Dollaway volta ao trabalho árduo contra Sarafian

"Estou trazendo uma luta de ritmo rápido. Esperem ver o velho Dollaway de volta, onde eu entro e vou direto para cima dele." - CB Dollaway
UFC middleweight CB Dollaway Tem sido uma longa jornada cheia de altos e baixos, mas CB Dollaway está de volta, e ele pretende fazer o mundo saber disto no sábado á noite, no UFC São Paulo. 

Após sua derrota na final da sétima temporada do The Ultimate Fighter para Amir Sadollah, "The Doberman" fez uma corrida impressionante, colecionando 5 vitórias de suas 6 lutas. A cada passo, o nativo de Ohio parecia estar fazendo um sólido progresso quando ganhou o prêmio de Finalização da Noite no caminho. 

Infelizmente, para Dollaway, de 29 anos, houve uma derrapada em 2011. O ex-wrestler destaque do estado do Arizona sofreu algumas derrotas, e depois de perder para Mark Munoz e Jared Hamman, uma lesão no quadril que exigiu cirurgia deixou Dollaway de fora até 2012.  Quando ele fez seu retorno ao Octógono contra Jason "Mayhem" Miller no UFC 146, Dollaway batalhou para conseguir a vitória por unanimidade. Embora certamente não tenha sido uma luta com muita ação no card, Dollaway acredita que foi o passo necessário para voltar a vencer dentro do Octógono. 

"É muito bom estar de volta e saudável", disse Dollaway. "Eu vinha de uma cirurgia no quadril indo para minha última luta e sinto que as coisas estão voltando para o seu lugar. Tive um bom desempenho contra Miller mas acredito que este seja melhor.Eu estive fora por um tempo maior do que o normal, mas acredito que isto será uma vantagem para mim. Me deu mais tempo para ficar mais forte, retornar ao meu peso, e ajustar tudo de novo. Estou empolgado para voltar lá."

A oportunidade de voltar ao Octógono virá sobre circunstâncias únicas, quando Dollaway viaja até São Paulo, para enfrentar o também lutador do TUF, Daniel Sarafian. Como membro do Time Belfort na temporada inaugural do The Ultimate Fighter: Brasil, Sarafian causou impacto enquanto batalhava seu caminho até as finais. Em uma má reviravolta de eventos, Sarafian com 30 anos, sofreu uma lesão no ombro que o forçou a deixar a luta final, e então, dando assim um pause em sua estreia no Octógono.  Falando em experiência no esporte, Dollaway terá uma drástica vantagem. Mas lutar no Brasil tem provado ser uma tarefa árdua para os lutadores americanos, só que Dollaway não deixa isso afetar sua cabeça, ele abraça esta viagem em todos os aspectos.

"Brasil é um lugar que sempre quis visitar, e ter a oportunidade de lutar em frente à multidão brasileira será uma experiência e tanto", disse Dollaway. "Sei que não vou ser o favorito já que estou lutando com um brasileiro, mas eles são ótimos fãs. Eles são fãs de MMA e acho que vai ser muito bom. 

"Acho que é uma luta bem casada". (Sarafian) é muito bem versado no chão. Essa é minha área também. O interessante eu acredito que será a diferença de altura. Nunca lutei com alguém tão compacto como ele. Isto provavelmente apresentará alguns desafios para mim. Verei como meu wrestling funciona. Será uma experiência diferente. Estou trazendo uma luta de ritmo rápido. Esperem ver o velho Dollaway de volta, onde eu entro e vou direto para cima dele. 

"Com certeza acho que a experiência estará ao meu favor", adicionou Dollaway. "Lembro de fazer minha estreia no UFC e você fica muito nervoso. Não sei da experiência dele fora do UFC, mas ser a co-luta principal na sua primeira aparição no UFC é algo muito importante. Ele vai ter toda a pressão em cima dele, já que está em seu país. Isto é muita pressão. Esta vai ser minha 11ª luta no UFC. Estou estável e me sinto como um veterano agora. É a mesma velha história."
 

 

Watch Past Fights

Midia

Recente
Mark Hunt se tornou o primeiro lutador a nocautear Roy Nelson no Octógono. O atleta neozelandês analisa a luta e diz que espera lutar em quatro semanas no card em Sidney, Australia. Ative as legendas clicando em "cc".
20/09/2014
Miesha Tate derrotou a até então invicta japonesa Rin Nakai, por decisão unânime, e falou na entrevista pós-lutas que sua estratégia era usar a envergadura e ser agressiva. Ative as legendas clicando em "cc".
20/09/2014
Melhores momentos da coletiva de imprensa pós-lutas do Fight Night Japão.
20/09/2014
Assista à coletiva de imprensa pós-lutas ao vivo na sequência do evento.
15/09/2014