Article

Pontos de discussão do UFC Londres: Manuwa, Nelson e mais

Confira o que esperar dos grandes vencedores do último sábado

 

Em uma noite feita para a Grã-Bretanha apresentar muitos dos seus filhos pródigos, o maior e mais duro deles entregou um grande desempenho no card principal do UFC Londres.

Jimi Manuwa precisou de apenas um gancho de esquerda perfeitamente colocado no queixo de Corey Anderson para terminar a noite de forma explosiva.

Mais UFC Londres: "Está na hora do cinturão", diz Manuwa | Manuwa vence Anderson no 1º round | Confira os resultados do UFC Londres

"Leões comem primeiro. A mão esquerda é sempre o tiro. Um tiro, uma morte", disse Manuwa.

Corey Anderson viu seu cartel cair para 10-3 e somar a terceira derrota dentro do UFC. O número 6 do ranking dos meio-pesados teve grandes momentos, mas talvez ainda precise de tempo antes de enfrentar os lutadores da elite dessa divisão.

Estes são os Pontos de Discussão do UFC Londres

Qual será o próximo passo para o leão que rugiu em Londres?

Manuwa foi rápido ao revelar o seu desejo de enfrentar o vencedor do duelo do próximo mês, entre Daniel Cormier e o desafiante número 1 Anthony Johnson, na luta principal do UFC 210.

Para Manuwa, que agora conta com um cartel de 6-2 no UFC, uma possível disputa de cinturão está nas cartas caso a divisão ganhe forma ainda em 2017 com o retorno de Jon Jones. Independente do "title-shot", Manuwa tem "contas a acertar" com Johnson e ele parece sedento por vitória.

"Este foi um dos grandes momentos para mim, conseguindo um nocaute diante da minha torcida em casa", disse Manuwa. "Os lutadores britânicos estão trabalhando muito duro no momento e nós vimos muito talento neste card. Isso só mostra que somos uma força a ser considerada. Acho que é justo que tenhamos outro campeão britânico."

Alerta aos meio-médios: Gunni está chegando

O sempre estoico Gunnar Nelson parecia guardar um segredo antes do seu confronto no co-main event contra Alan Jouban. Ele estava calmo, como é de costume, mas manteve uma permanente confiança em seu "olhar glacial" pré-luta.

Então Nelson saiu ao ataque a Jouban no primeiro round antes de finalizá-lo logo na abertura do segundo assalto, lembrando a todos o quão dominante o "fenômeno islandês" pode ser no auge de sua forma.

São duas vitórias consecutivas para Nelson, que agora ocupa o nono lugar entre os meio-médios.

O que vem a seguir para Nelson?

"Vou para casa passar o tempo com a minha família e ficar com o meu filho", disse ele. "Quero voltar a treinar e seguir em evolução. Espero ter mais duas lutas esse ano e enfrentar outro bom oponente, um dos melhores."

Legado de Pickett viverá em Londres

Não foi o desfecho final que ele cobiçou, mas Brad "One Punched" Pickett deixa o UFC como um dos pesos-galo mais reverenciados da história do MMA.

Pickett e Dominick Cruz são os dois únicos lutadores a vencer o melhor peso-por-peso do UFC Demetrious Johnson.

Obrigado, Brad. Felicidades.

Uma nova estrela nasce em Londres?

Marc Diakiese fez uma previsão audaciosa no Media Day antes de sua terceira luta no UFC: nocautearia no primeiro round com um chute rodado na cabeça.

O golpe acabou não se concretizando, mas o direto de direita que mandou Teemu Packalen ao chão deu a Diakiese o acabamento que ele procurava no primeiro round, e em apenas 30 segundos.

É impressionante de se testemunhar a forma atlética de Diakiese. Ele distribuiu alguns chutes antes do nocaute que deixou a torcida britânica na ponta dos seus assentos.

O presidente do UFC Dana White disse que só alguns lutadores têm "presença". Com seu moicano vermelho brilhante, sorriso característico e carisma inebriante, Diakiese se encaixa nesse perfil.

O próximo passo na escalada do “Esmagador de Ossos” pode ser um grande salto, mas ele garante que está pronto.

"Tenho dito isso toda semana e vou dizer novamente: este foi o trabalho fácil", disse. "Eu sou um dos melhores do mundo e vou continuar provando. Quero estar lutando no card principal, contra os grandes nomes. Não importa quem seja o próximo adversário, estarei pronto."

Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC


Media

Recent
Dana White announces the winners of UFC contracts, and explains how he arrived at the decision after a night of wild bouts on the third installment of Dana White's Tuesday Night Contender Series.
Jul 25, 2017
Laura Sanko interviews Karl Roberson after his quick KO victory over Ryan Spann in the Main Card of Episode 3 of Dana White's Tuesday Night Contender Series.
Jul 25, 2017
Laura Sanko catches up with an excited Kyle Steward backstage at Dana White's Tuesday Night Contender Series following his TKO over Jason Jackson.
Jul 25, 2017
Catch Geoff Neal backstage at Dana White's Tuesday Night Contender Series talking about taking his fight on late notice and winning by KO.
Jul 25, 2017