D. White projeta Barão vs Cruz no 2º semestre deste ano

O cinturão interino peso-galo do UFC continua com o lutador potiguar Renan Barão e agora, a previsão é que a próxima luta dele seja mesmo contra o detentor do cinturão oficial, Dominick Cruz. Em entrevista na Inglaterra neste sábado, logo após a vitória de Barão sobre o americano Michael McDonald, o chefão do Ultimate, Dana White, afirmou que espera que Dominick Cruz esteja pronto para voltar ao octógono no segundo semestre de 2013, o que faria os dois campeões se enfrentassem já no verão norte-americano, entre os meses de julho e setembro.  
  
É importante lembrar que Dominick Cruz se machucou no início de 2012 e sofreu uma nova lesão no final do ano. O período de inatividade do campeão fez com que o UFC promovesse um campeão interino para a categoria que, no caso, foi Renan Barão (que conquistou o título após vitória sobre Urijah Faber, em julho do ano passado). Como terá um período de descanso pela frente, o potiguar deverá estar apto a voltar ao octógono, justamente, no mesmo tempo em que Dominick Cruz estará recuperado.  
   
Contudo, Renan Barão afirma que ainda não sabe se fará uma outra defesa do cinturão interino antes de pegar Dominick Cruz. "Vai depender do UFC e da volta de Dominick Cruz. Se a organizar achar que terei que lutar mais uma vez, eu luto. Até porque quero é lutar mesmo, me manter em atividade. Isso é muito importante para mim", afirmou o potiguar.  
   
Aos 26 anos e com uma invencibilidade que dura quase oito (ou 32 lutas), Renan Barão voltou ao octógono do UFC para fazer a luta principal do UFC Fuel TV 7, realizado no sábado (16), em Londres, Inglaterra, contra o americano Michael McDonald, que também estava invicto na maior organização de MMA do mundo. No quarto round, em uma luta bem disputada, o potiguar conseguiu encaixar um kata-gatame e forçar o adversário a bater, desistindo da luta.   
   
Essa foi a primeira defesa do cinturão interino de Barão. Com a vitória, além da bolsa da pelo UFC, Renan Barão conquistou o prêmio de "finalização da noite" e um bônus financeiro de US$ 50 mil. "A luta foi toda dentro do planejado. Treinamos muitas posições de jiu-jitsu porque sabíamos que a luta poderia acabar dessa maneira", afirmou o potiguar, que é faixa-preta da "arte suave".   
   
PROGRAMAÇÃO  
Ainda em Londres, onde nesta segunda-feira participa de entrevistas e faz um tour pela cidade, para uma galeria de fotos do UFC, Renan Barão pretende dar um seminário de jiu jitsu brasileiro em uma academia na Inglaterra e, na quarta-feira, voltar para o Brasil. O desembarque será no Rio de Janeiro, onde Barão fez a parte final da preparação para essa luta. Fica na capital carioca por alguns dias e, em seguida, volta para Natal.

Midia

Recente
Confira como foi o desempenho dos brasileiros no UFC 184 e as notícias mais importantes da última semana, além de responder nosso quiz - quantas disputas de cinturão Ronda Rousey tem no UFC: três, oito ou cinco?
04/03/2015
Matt Parrino e Forrest Griffin analisam o que de melhor aconteceu no UFC 184, e comentam as mudanças nos rankings pós-evento.
O campeão dos leves do Ultimate escapou de uma guilhotina e obrigou seu adversário a dar os três tapinhas com um belíssimo triângulo, no extinto WEC. Pettis colocará seu cinturão em jogo contra o brasileiro Rafael dos Anjos no UFC 185, em 14 de março.
03/03/2015
O iraniano não deu chances ao seu adversário e encaixou uma finalização precisa no UFC Tulsa. Beneil Dariush volta ao octógono em 14 de março, quando mede forças com o norte-americano Daron Cruickshank.
03/03/2015