Daniel Cormier provou que é o campeão legítimo dos meio-pesados

Norte-americano defendeu o título contra Volkan Oezdemir no UFC 220

Quando se fala em Daniel Cormier, normalmente as reações se dividem em dois grupos: os que acreditam que o norte-americano é um grande atleta e excelente representante do esporte, e aqueles que chamam "DC" de campeão de papel.

Isso porque as únicas duas derrotas que o meio-pesado sofreu na carreira foram em disputas de título contra Jon Jones. Na primeira vez, em 2015, Cormier era o desafiante e acabou derrotado por pontos. Na revanche, em julho de 2017, o integrante da AKA era o campeão linear e Jones retomou o título com um triunfo por nocaute.

Mais UFC 220: As reações à vitória de Miocic | E também à de Cormier | Fatos para a história | Volkan enaltece DC

Mas se você olhar os cartéis dos atletas, verá que este segundo encontro consta como no-contest. Isso porque Jones foi flagrado em uma potencial violação da Política Antidopagem do UFC, perdendo assim o cinturão. A coroa foi herdada por Cormier, e defendida com sucesso contra Volkan Oezdemir no UFC 220.

Por que insistir em dizer que Cormier não é o verdadeiro campeão enquanto não vencer seu maior rival? Em suspensão provisória, Jones está impossibilitado de lutar até que uma sentença seja declarada em audiência com a Comissão Atlética da Califórnia. E durante sua ausência, DC faz o que todo campeão digno faz: defende a coroa com vitórias esmagadoras sobre seus oponentes.

É fato que Jones saiu com a mão erguida em ambos os encontros, porém existe uma enorme diferença entre dizer que um atleta é superior a outro, e falar que um lutador é um falso campeão. Cormier perdeu, mas na ausência de "Bones", ele é o melhor meio-pesado em atividade no UFC. Não é qualquer um que vence Alexander Gustafsson e Anthony Johnson (duas vezes) de maneira definitiva.

Só o tempo irá dizer se os rivais se encontrarão para uma trilogia no Octógono. Enquanto isso, vale acompanhar de perto a carreira de um dos atletas mais humildes, dedicados e ferozes que este esporte já viu: o legítimo campeão meio-pesado, Daniel Cormier. 

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube

Watch Past Fights

Sábado, Agosto 25
Lincoln, Nebraska

Midia

Recente
Escalada para enfrentar Tonya Evinger no UFC São Paulo, dia 22 de setembro, Ketlen Vieira esteve no programa Revista Combate, do Canal Combate, e falou um pouco da sua principal arte marcial: o judô.
15/08/2018
Relembre alguns do momentos mais marcantes do evento que aconteceu no último sábado (4), em Los Angeles.
O novo campeão peso-mosca Henry Cejudo e Demetrious Johnson avaliaram o combate do UFC 227 ainda no Octógono.
05/08/2018
Confira o que o campeão peso-galo TJ Dillashaw disse logo após a vitória sobre Cody Garbrandt no UFC 227.
05/08/2018