Raio-X: Cejudo x Johnson

Confira com detalhes como foi a vitória de Henry Cejudo no UFC 227

Henry Cejudo chocou o mundo no último sábado, quando colocou um fim à sequência de 11 defesas de cinturão consecutivas de Demetrious Johnson ao vencê-lo por decisão dividida, se tornando apenas o segundo campeão peso-mosca da história do Ultimate. Confira alguns números que ajudam a contar a história do duelo.

Mais UFC 227: Raio-X: Moicano x Swanson | Moicano vai ao Top 5Fatos históricos | Reações nas redes sociais | Brasileiros desafiam Dillashaw

Volume x precisão

Cejudo apostou na pressão como fator para desestabilizar Johnson no Octógono, caminhou para frente a maior parte do tempo e desferiu um número maior de golpes. Ao todo, o “Mensageiro” tentou 147 golpes significativos durante o combate, contra 134 do então campeão. Johnson tentou um número maior de ataques somente no primeiro round.

No entanto, Demetrious foi quem mais encontrou o alvo: 81 (precisão de 60%) de seus golpes foram efetivos, contra 51 (precisão de 34%) do adversário. Somente no quinto assalto, Johnson conectou menos que o oponente.

Diferentes alvos e meios

Os números do duelo mostram ainda os diferentes estilos e estratégias de cada atleta na luta em pé. Quase metade dos golpes significativos conectados por Johnson (39) foram chutes nas pernas, enquanto mais de metade dos de Cejudo (29) encontraram o rosto do agora ex-campeão.

Além disso, na distância, Demetrious levou vantagem em termos de golpes conectados - 73 a 31 -, enquanto o clinch e a luta de chão foram benéficos a Cejudo - 20 a 8.

Quedas e controle posicional

Conhecido por sua intensa movimentação e wrestling de qualidade, o “Mighty Mouse” não conseguiu rivalizar com o campeão olímpico nesse quesito. Cejudo insistiu nas quedas durante todo o duelo, e levou o oponente ao chão em 3 ocasiões.

Com excelente controle por cima, ele esteve em vantagem posicional durante 4m16s de luta, algo que certamente o ajudou a impressionar os jurados durante os rounds mais equilibrados.

Midia

Recente
Escalada para enfrentar Tonya Evinger no UFC São Paulo, dia 22 de setembro, Ketlen Vieira esteve no programa Revista Combate, do Canal Combate, e falou um pouco da sua principal arte marcial: o judô.
15/08/2018
Relembre alguns do momentos mais marcantes do evento que aconteceu no último sábado (4), em Los Angeles.
O novo campeão peso-mosca Henry Cejudo e Demetrious Johnson avaliaram o combate do UFC 227 ainda no Octógono.
05/08/2018
Confira o que o campeão peso-galo TJ Dillashaw disse logo após a vitória sobre Cody Garbrandt no UFC 227.
05/08/2018