Olho Neles! As promessas do UFC Atlantic City

Conheça três nomes que podem roubar a cena no evento deste sábado (21)

Pela primeira vez em mais de 12 anos, o octógono retorna a Atlantic City neste sábado (21).

Da última vez em que o UFC realizou um evento na cidade, Andrei Arlovski conquistou o cinturão interino dos pesos-pesados, Rich Franklin o título dos médios e o futuro campeão meio-pesado Forrest Griffin pisou no cage pela primeira vez após sua épica batalha contra Stephan Bonnar na final do The Ultimate Fighter, e derrotou Bill Mahood por finalização no primeiro round.

Confira o card completo do UFC Atlantic City

Apesar de nenhum título estar em disputa desta vez, o card está repleto de lutas intrigantes e importantes em diversas divisões, assim como algumas promessas em busca de subirem mais um degrau na organização.

Olho Neles!

Aspen Ladd

Possivelmente a maior promessa do MMA feminino - e uma das principais de todo o plantel - Ladd conquistou sua primeira vitória no UFC em outubro, quando foi à Polônia e superou um difícil primeiro round para vencer Lina Lansberg no segundo.

A norte-americana de 23 anos tem um cartel perfeito de 6-0, com cinco vitórias por nocaute ou finalização. Ela enfrentou adversárias duras em sua passagem pelo Invicta UFC como Amanda Cooper, Kelly McGill-Velasco e Sijara Eubanks antes de receber a ligação do Ultimate e começar sua jornada no octógono em 2017.

Em sua segunda aparição na organização, Ladd terá um desafio consideravelmente mais difícil e uma chance de provar que merece seu lugar no peso-galo contra a veterana Leslie Smith, uma atleta experiente e polida que todo jovem talento precisa encarar para avançar na carreira, e se Ladd for capaz de manter a boa fase, poderá se encontrar em um lugar no Top 10 na segunda metade de 2018.

Ricky Simon

Um dos principais prospectos do peso-galo no esporte, Simon se colocou no radar do UFC com uma vitória dura e apertada sobre Donovan Frelow na quinta semana do Dana White’s Tuesday Night Contender Series. O triunfo aumentou seu cartel para 9-1 e sua sequência de vitórias seguidas para três, e após somar mais duas vitórias - incluindo uma sobre o ex-UFC Chico Camus - o atleta de 25 anos foi chamado ao octógono para encarar Merab Dvalishvili neste final de semana.

Dvalishvili fez sua estreia na organização em dezembro e saiu derrotado por decisão dividida contra Frankie Saenz. A derrota encerrou sua sequência invicta de seis lutas que incluía uma vitória sobre outro prospecto regional, Raufeon Stots, e pode ter certeza que o atleta da Serra-Longo Fight Team estará ansioso para voltar à coluna das vitórias.

O peso-galo está repleto de talentos no momento, e uma vitória para Simon em sua estreia o colocará na lista dos principais jovens atletas buscando um lugar no competitivo ranking.

Justin Willis

Após sua estreia vitoriosa contra James Mulheron em julho, Willis se desculpou por sua performance sugerindo que o duelo de 15 minutos não foi uma representação apropriada do que ele pode fazer, e que mostraria mais em sua segunda luta no octógono.

Cinco meses depois, ele cumpriu sua promessa superando Allen Crowder no primeiro round na luta de abertura do UFC 218.

Após essa apresentação impressionante e vindo de seis vitórias consecutivas, o peso-pesado da American Kickboxing Academy volta à ação em Atlantic City em um duelo com Chase Sherman que deve ser eletrizante do início ao fim.

Muitos pesos-pesados tiveram performances de abrir os olhos nos últimos oito ou nove meses e esta é a chance para Willis colocar seu nome nesta lista. Sua performance contra Crowder não ganhou muita atenção por ter sido a primeira do card de dezembro, mas se ele for capaz de replicar esta atuação contra um adversário mais experiente e estabelecido, pode ter certeza que as pessoas vão incluir Willis nas conversas sobre pesos-pesados em ascensão no UFC.

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube

Sábado, Dezembro 15
Milwaukee, Wisconsin

Midia

Recente
A maneira como Ronda Rousey foi dominante no UFC cativou o público muito além do mundo do esporte, e abriu o caminho para todas as outras lutadoras.
10/12/2018
O campeão Max Holloway enfrenta o poderoso desafiante Brian Ortega no UFC 231, neste sábado (8). Relembra os principais momentos das estrelas da luta principal do UFC 231, no Canadá.
06/12/2018
A Joanna Jedrzejczyk conquistou o título peso-palha nocauteando Carla Esparza. Neste sábado (8), ela enfrenta Valentinha Shevchenko para tentar ser campeã peso-mosca.
05/12/2018
Relembre quando Max Holloway venceu José Aldo e tornou-se campeão do Ultimate. Ele enfrenta o invicto Brian Ortega no UFC 231, neste sábado (8).
05/12/2018