Recap da coletiva pós-UFC: Diaz vs. Miller


Leia abaixo e descubra quem levou os bônus do UFC®: Diaz vs. Miller ontem...
Sete lutadores estavam juntos com o presidente do UFC®  Dana White na coletiva de imprensa pós-UFC®: Diaz vs. Miller: Nate Diaz, Jim Miller, Lavar Johnson, Alan Belcher, Johny Hendricks, Josh Koscheck e Louis Gaudinot.

Em uma noite com muitas finalizações impressionantes: o protagonista da luta principal, Nate Diaz, levou a "finalização da Noite" com uma guilhotina sobre o o faixa preta de Jiu-jitsut Miller. Diaz seu boxe para castigar Miller em pé, e então forçou a luta no chão onde finalizou com o estrangulamento. Com o desempenho, Diaz se tornou o primeiro homem a parar Miller em sua carreira profissional.

Johnson ganhou o "KO da Noite" ao despachar Pat Barry no primeiro round. Após superar uma finalização eminente, Johnson reverter as coisas, ele pressionou Barry com uma sequência de socos que levou o oponente ao chão. Foi o segundo bônus seguido de "KO dfa Noite" para Johnson, que fez o mesmo com Joey Beltran em sua estreia no Octógono.

A "luta da noite" ficou com Gaudinot e John Lineker na trocação lá e cá. Após um blitz de ambos no primeiro round, Gaudinot levou a luta para o chão ao encaixar uma guilhotina justa que colocou o brasileiro para dormir. 

Cada um recebeu $65,000.

Vá até a sessão de videos e confira as entrevistas e a reprise da coletiva

Midia

Recente
Brasileiro venceu Hatsu Hioki, em junho de 2014. Ele volta ao octógono no UFC Goiânia, em 30 de maio, contra Nik Lentz. Será que vem outra finalização? - Assine o Canal Combate - http://on.ufc.com/assinecombate
05/04/2015
Dois peso-pesados nocauteadores natos se enfrentam na Austrália, em uma luta que tem tudo para acabar bem antes dos cinco rounds. Em quem você aposta? - Confira o card: http://on.ufc.com/UFCAdelaide
06/04/2015
Neozelandês volta ao octógono neste sábado (9), na Austrália, contra outro nocauteador: Stipe Miocic. - Assine o Canal Combate - http://on.ufc.com/assinecombate
05/04/2015
Lutadores se provocam e começam a entrar no clima para a luta do dia 30 de maio, em Goiânia. Os dois concordam em um ponto: a luta não vai ser decidida pelos juízes. - Assine o Canal Combate - http://on.ufc.com/assinecombate
05/04/2015