Phil Davis - Seguindo em frente

" Somente preciso fazer uma grande apresentação e estarei de volta e pronto para as grandes lutas de novo. Farei uma grande apresentação." - Phil Davis
UFC light heavyweight Phil Davis
A última vez que o meio pesado Phil Davis (9-1) atuou, foi na luta principal do UFC de 28 de janeiro. O combate não saiu tão bem para o "Mr. Wonderful", que foi derrotado por decisão unânime e tem sido duramente criticado por fãs e especialista como uma aparição sem brilho para a estrela do MMA em ascensão.
      
Davis não discorda.
     
"Eu não sei se estava nervoso", diz Davis de sua primeira luta contra o ex-campeão Rashad Evans. "Simplesmente tive uma apresentação horrível. Para este camp, eu passei muito mais tempo na academia e me preparei, preparei meu corpo e minha mente para uma luta muito melhor. Acho que agora terei uma luta magnífica."    
 
No próximo sábado, Davis pega o novato no UFC Wagner "Caldeirão" Prado (8-0) - um brasileiro invicto que lutou toda sua carreira em seu país, até agora - no UFC: Shogun vs. Vera no
Staples Center em Los Angeles, Califórnia. Davis diz que esta feliz por dar as boas vindas ao brasileiro.

"Ele provavelmente contou para sua vizinhança inteira que está lutando no UFC", diz Davis. "Ele está animado. Eu nunca lutei contra um cara como ele. Ele traz sangue novo para o Octógono. Eu sei como é ser um cara jovem entrando e enfrentando um cara que teve um monte de grandes lutas. Eu sei o que é estar animado."   
   
Realizando apresentações empolgantes nas oito primeiras oito vitórias, nenhum dos adversários de Caldeirão foi testado em um grande evento, no entanto o jogo em pé de do brasileiro é muito bom. Sete das vitórias do estreante foram por nocaute, e Davis deve tentar explorar seu jogo no chão para tentar evitar as partes fortes do especialista em Muay Thai.    
  
"Você verá muito mais jiu jitsu vindo de mim", disse o quatro vezes All American Divisão I da NCAA e campeão nacional da NCAA em 2008 pelo estado da Pensilvânia. "Eu com certeza vou usar meu wrestling, esta é uma parte do meu jogo que nunca vai embora. Estou treinando com alguns bons caras em San Diego como Lloyd Irvin, Andre Galvão e Dean Lister. No começo, meu jogo no chão era só para ficar fora de problemas, mas agora desenvolvi meus próprios truques. Todos os caras bons tem algo que ninguém mais consegue fazer. Isto é o que os caras bons fazem, e estou começando a desenvolver este tipo de jogo."  
 
Embora Davis tenha se decepcionado por sofrer sua primeira derrota na carreira no princípio deste ano, ele não está se preocupando e não está falando em revanche. Pelo menos não por enquanto.
   
"Essa luta já era cara", ele disse. "Se Rashad e eu tivermos o prazer de lutar de novo, ele vai querer que a luta aconteça do jeito que foi a primeira, e não será assim, nunca mais. Sou um lutador muito melhor do que eu era há seis meses. Esse treinamento foi muito bom para mim e estou aprendendo muitas coisas novas."    

E se você está pensando que ir da luta principal no UFC para o card preliminar contra um novato em somente seis meses incomoda Davis, você está errado.    
 
"Não estou preocupado com isto. Somente preciso fazer uma grande apresentação e estarei de volta e pronto para as grandes lutas de novo. E farei. Farei uma grande apresentação."    

Watch Past Fights

Midia

Recente
Era para ser um treino rápido, mas o brasileiro deu um show para os fãs presentes no Hotel MGM, em Las Vegas, e mostrou suas habilidades por quase 1 hora. Veja como foi! Assine o Canal Combate: http://bit.ly/1fORFti
29/01/2015
UFC 183 Ultimate Media Day at the MGM Grand Hotel/Casino on January 29, 2015 in Las Vegas, Nevada. (Photos by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
29/01/2015
Antes de enfrentar Nick Diaz neste sábado, o ex-campeão teve uma conversa exclusiva com a equipe do UFC Brasil. Ele falou sobre a volta ao octógono, treino na 'esteira da NASA' e os perrengues que passou na carreira.
29/01/2015
Matt Parrino, do UFC.com, conversa com Davi Correia, do UFC Brasil, e Juan Cardenas, do UFC Español, sobre o treino de Anderson Silva e sua confiança para voltar a chutar. Enquanto isso, alguém viu Nick Diaz? Assine o Canal Combate: http://bit.ly/1fORFti
29/01/2015