Card principal do TUF 17 Finale: Zebra e Cato obtem grandes Vitórias

Leia o que aconteceu no card principal do TUF 17 Finale
O TUF Finale no Mandalay Bay Events Center, em Las Vegas já pode servir com uma amostra de melhores momentos da organização. A última escolha da temporada do TUF 17, o competidor de 21 anos de idade, despachou o favorito e levou o título, uma novata entrou no UFC e impôs um TKO sobre a ex-campeã, e de quebra faturou uma vaga como técnica do TUF 18, um peso pesado ganhou por nocaute em 71 segundos usando apenas os cotovelos - e tudo isso antes da luta principal.    
    
Scott Jorgensen vs Urijah Faber    
Os competidores peso galo e ex-companheiros de treino Scott Jorgensen e ex-campeão do WEC Urijah Faber fizeram a luta principal programada para cinco rounds em ritmo acelerado, mas não demorou 25 minutos para presenciarmos uma definição . Faber usou sua velocidade, força e uma série de ataques para forçar Jorgensen ao erro e encaixar o mata-leão no quarto assalto.    
Jorgensen conseguiu as duas primeiras quedas, mas foi Faber que causou mais danos, com uma forte joelhada e uma queda. Faber pulou nas costas de Jorgensen, fechando um cadeado com dois minutos para o final. Ele mudou a pegada para ganchos e conectou uma forte cotovelada, então os dois rolaram em uma incrível busca por melhor posicionamento que terminou com Faber encaixando uma guilhotina. Jorgensen rolou várias vezes para escapar e ficou de joelhos diante Faber que o derrubou novamente.      
O segundo assalto começou com Jorgensen recebendo um golpe abaixo da linha de cintura, ao reiniciar a luta Faber tomou a frente novamente com chutes e socos. Ambos mantiveram a trocação, mas os ataques Faber eram mais variados. Jorgensen foi para a queda e os dois deram cambalhotas até voltar à posição inicial.    
  
Faber tinha encontrado sua distância, e isso ficou evidente no terceiro round, o ex-campeão do WEC desferia golpes em cheio no rosto do adversário, enquanto Jorgensen buscava achar seu ritmo e trabalhava junto as grades em busca da queda. Mas apenas teve melhor sorte quando Faber perdeu o equilíbrio, e ele se aproveitou para desferir socos enquanto seu adversário estava em quatro apoios. Embora tenha recebido um golpe em cheio quando tentou se desvencilhar da melhor pegada de Jorgensen, Faber logo voltou em pé, entrando e saindo com socos antes de aplicar ainda outra grande queda no fim o round.    
    
Jorgensen começou a encurtar a distância no quarto assalto, mas para cada soco, Faber tinha uma esquerda, uma tentativa de queda, ou uma joelhada como resposta. Faber conseguiu outra queda e, depois de alguma busca por posicionamento, ele pegou as costas e assegurou que dessa vez seu antebraço estivesse sob o queixo de Jorgensen, finalizando com o mata-leão aos 3:16.    
    
Kelvin Gastelum vs Uriah Hall  
O confronto entre membros do Team Sonnen colocou o nocauteador Uriah Hall diante do corajoso Kelvin Gastelum. Gastelum, 21 anos, não se intimidou com tudo que foi dito sobre Hall e se tornou o lutador mais jovem a faturar o Ultimate Fighter.    
    
Gastelum estava determinado a perseguir Hall, soltando chutes e socos. Apoiado contra a gaiola, Hall abaixou as mãos e em seguida tentou uma joelhada quando os dois clincharam. De volta ao centro, Hall tentou chutes frontais, mas Gastelum respondeu conectando duas fortes esquerdas. Gastelum conseguiu uma queda e tentou martelar por cima. Hall forçou para voltar em pé e surpreendeu ao quedar Gastelum com um double leg no fim do round.    
    
Hall foi confiante demais para o segundo, mantendo a guarda baixa quando Gastelum ia para frente. Ele empurrou Gastelum para trás com um chute rodado e seguiu com um chute no corpo, mas Gastelum novamente conseguiu uma grande queda e largou cotoveladas da meia-guarda enquanto a multidão em Nevada gritava "Kel-vin!" Hall reverteu acertou o estômago de Gastelum com uma joelhada, clichando em seguida para lançar suas temidas joelhadas. Novamente, foi Hall quem levou para baixo e quando a luta voltou em pé, ele ainda aplicou um suplex antes do fim do assalto.    
Gastelum avançou rapidamente no terceiro round, mas um golpe baixo acidental de Hall interrompeu a ação. Hall aplicava seus chutes e socos, Gastelum recebeu um golpe de esquerda em cheio e partiu para outra queda. Hall voltou em pé e levou a luta para baixo, acertando bons petardos até Gastelum levantar. Outra queda fez Gastelum cair dentro da guarda de Hall, e os dois trocaram bombas no chão, enquanto a multidão gritava nos 45 segundos finais.    
    
