Thales Leites diz que versatilidade o fará vencedor no UFC Nashville

Brasileiro enfrenta Sam Alvey no evento deste sábado (22)

Na última vez em que Thales Leites pisou no octógono, as coisas não saíram como o peso-médio brasileiro esperava.

No último mês de novembro, em São Paulo, Thales foi derrotado pelo polonês Krzysztof Jotko por decisão unânime, resultado que atrasou suas pretensões na categoria, e que levou o lutador a fazer uma séria auto crítica.

“Assisti minha luta mais do que se eu tivesse vencido. Quando você perde, você procura analisar muito mais detalhadamente o que você errou”, explicou Thales em conversa com a reportagem do UFC Brasil, “Acho que fiquei muito ansioso. Poderia ter feito uma luta muito mais calma, mais técnica, mas busquei somente um plano de jogo e paguei caro por isso. Méritos para o meu adversário, mas eu, Thales, com certeza não fiquei satisfeito com a minha performance”.

CLIQUE AQUI e garanta já seu ingresso para o UFC 212, no Rio de Janeiro

A primeira chance de mostrar o que aprendeu com o revés será neste sábado, quando o brasileiro medirá forças com Sam Alvey no UFC Nashville.

O “Sorridente Sam”, de 30 anos, é o atual 13º colocado no ranking dos médios, duas posições abaixo do brasileiro. E apesar de o norte-americano ser conhecido pelas mãos duras, que já nocautearam 18 oponentes na carreira, o faixa-preta de jiu-jítsu acredita que este será mais do que um mero duelo de estilos.

“Por mais que ele prefira a trocação, ele vem do wrestling, e eu, que sou um cara do chão, tenho ganhado confiança na trocação já há algum tempo”, analisou Thales, “Claro que acredito que ele vá buscar a luta em pé o tempo todo, e eu também vou procurar impor meu plano de jogo, mas o objetivo é ser o mais versátil possível. Você sempre tem seu carro chefe, mas tem que fazer as outras coisas bem também. Vai vencer quem for mais versátil e mais consistente em todas as áreas. No caso, serei eu”.

Mais UFC Nashville: Pezão mira ranking | Swanson busca nocaute | Lobov quer aproveitar oportunidade | Os brasileiros no card | Olho Neles! | Card completo

Enquanto se preparava para o duelo contra Alvey, o brasileiro viu três de seus parceiros de equipe serem escalados para a próxima edição do Ultimate em sua terra natal, o Rio de Janeiro - o UFC 212, no dia 3 de junho.

Companheiros na Nova União, José Aldo, Leonardo Santos e Johnny Eduardo têm lutas marcadas para um card em que Thales gostaria de estar, mas ficará feliz em fazer parte do processo de preparação dos amigos.

“UFC no Rio é sempre diferente, tem um tempero a mais”, disse Thales, “Quanto mais atletas da academia escalados para um evento, mais a academia entra naquele espírito. Com certeza dá aquela vontade (de lutar no evento), sem dúvida, mas tenho meu compromisso sábado e depois vou estar lá dando todo o suporte para eles. A atmosfera da academia está muito boa”.

Midia

Recente
Norte-americano estreou no Ultimate nocauteando Michel Quinones no segundo round do evento deste domingo.
26/06/2017
Norte-americano nocauteou o ex-campeão Johny Hendricks no segundo round do evento deste domingo.
26/06/2017
Atletas fizeram a luta principal do UFC Oklahoma, neste domingo. Lee venceu com uma finalização polêmica ainda no primeiro round, confira o que eles falaram.
26/06/2017
Atletas fazem a luta principal do UFC Oklahoma, neste domingo, mas já estão se provocando há um bom tempo. Veja como tudo aconteceu.
22/06/2017