Seis momentos memoráveis de BJ Penn

Penn vs. MacDonald - Dia 8 de dezembro no UFC: Henderson vs. Diaz
BJ Penn
No dia 8 de Dezembro, o ex-campeão peso leve e meio-médio BJ Penn retorna ao Octógono para uma batalha contra Rory MacDonald. É a mais nova grande luta para "The Prodigy" e uma que pode muito bem entrar para a lista de vitórias abaixo.  
  
Caol Uno - 2 de Novembro de 2001 - UFC 34
Resultado: Penn por KO no R1 (Assista ao vídeo)   
Penn explodiu na cena do UFC em maio de 2001, e depois de duas vitórias, ele estava marcado para lutar contra a estrela japonesa Caol Uno. Penn - que admitiu passar noites acordado com os nervos à flor da pele enquanto aguardava pela luta - saiu de seu corner assim que o gongo soou, e 11 segundos depois, a vitória era sua! Um nocaute daqueles onde o havaiano mostrou o poder de seus punhos. Porém, o que muitos devem lembrar da luta,  é que Penn saiu correndo do Octógono e foi direto para o vestiário após a luta.   
  
Matt Hughes I - 31 de Janeiro de 2004 - UFC 46  
Resultado: Penn por finalização no R1 (Assista ao vídeo)    
Antes de lutar com Uno de novo pelo título que Jens Pulver deixou vago, desta vez os dois lutaram cinco insatisfatórios rounds e empataram. Uma vitória sobre Takanori Gomi em luta realizada fora do UFC no Havaí foi um resultado mais positivo, mas apenas no seu retorno ao UFC (edição 46), as pessoas tiveram uma visão do verdadeiro BJ Penn de novo quando ele subiu para a divisão dos meio-médios e chocou o mundo com uma finalização no primeiro round contra o até então imbatível Matt Hughes. Finalmente, BJ Penn era o campeão.  
  
Jens Pulver II - 23 de Junho de 2007 - The Ultimate Fighter 5 Finale   
Resultado: Penn por finalização no R2  
Penn se encontrou em uma encruzilhada depois de derrotas para GSP e em sua revanche em setembro contra Hughes. O havaiano decidiu descer para os 70 kgs de novo, e colocou os olhos em um velho rival - Jens Pulver. "Eu estava procurando saber quem eu era no esporte então voltei e assisti minha primeira luta contra Joey Gilbert, e então me lembrei quem eu era", diz Penn. "Eu era aquele cara, e então comecei a fazer tudo para voltar ao topo.  Querer lutar com Pulver de novo me colocou de volta aos trilhos." Adicione seis semanas de competição como treinadores adversários na 5ª temporada do TUF e a rivalidade ferveu quando Penn empatou o placar com uma finalização no segundo round que revitalizou sua carreira.  
  
Joe Stevenson - 19 de Janeiro de 2008 - UFC 80  
Resultado: Penn por finalização no R2 (Assista ao vídeo)    
Demorou seis anos, mas Penn finalmente ganhou o título dos pesos leves quando finalizou Joe Stevenson no segundo round. Um triunfo que o deixou ainda mais animado para as lutas dos próximos anos. "Algo acordou dentro de mim e foi quando eu disse ' o que você está fazendo? Você pode vencer todos esses caras.' Se você não pode, não pode, mas pelo menos sabe que tentou. Palavras não podem descrever o quanto estou animado em lutar agora. É o que sou. É quem eu sou, e é o que quero ser."   
  
Diego Sanchez - 19 de Dezembro de 2009 - UFC 107  
Resultado: Penn por TKO no R5   
A derrota para GSP foi esmagadora para Penn, então todos especulavam sobre como ele responderia em sua próxima luta no peso leve. Penn, um pouco mais reservado do que o normal antes luta, absorveu tudo e então soltou seu máximo na noite da disputa, fazendo uma de seus melhores desempenhos, dominando Sanchez até o final do último round. Condicionamento físico? Penn tinha de sobra.  
  
Matt Hughes III - 20 de Novembro de 2010 - UFC 123  
Resultado: Penn por KO no R1 (Assista o vídeo)    
A vitória sobre Sanchez seria a última como campeão dos leves, Penn perdeu duas vezes para Frankie Edgar. Subestimado, ele surpreendeu a todos quando revelou retornar  para o meio-médio, e no UFC 123 seu oponente não seria outro senão seu velho rival Matt Hughes. Na luta, Penn resolveu tudo rápido, nocauteando o membro do Hall da Fama em apenas 21 segundos. Quando acabou, Penn saiu correndo do Octógono e depois voltou para o anuncio oficial. Como ele disse depois da luta, "estive treinando para fazer uma luta como a (primeira) com Uno pelos últimos nove anos e nunca aconteceu. Então quando esta luta (com Hughes) acabou rapidamente com um nocaute, eu fiquei muito empolgado, comecei a gritar."  

 

 

Watch Past Fights

Sábado, Outubro 25
23h
BRT
Rio de Janeiro, Brazil

Midia

Recente
Em entrevista ao UFC, Wiliam Patolino fala sobre a expectativa da luta contra o americano Neil Magny no UFC179 e garante que as quatro atuações do adversário esse ano podem ajudar a seu favor. - UFC 179 só no Canal Combate - on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014
Lutador brasileiro encara o americano Scott Jorgensen e diz estar ansioso pela primeira vitória no UFC por nocaute ou finalização. Confira o vídeo. - UFC 179 só no Canal Combate -on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014
Lutador se diz mais confortável nos leves e que não se assusta com a experiência do adversário japonês Naoyuki Kotani. - UFC 179 só no Canal Combate -on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014
Em entrevista ao UFC.com, Fábio Maldonado se diz recuperado da derrota para Stipe Miocic, no UFC SP, e que não vai correr do jogo de chão do holandês Hans Stringer. - UFC 179 só no Canal Combate -on.ufc.com/ufc179assita
22/10/2014