Os jurados deram a luta para Gastelum (agora 7-0) por decisão dividida com parciais de 29-28, 29-28 e 28-29. "Obviamente, eu estou feliz, mas um pouco machucado, porque foi uma luta dura", disse Gastelum. "Ele conseguiu uns dois chutes que fizeram algum estrago, mas vou me recuperar bem. É um sentimento enorme."  
  
Cat Zingano vs Miesha Tate     
Estreante na Zuffa, Cat Zingano ganhou a chance de disputar o título contra Ronda Rousey e uma vaga como técnica do TUF 18 ao acabar com a ex-campeã do Strikeforce Miesha Tate na segunda luta feminina da história do UFC.    
    
Miesha correu para frente, golpeando e forçando Cat a andar para trás. Após Miesha levar para baixo, Cat se levantou e encaixou uma guilhotina em pé, se arqueando para trás. Miesha escapou e derrubou via single-leg, entrando em outra guilhotina. De lá, as peritas em luta de solo trocaram posições, porém foi Miesha que tem conseguiu utilizar o ground and pound. Elas voltaram em pé, Cat conectou chutes e um direto de esquerda, forçando outra queda de "Cupcake". Miesha terminou o round dando cotoveladas de dentro da meia guarda.    
Cat achou sua distância com chutes no round seguinte, mas Miesha novamente derrubou caindo por cima. Cat deu as costas para escapar do ground and pound de Miesha, mas essa segurou firme e tentou um armlock. Cat escapou ficando por cima, mas sua adversária foi para a chave de joelho. Cat tentou defender aplicando cotoveladas na coxa de Miesha. Eventualmente Cat escapou do perigo caindo do lado de Miesha e então deu cotoveladas da meia guarda. Tate se levantou e sofreu um castigo de Cat, que fez o sprawl na última tentativa de queda no fim do assalto.    
    
Após mais alguns bons chutes no terceiro, Cat quedou fácil, Miesha trabalhou com a guarda aberta. Cat foi para a posição norte-sul e quando Miesha se esforçou para voltar em pé recebeu uma fortíssima joelhada na cabeça que a forçou a ficar no solo. Ela se levantou novamente, e desta vez uma séria de joelhadas que parecia infinita seguida de uma cotovelada derrubou Miesha, e a árbitra Kim Winslow interrompeu dando a vitória por TKO para a nova estrela da organização, "Alpha" Cat Zingano.    
    
"Fiquei realmente surpresa por estar competindo no octógono, fiquei em transe", disse Zingano. "Eu só pensava no meu filho e na minha mãe e tudo que fiz na minha vida para chegar aqui, e isso me fez acordar. Queria acabar com esta luta e consegui." A vitória veio por TKO em 2:55 do terceiro round.  

Entrevista pós-luta com "Alpha" Cat Zingano 
    
Gabriel Napão vs Travis Browne    
O peso pesado Travis Browne rapidamente acabou com a sequência de três vitórias de Gabriel Napão com um nocaute de 71 segundos.    
    
Browne abriu os trabalhos com um chute alto que passou sobre a cabeça de Napão. O brasileiro se apressou para derrubar Browne, agarrando a perna e tentando a queda. Browne procurou a queda junto das grades e evitou que Napão completasse o movimento ao fazer sprawl. Quando o faixa preta de Jiu-jitsu do Team Link abaixou para quedar, Browne lançou cotoveladas na cabeça que quase que imediatamente apagaram Napão aos 1:11.    

Entrevista pós-luta com Travis "Happa" Browne
    
    
Gilbert Smith vs Bubba McDaniel    
Na abertura do card principal os médios do TUF 17, Gilbert Smith e Bubba McDaniel em luta cheia de alternâncias, mas onde Bubba foi crescendo ao longo da mesma. No terceiro, ele se aproveitou de um descuido de seu oponente para encaixar um triângulo, Smith buscou a defesa, mas deixou o braço exposto e Bubba aproveitou para esticá-lo e faturar a vitória por finalização aos 2:49 do terceiro round.    

Midia

Recente
UFC Open Workouts at the Venetian Macao on August 21, 2014 in Macau. (Photo by Mitch Viquez/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
21/08/2014
Os astros do Fight Night Macau Tyron Woodley, Dong Hyun Kim, Michael Bisping, e Cung Le se pesaram e fizeram as últimas encaradas antes das lutas de sábado pela manhã.
22/08/2014
Assista à pesagem oficial do UFC Fight Night: Bisping vs. Le, sexta, 22 de agosto, 2014 às 5 da manhã.
08/08/2014
Benson Henderson e Rafael dos Anjos mostram suas armas na quinta feira durante sessão dos treinos abertos de Fight Night Tulsa. Veja também Jordan Mein e Mike Pyle.
21/08/2014