Jon Jones – Pai e desafiante lutando contra o crime

Para Jon Jones, poucas horas antes de seu desafio, o dia também foi um momento para combater a criminalidade
NEWARK, 19 de março - Para um rival pelo título mundial, o dia da luta é um dia para descanso, reflexão e atenção para os planos de jogo. Mas para Jon Jones, poucas horas antes de seu desafio contra Mauricio 'Shogun' Rua na luta principal do UFC 128, o dia também foi um momento para combater a criminalidade, quando o desafiante do título dos meio-pesados e seus treinadores Greg Jackson e Mike Winklejohn frustraram uma tentativa de assalto sábado à tarde em um parque em Paterson, Nova Jersey. 
    
Jones e sua equipe chegaram ao parque para uma meditação de última hora, uma parte de seu típico ritual no dia da luta, quando foram informados de que um casal de idosos teve o GPS roubado do carro. Winklejohn e Jackson iniciaram uma perseguição, dizendo à Jones para ficar para trás devido à sua luta.      

"Eu não queria que ele se machucasse", disse Jackson. 
    
Jones ignorou o conselho e começou a correr, rapidamente ficando na liderança. O agressor caiu no chão, mas levantou-se rapidamente, Jones deu uma banda nele, colocando-o de volta no chão. 
    
Na segunda vez que ele tentou se levantar, Jackson derrubou-o com uma baiana e encaixou um armlock. O assaltante ainda resistiu, e Jones o manteve preso com o que Jackson descreveu como uma 'cadeado com as pernas'. Jackson o manteve sobre controle, enquanto Jones dizia: "Não é correto tirar dinheiro de outras pessoas. Elas trabalham duro para isso". 
    
E apesar de toda essa agitação que na verdade deveria ter sido um dia tranqüilo, Jones continuou a fazer seus rituais como de costume, e Jackson não tem preocupações se isso vai influenciar em seu desempenho hoje à noite.  
   
"Eu não acho que isso mexeu com ele", disse Jackson. "Acho que deu mais força à Jon".      
Os três terminaram a meditação. 
  
Jones disse em sua conta no Twitter, "Encontrei o fim de um arco-íris hoje, terminei colocando minha mente em sintonia com Greg e Wink".   

Midia

Recente
Pesagem do UFC Fight Night no dia 19 de setembro, 2014 em Saitama, Japão. (Fotos de Mitch Viquez/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
19/09/2014
Em entrevista ao UFC, lutadora americana afirma querer ser a primeira pessoa a derrotar a japonesa Rin Nakai e colocar a marca 'Miesha Tate' na rival. Veja o vídeo.
19/09/2014
Assista à pesagem oficial do UFC Fight Night: Hunt vs. Nelson ao vivo na sexta, dia 19 de setembro, às 4 da madrugada.
15/09/2014
Em entrevista exclusiva para o UFC, a campeã afirma que adoraria enfrentar Bethe Correia no Brasil e diz não ter medo das vaias. 'Já fui vaiada em mais de 30 diferentes línguas. Não sei como se organizam para isso'. Confira a entrevista
18/10/2014