Rankings: vencedores em Londres, Manuwa e Nelson se consolidam

Em nova atualização, atletas não sobem, mas se credenciam a desafios maiores

Pouco mudou em termos de posições após a mais recente atualização dos rankings oficiais do UFC, na última quarta-feira. Entretanto, se, por um lado, os grandes vencedores do UFC Londres, evento do último sábado, não galgaram novas posições, eles certamente consolidaram suas atuais e se credenciaram a desafios maiores no futuro.

Jimi Manuwa, que nocauteou Corey Anderson na luta principal do evento, segue como o quarto colocado na divisão dos meio-pesados e se firma de vez no Top 5 da divisão, de olho nos duelos entre Daniel Cormier e Anthony Johnson, e entre Alexander Gustafsson e Glover Teixeira, atletas que estão à sua frente e colidem nos próximos eventos.

Mais UFC Londres: Pickett compara aposentadoria a funeralNelson explica finalização | Pickett lamenta derrota em despedida | Pontos de discussão | "Está na hora do cinturão", diz Manuwa | Manuwa vence Anderson no 1º round | Confira os resultados | Bodão agradece apoio | Qual foi a melhor luta do UFC Londres?

Gunnar Nelson superou de vez a derrota sofrida para Demian Maia em 2015. O islandês venceu a segunda seguida por finalização e continua com a 9ª posição no ranking dos meio-médios. Todavia, após superar de maneira dominante dois duros oponentes - porém não rankeados -, Nelson volta a olhar para a parte de cima do Top 10.

Os prospectos Arnold Allen (peso-pena) e Marc Diakiese (peso-leve) ainda não entraram nas listas de suas concorridas divisões; porém, após chegarem à terceira vitória seguida cada um no octógono, começam a bater na porta dos oponentes por um duelo que possa credenciá-los.

Em uma mudança não relacionada ao evento, cinco pesos-galo ganharam posições após a saída de Michael McDonald do Ultimate. Entre eles, os brasileiros Thomas Almeida, Johnny Eduardo e Iuri Marajó, que agora são, respectivamente, 9º, 11º e 12º na categoria.

Midia

Recente
Atletas fazem a luta principal do UFC Oklahoma, neste domingo, mas já estão se provocando há um bom tempo. Veja como tudo aconteceu.
22/06/2017
Relembre vitória por finalização de Michael Chiesa sobre Jim Miller, em 2015. Chiesa volta ao octógono no próximo domingo (25) para enfrentar Kevin Lee na luta principal do UFC Oklahoma.
16/06/2017
Relembre vitória por decisão unânime de Kevin Lee sobre James Moontasri no UFC San Diego, em 2015. Lee volta ao octógono no próximo domingo (25) para enfrentar Michael Chiesa na luta principal do UFC Oklahoma.
17/06/2017
Brasileira enfrentará Megan Anderson pelo cinturão linear da categoria feminina dos penas no UFC 214, dia 29 de junho, em Anaheim, nos Estados Unidos
19/06/2017