Reinvenção não é novidade para o brasileiro Rafael dos Anjos

Ex-campeão dos leves venceu sua estreia nos meio-médios do UFC

No último sábado (17), Rafael dos Anjos deu início a um novo capítulo da sua trajetória profissional. O ex-campeão peso-leve venceu sua estreia entre os meio-médios com performance sólida sobre Tarec Saffiedine, último campeão da categoria no extinto Strikeforce.

Mas essa não é a primeira vez que RDA dá um jeito de superar as adversidades em sua trajetória no UFC. De fato, o niteroiense teve dificuldades logo em seu início na organização, quando foi nocauteado por Jeremy Stephens na estreia e superado nos pontos por Tyson Griffin em seguida.

Faixa-preta de jiu-jítsu de Roberto "Gordo", o lutador decidiu adicionar novas armas ao seu arsenal, e foi na luta contra Rob Emerson que mostrou uma nova habilidade: os chutes. Resultado? A primeira vitória no UFC.

"Algumas pessoas pensavam que eu só sabia lutar no chão," disse Rafael na época, em 2009. "Mas eu venho aperfeiçoando a minha trocação e venho melhorando a cada dia. Não fiquei surpreso com o que apresentei, sei do meu potencial e sabia que no jogo em pé ia complicá-lo."

A partir de então, começou um caminho vitorioso que levou o atleta a ser o primeiro brasileiro a conquistar o cinturão da categoria dos leves no Ultimate. Dos Anjos chegou a defender o título uma vez, com um nocaute sobre Donald Cerrone em dezembro de 2015, mas perdeu a coroa em julho de 2016, derrotado por Eddie Alvarez.

O brasileiro sofreu nova derrota no mesmo ano, para Tony Ferguson, e foi então que veio a decisão de mudar. Rafael, que fora do período de competição chega a pesar 90kg, percebeu que o corte para os 70kg estava atrapalhando sua performance e sua saúde, e a solução foi subir para os meio-médios, que tem o limite de 77kg. O resultado vimos no UFC Singapura: um lutador com motivação renovada.

Ainda é muito cedo para dizer que Dos Anjos se reinventou? Provavelmente sim, afinal foi apenas sua estreia na divisão que abriga alguns dos lutadores mais perigosos de todo o Ultimate. Ele mesmo admitiu ainda precisar de alguns ajustes para se adaptar ao novo peso. Mas uma coisa é certa: o primeiro passo foi dado. 

RDA mira cinturão dos meio-médios | Fatos que entraram para a história | Assine o Combate | Siga o canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC

Watch Past Fights

Midia

Recente
Atletas fazem a luta principal do UFC Oklahoma, neste domingo, mas já estão se provocando há um bom tempo. Veja como tudo aconteceu.
22/06/2017
Relembre vitória por finalização de Michael Chiesa sobre Jim Miller, em 2015. Chiesa volta ao octógono no próximo domingo (25) para enfrentar Kevin Lee na luta principal do UFC Oklahoma.
16/06/2017
Relembre vitória por decisão unânime de Kevin Lee sobre James Moontasri no UFC San Diego, em 2015. Lee volta ao octógono no próximo domingo (25) para enfrentar Michael Chiesa na luta principal do UFC Oklahoma.
17/06/2017
Brasileira enfrentará Megan Anderson pelo cinturão linear da categoria feminina dos penas no UFC 214, dia 29 de junho, em Anaheim, nos Estados Unidos
19/06/2017