Mark Munoz – Ele não é mais o cara bonzinho

“Quem merece a chance ao título sou eu. Eles perderam e estão falando sobre chances ao cinturão agora. Isso não faz sentido para mim... Nunca fui de falar muito, mas agora o jogo começou.” -  Mark Munoz  
UFC middleweight contender Mark Munoz
O competidor dos médios do UFC Mark Munoz sempre foi quieto, mas isto não quer dizer que ele não está prestando atenção no que está acontecendo na divisão até 84 kgs. Ele tem visto ‘trash talkers’ como Michael Bisping, e Chael Sonnen avançarem em suas carreiras falando por muito tempo e Munoz está cansado de ser visto como o cara bonzinho.

“Isto me irrita”, Munoz conta para o UFC.com.

Munoz é o cara que ganhou sete de suas oito lutas na divisão dos médios (sua única derrota foi uma decisão dividida para Yushin Okami em 2010) e quatro seguidas. Porém, o britânico Bisping está sempre na mídia dizendo que merece a chance ao cinturão, mesmo tendo perdido sua última luta. Sonnen pressionou o campeão Anderson Silva como nenhum outro fez, porém não existem dúvidas que todo o sua audaciosa provocação o ajudou a ganhar atenção.

“Quando eles falam coisas assim devem estar loucos, fora de controle”, diz Munoz. “Quem merece a chance ao título sou eu. Eles perderam e estão falando sobre chances ao cinturão agora. Isso não faz sentido para mim... Nunca fui de falar muito, mas agora o jogo começou.”

Munoz teve que se retirar de uma luta pela chance de se tornar desafiante n.1 contra Chael Sonnen em janeiro por uma lesão no cotovelo que precisou de cirurgia. Bisping entrou em seu lugar e perdeu para Sonnen, que então recebeu outra chance ao título contra Anderson Silva no UFC 148. Munoz se recuperou da cirurgia no cotovelo e agora está na luta principal do UFC de hoje a noite contra Chris Weidman em San Jose. Weidman é um lutador completo com um wrestling que venceu o ex-desafiante ao título Demian Maia em janeiro, apesar de aceitar a luta em cima da hora.

Munoz sabe que vai ter trabalho com Weidman, mas continua confiante que seu estilo de luta agressivo vai lhe levar a vitória. “Eu vejo um bom lutador (Weidman). Alguém que é bem completo, alguém bastante duro”, Munoz disse sobre seu oponente. “Ele é um bom lutador, mas explorei o que vi nele em sua última luta. Sem dizer muito, vou ser quem sou dentro do Octógono. Vou impor minha vontade. Não é segredo de que vou soltar bombas onde quer que eu esteja.”
 
Munoz claramente olha para sua luta contra Weidman como uma chance de lutar pelo título. Isto quer dizer que, se ele vencer, ele quer lutar contra Anderson Silva. A única coisa é que, os dois foram parceiros de treino e Munoz ainda tem Anderson como seu amigo. E ai vem a pergunta – As coisas ainda estão bem entre Munoz e “The Spider”?
 
“Ainda estou de bem com muitos dos caras da Blackhouse (a academia no sul da Califórnia onde Anderson faz muitos dos seus treinos) mas não tenho falado com Anderson ou com os irmãos Nogueira há tempos. Mas ainda falo com Ed Soares (manager de Anderson Silva) e ele explicou minha situação ao Anderson. É uma situação onde estou pisando em ovos porque Anderson é meu amigo. Mas eu quero ser campeão também. Não estou aqui para ser apenas um lutador do UFC... Eu pertenço no topo da nossa divisão e quero deixar isto claro na minha próxima luta.”


Watch Past Fights

Midia

Recente
승리가 절실했던 브라질 출신의 라이트헤비급 파이터 파비오 말도나도는 UFC 179에서 한스 스트링거를 쓰러뜨렸다. 말도나도는 UFC 186 코메인이벤트에서 퀸튼 잭슨과 격돌한다.
06/04/2015
O desafiante Kyoji Horiguchi não perde ha três anos. O campeão peso-mosca Demetrious Johnson nunca perdeu nesta categoria. Michael Bisping busca recuperação contra C.B. Dollaway, que vive boa fase no UFC. Assista ao Contagem Regressiva!
19/04/2015
Assista à coletiva de imprensa ao vivo na sequência do evento.
06/04/2015
Brasileiro explica que não sabia onde tinha acertado o golpe em Jimy Hettes, mas afirma que achou a paralisação médica justa. "A orelha dele estava pendurada". Assine o canal Combate: http://on.ufc.com/assinecombate
19/04/2015