Jim Miller - Pronto para enfrentar sua imagem no espelho

 "Gosto de lutar com caras que respeito tanto assim. Vai ser uma noite divertida." - Jim Miller
UFC lightweight Jim Miller
Se você estiver na casa de Jim Miller, é certo dizer que tudo que você vê, come ou toca tem sido seu projeto pessoal. A comida? Ele cozinhou. Os vegetais? São do seu jardim. O pão? De seu forno. A carne? Ele caçou. A cerveja? Caseira. O vinho? Produzido em casa. A cadeira em que você está sentado, ele a fez no ano passado, mas ele colocou uma nova camada ontem porque tinha tempo livre. Tudo desde carpintaria á reparos automotivos ou qualquer outra coisa que alguém possa pensar, Miller está pronto e apto para fazer agora ou disposto a aprender e fazer na primeira oportunidade que ele tiver.  
  
Basicamente, Miller não tem essa oportunidade sempre, mas quando tem, ele prefere fazer ele mesmo.  
  
"Eu tento fazer tudo", diz Miller. "Seja trabalhando na minha picape ou cozinhando o jantar. Eu tento cozinhar a melhor refeição possível. Eu estou tentando ser melhor do que a maioria em tudo. Não acho que estar na média seja um adjetivo bom para ser dado a nada. Eu tento ser bom em tudo que faço e tento fazer bem."  
  
É mais do que um hobby para Miller, porque ele nunca está satisfeito em simplesmente fazer; ele quer ser bom naquilo. O que levou Miller a procurar coisas novas como soldagem foi sua curiosidade natural e o desejo em ser auto-suficiente. Agora, com 29 anos, ele é pai de duas crianças a quem gostaria de passar este legado de praticidade, e também inspirar a mesma paixão por aprender que ele claramente tem.  
  
"Em todas as coisas que faço, a primeira e mais importante é ser pai", conta Miller. "Este é o meu maior papel na terra. Sou primeiro um pai, depois um marido, e tudo mais vem depois disso. Muitas das coisas que faço, simplesmente gosto de aprender. Gosto de experimentar coisas novas e descobrir como fazer tudo. Muitas destas coisas, são coisas que posso ensinar aos meus filhos. Posso prepara-los para qualquer coisa. Para eles não só passarem pela vida, mas para prosperar. Meu principal objetivo é ter certeza de que eles sejam pessoas capazes."  
  
Falando de lutas, a próxima para Miller, é a co-principal do UFC 155 com outro peso leve de olho na chance pelo título: Joe Lauzon. Originalmente, Lauzon  estava programado para lutar com Gray Maynard antes de uma lesão no joelho forçar o ex-companheiro de TUF a retirar-se.  
  
"Vindo de uma derrota [para Nate Diaz no UFC de 5 de maio], eu queria um grande nome e queria uma luta dura", revela Miller. "Eu queria uma luta que me levasse ao topo do card em uma luta difícil, para lutar contra competidores ainda melhores. Joe com certeza se solidificou como um dos tops nos leves, então é uma luta empolgante para mim. Joe é um lutador incrível e sou fã de suas lutas. Eu realmente gosto do jeito que ele aborda a luta, então é bem legal porque gosto de lutar com caras que respeito tanto assim. Vai ser uma noite divertida."  
  
No dia 29 de dezembro, teremos uma colisão de competidores com inúmeras. "Gosto de bater a cabeça com alguém", afirma Miller, que está empolgado para jogar toda técnica que aprendeu em cima de Lauzon, que tentará fazer o mesmo em troca. "Estou indo para lutar o máximo que conseguir. Eu espero que, se a luta durar os 15 minutos, que esteja exausto e não consiga levantar. Se esse não for o caso, então não vou estar feliz."  

Watch Past Fights

Midia

Recente
Campeão dos leves fala da relação que tinha com o seu pai. "Tenho orgulho de manter a memória dele viva". Pettis enfrenta Gilbert Melendez no UFC 181, em 6 de dezembro. **Ative as legendas "CC" Veja o card completo - http://bit.ly/1yY8zv4
27/11/2014
UFC Minute host Lisa Foiles recaps this weekend's action in Austin and looks ahead to the highly-anticipated rematch between Johny Hendricks and Robbie Lawler at UFC 181 on December 6!
24/11/2014
O campeão Johny Hendricks enfrenta Robbie Lawaler, nos meio-médios, e Anthony Pettis coloca seu cinturão dos leves em jogo contra Gilbert Melendez. Confira os confrontos que definiram essas disputas, que acontecem em 6 de dezembro.
26/11/2014
Perdeu a joelhada de Fabrício Werdum em Mark Hunt? Confira alguns dos golpes mais bonitos do evento que deu o cinturão interinos dos pesados ao brasileiro. Assine o canal Combate: http://on.ufc.com/assinecombate
26/11/2014