, Anderson disse que não tem como avaliar se é o melhor momento. “Não existe isso de 'está pronto ou não'. Continuo fazendo o trabalho de fisioterapia e treinando. Sigo a rotina de treinos e me preparo para voltar a fazer o que fazia antes”.

Voltando a falar sobre a cirurgia na perna esquerda, ele classificou a lesão como um “acidente de trabalho”. 

Se os fãs vibraram quando foi anunciado que Anderson voltaria a lutar, o sentimento na casa do lutador foi totalmente o contrário. Sua esposa Dayane e os cinco filhos não queriam que ele lutasse novamente, mas a saudade da adrenalina falou mais alto. “Nenhuma família quer ver você indo para a guerra, principalmente a minha, depois do acidente”. 
Sexta-feira, Dezembro 9
20H45
Albany, Nova York

Midia

Recente
Relembre a vitória de John Dodson sobre TJ Dillashaw no TUF 14 Finale, em 3 de dezembro de 2011.
02/12/2016
O campeão Demetrious Johnson defende seu cinturão dos moscas contra Tim Elliott, campeão do The Ultimate Fighter. Confira essa e todas as outras encaradas que aconteceram na quinta-feira.
02/12/2016
Acompanhe a cerimônia de pesagem do The Ultimate Fighter Finale nesta sexta-feira (2), a partir das 21h.
02/12/2016
Australiano derrotou Derek Brunson na luta principal do UFC Melbourne, no último sábado (26), conquistando a sexta vitória consecutiva.
27/11/2016