Ronda enxerga lado positivo em derrota: "Melhor coisa que me aconteceu"

Ex-campeã peso-galo falou sobre aprendizado após perda do cinturão

A primeira derrota na carreira pode ser difícil de digerir, especialmente se ela também lhe custa um cinturão do UFC. Ronda Rousey certamente não gostou de ser nocauteada por Holly Holm no UFC 193, em novembro, mas a ex-campeã peso-galo aprendeu a lidar com o revés.

Assine o Combate | O canal do UFC no YouTube | Visite a UFC Store | Baixe o aplicativo do UFC 

Em uma palestra promovida pela Reebok, Ronda falou sobre a derrota e as lições que tirou dela.

“Um revés não é o fim do mundo, apenas o início de uma lição. Aquilo teve que acontecer para que eu aprendesse certas coisas. Não é sobre ser completamente infalível, é sobre evoluir, e não há espaço para evolução quando se é perfeito”, disse a lutadora, “Acredito que as coisas aconteçam por um motivo. Em dois, cinco, dez anos, veremos que essa foi a melhor coisa que já aconteceu comigo”.

Watch Past Fights

Sábado, Setembro 3
12H30
BRST
Hamburgo, Alemanha

Midia

Recente
Relembre vitória por nocaute no 1º round de Josh Barnett sobre Frank Mir no UFC 164. O veterano encara o russo Andrei Arlovski na luta principal do UFC Hamburgo, no dia 3 de setembro.
26/08/2016
Brasileiro venceu o norte-americano por finalização no primeiro round, na luta principal do UFC Vancouver.
28/08/2016
Ex-campeão dos leves derrotou Charles do Bronx em sua estreia nos penas, na segunda luta mais importante do UFC Vancouver.
28/08/2016
Veja o que os protagonistas do UFC Vancouver disseram no octógono.
28/08/2016