Chris Weidman: "Sei o que posso vencer"

"Quero me diferenciar de todos da divisão dos médios." - Chris Weidman
UFC middleweight Chris WeidmanQuando Chris Weidman estava começando sua carreira com quatro vitórias consecutivas no Ring of Combat, seu tempo na academia na direção de Matt Serra e Ray Longo não era gasto apenas se preparando para a próxima luta, estava se preparando para o dia em que dividiria o Octógono com Anderson Silva, com o título em jogo.

"Estou neste esporte por uma razão, que é para ser campeão", ele diz, mais uma declaração do que está por vir, do que um sonho sendo realizado. "Seria um descrédito a minha família se eu estivesse aqui falando sem acreditar em mim mesmo, sem acreditar que não sou o melhor do mundo. Seria uma perda de tempo."

Depois de aumentar seu cartel para 9-0 com uma vitória por nocaute alucinante sobre Mark Munoz em julho de 2012, o invicto pediu uma luta com "The Spider". Anderson e seu camp rejeitaram a ideia, sugerindo que Weidman não tinha experiência nem renome para estar no Octógono com o campeão dos pesos  médios. O que levou Weidman a assinar para lutar com Tim Boetsch no UFC 155.

E as coisas ficaram interessantes.

Em outubro, o furacão Sandy devastou a costa leste. A casa de Weidman estava no meio da devastação. Menos de um mês depois, uma lesão que pedia cirurgia o tirou da luta contra Boetsch.

“Só acho que tudo acontece por uma razão ", diz Weidman. "Quando tive vários contratempos - a cirurgia, o furacão Sandy, - eu sempre tive uma atitude positiva que alguma coisa boa ia vir com isso. Eu nununca desanimei . Me mantive positivo.”

A positividade funcionou, o show de sábado a noite foi oficialmente anunciado no dia 6 de março, e nos 4 meses desde então, uma grande parte dos fãs, imprensa e lutadores disseram acreditar que o desafiante invicto sairá do MGM como o novo campeão dos pesos médios.

"É bem legal", ele diz do apoio que tem recebido dos amigos lutadores. "Eu confio muito em mim mesmo, mas quando você tem colegas que nunca te viram treinar, enxergando algo em você que pode te levar a ser campeão, é realmente muito bom. É bom ter outros lutadores que fazem o mesmo que eu tendo fé em mim e acreditando que posso fazer isto."

Durante sua ilustre carreira no UFC, Anderson Silva desenvolveu uma aura de invencibilidade; vencendo 16 lutas consecutivas no maior palco do esporte.

Muito parecido com os adversários que se alinhavam no ringue contra Emilianenko Fedor na sua era dominante no PRIDE ou quando o jovem "Iron" Mike Tyson dominava a divisão peso pesado no boxe, muitos sentem que alguns dos oponentes de Anderson são vencidos antes de entrarem no cage, deixando a série de vitórias e melhores momentos do campeão mudarem um "Eu posso vencer" para um "Será que posso vencer?" quando a semana da luta começa.

"Eu sei o que posso vencer e sei do que sou capaz baseado no que faço nos treinamentos e como trabalho duro todos os dias. O fato de todos acharem que Anderson é uma criatura mística me deixa ainda mais empolgado a ir lá e provar que estão errados, e chocar o mundo."

Por mais que ele se veja com o título na sua cintura, Weidman também sabe que quando a porta do Octógono se fecha, ele não pode parar até que sua mão seja levantada e as palavras "e o novo campeão peso médio do mundo" ecoe, a única coisa que ele estará pensando é continuar a dominar sua vontade.

"Vou lá para tirar proveito de cada segundo, e não haverá um segundo onde eu pense 'como finalizo ele? Como faço isso ser mais devastador? Como posso ser mais impressionante?' quando você tem atitude, você só pensa em continuar fazendo o que está fazendo.

"Quero me diferenciar de todos da divisão dos médios."

 

Watch Past Fights

Midia

Recente
Em entrevista exclusiva ao UFC, Ronda Rousey prometeu vencer Holly Holm no dia 15 de novembro e depois se encontrar com o fuzileiro naval Jarrod Haschert.
04/09/2015
O atual campeão Demetrious Johnson defende o cinturão da categoria peso-mosca contra John Dodson, neste sábado (5/09), no UFC 191, em Las Vegas (EUA).
03/09/2015
Derrotado por Demetrius Johnson em 2013, John Dodson encara uma revanche contra o atual campeão dos pesos-moscas no UFC 191, no próximo sábado (5/09), em Las Vegas (EUA).
03/09/2015
Confira os bastidores da preparação do campeão dos pesos-moscas Demetrious Johson e do desafiante John Dodson antes da disputa pelo cinturão no UFC 191, no próximo sábado (5/09), em Las Vegas (EUA).
03/09/2015